ELEIÇÕES 2020

Segunda-Feira, 26 de Outubro de 2020, 14h:54 | Atualizado: 26/10/2020, 18h:01

BARRADO NA JUSTIÇA

Existem juízes em Brasília, afirma Taques sobre recurso para conseguir candidatura

selo elei�es 2020

Após ter o registro da candidatura ao Senado barrado no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT), o ex-governador e ex-senador Pedro Taques (SD) vai recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e diz que não se arrepende de ter realizado a Caravana da Transformação no últimos anos de mandato. Nesta segunda (26), o a Justiça eleitoral indeferiu a candidatura alegando que o programa teve uso eleitoreiro, principalmente nas edições realizadas em ano eleitoral, 2018.

“Não tive a candidatura negada porque roubei. Saí do governo mais pobre do que entrei, meu carro é o mesmo, sacrifiquei minha família”, disse em coletiva na tarde de hoje.

Exaltado, Taques disse que não se arrepende dos atos que o levaram à condenação e citou serviços de cirurgia oftalmológicas realizadas durante a Caravana. O caso é investigado ainda pelo Ministério Público Federal (MPF), que instaurou inquérito em decorrência da Operação Catarata, para apurar se houve irregularidade nos serviços de diagnóstico e cirurgia em pacientes com catarata. São investigados o ex-secretário estadual de Saúde Luiz Soares, a empresa 20/20 Serviços Médicos S/S, além de outros servidores.

Reprodução

Pedro Taques

O candidato ao Senado Pedro Taques (Solidariedade) em coletiva à imprensa, ao lado dos suplentes Elza Queiroz e Fausto Freitas e seus advogados

“Não sou ladrão, não me compare com ladrões e não me arrependo de ter feito a Caravana. Também não vou desistir da candidatura e, com todo respeito ao TRE-MT, mas ainda existem juízes em Brasília”, afirmou Taques que ainda disse que ele mesmo fará a sustentação oral de sua defesa no TSE.

O próprio TSE já negou outro recurso do ex-governador para suspender os efeitos da condenação. Durante a avaliação dos membros do TRE-MT nesta segunda, se acatassem os argumentos da defesa de Taques contra a impugnação feita pela Procuradoria Regional Eleitoral (PRE), estariam suspendendo a aplicação da Lei da Ficha Limpa, já que o ex-governador foi condenado por órgão colegiado. No momento do julgamento, a anotação de inelegibilidade aplicada a Taques estava vigente, conforme considerado pelos membros do TRE-MT.

O candidato ainda pode seguir fazendo campanha e terá garantido seu nome nas urnas dia 15 de novembro, garante a defesa. Mas se não conseguir reverter a decisão no TSE, os votos serão invalidados.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Sou de MT | Terça-Feira, 27 de Outubro de 2020, 07h23
    3
    0

    Se conseguir candidatura, só vai passar vergonha perdendo de lavada...

  • Roberto Ferreira | Terça-Feira, 27 de Outubro de 2020, 07h17
    2
    0

    Ainda bem que há juízes em Brasília, a lei tem que ser cumprida.

  • Eleitor Atento | Terça-Feira, 27 de Outubro de 2020, 07h12
    0
    1

    A justiça tirou Lula eleito...ou estou mentindo? Deixa o povo decidir...

  • RENATA | Segunda-Feira, 26 de Outubro de 2020, 17h43
    7
    2

    Esse caso tá me lembrando outro. Perde por unanimidade aqui no MT, recorre, recorre e nada. Aceita que dói menos. Se ainda tivesse pelo menos um votado a seu favor, até tudo bem, mais ninguém. Há horas que precisamos reconhecer nossos erros e ponto. Se ainda, em pelo menos uma pesquisa, estivesse bem colocado, mas não, além de ser o mais rejeitado em quase todas.

Prefeitos revoltados com Neurilan

neurilan fraga 400 curtinha   Vários prefeitos, especialmente os recém-eleitos, se mostram revoltados com novas manobras promovidas no estatuto da AMM pelo seu "eterno" presidente Neurilan Fraga (foto), que tenta, de todas as formas, se auto-beneficiar na eleição que deveria ocorrer em janeiro, mas que foi antecipada...

Candidato a reitor e 2 apoios fortes

dimorvan rui 400   O candidato de oposição a reitor do IFMT, Deiver Teixeira, recebeu dois apoios importantes. As manifestações de adesão à candidatura vieram dos professores Ruy Oliveira e Dimorvan Brescancim. Ruy foi candidato a reitor nos últimos dois pleitos e é um pesquisador...

Abílio e Medeiros rejeitam Fernanda

coronel fernanda 400 curtinha   Abílio Júnior e o deputado José Medeiros, presidente do Pode-MT e que foi derrotado para senador, querem distância da coronel Rubia Fernanda (foto) da campanha neste segundo turno em Cuiabá. Nos bastidores, comentam que não precisam da militar filiada ao Patriota e que ficou...

Com maioria na Câmara de Cáceres

eliene liberato 400 curtinha   A prefeita eleita de Cáceres Eliene Liberato (foto), que conquistou 15.881 votos (38,16% dos válidos), terá apoio da maioria dos 15 vereadores. Destes, oito garantiram cadeira pela coligação da própria Eliene, o que representa 53%. As duas maiores bancadas são do PSB de...

Gamba quer Tuti presidindo a Câmara

tuti 400 alta floresta curtinha   O prefeito eleito de Alta Floresta, Chico Gamba (PSDB), tem se articulado para eleger presidente da Câmara o vereador reeleito do seu partido, Oslen Dias dos Santos, o Tuti (foto), que obteve a segunda maior votação, com 814 votos. Na tentativa de convencer os novos integrantes da próxima...

Várzea Grande paga a folha já na 6ª

lucimar campos 400   A prefeita várzea-grandense Lucimar Campos, prestes a concluir o segundo mandato, anunciou que na sexta, a três dias de fechar o mês, conclui o pagamento da folha de novembro. E, nesta quarta (25), já libera a diferença da correção do piso federal para os professores. No total...