ELEIÇÕES 2020

Sexta-Feira, 30 de Outubro de 2020, 16h:23 | Atualizado: 30/10/2020, 16h:24

Rumo às urnas

Fávaro promete retomar projeto de lei sobre regularização fundiária no Senado

O candidato ao Senado Carlos Fávaro (PSD) defendeu a simplificação da regularização fundiária e quer retomar a pauta do Congresso. O senador tampão afirma que já tem alinhamento com o presidente do senado Davi Alcolumbre e acredita que isso vai ajudar a seguir com a proposta.

"Em breve irá tramitar um projeto de lei de autoria do senador Irajá Abreu (PSD-TO), possivelmente com minha relatoria, para simplificar a legislação e facilitar a concessão dos títulos das milhares de famílias que estão há décadas esperando os documentos de seu pedaço de chão”, afirmou durante entrevista a uma rádio de Tangará da Serra, na manhã desta quinta (29).

No município, existem assentamentos implantados há quase 40 anos sem que os pequenos produtores tenham o título da terra, o que prejudica muito as famílias. “Eu, que cheguei em Mato Grosso num assentamento, senti na pele a falta de um título pra poder ir a um banco, conseguir recurso para o custeio da lavoura, comprar um equipamento. O título da terra é um direito do proprietário e precisamos desburocratizar esse processo”, defende.

Assessoria

senador Carlos F�varo

Ele lembra que, no início de seu mandato, o presidente Jair Bolsonaro editou a Medida Provisória 910 com esse objetivo, porém acredita que a MP foi "mal compreendida", gerando confusão entre conceitos de regularização fundiária e ambiental, e acabou perdendo a validade sem ser votada na Câmara. Depois disso, houve a apresentação do projeto de lei 2.633/2020, que também não teve andamento na Câmara.

Fávaro também afirma que esteve com o presidente do Incra, Geraldo Melo Filho, para conhecer melhor quais são os gargalos para a liberação dos títulos. Na reunião, soube que em Mato Grosso havia 2.700 processos que dependem simplesmente do pagamento do georreferenciamento pelo Governo Federal para ser concluídos.

"Voltei à secretaria de Governo, onde tenho direito a algumas emendas parlamentares, e liberei uma emenda de R$ 3,2 milhões direto para o Incra para que ele possa fazer o pagamento e emitir os títulos. Regularização fundiária é compromisso meu”, enfatiza o senador.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Prefeitos revoltados com Neurilan

neurilan fraga 400 curtinha   Vários prefeitos, especialmente os recém-eleitos, se mostram revoltados com novas manobras promovidas no estatuto da AMM pelo seu "eterno" presidente Neurilan Fraga (foto), que tenta, de todas as formas, se auto-beneficiar na eleição que deveria ocorrer em janeiro, mas que foi antecipada...

Candidato a reitor e 2 apoios fortes

dimorvan rui 400   O candidato de oposição a reitor do IFMT, Deiver Teixeira, recebeu dois apoios importantes. As manifestações de adesão à candidatura vieram dos professores Ruy Oliveira e Dimorvan Brescancim. Ruy foi candidato a reitor nos últimos dois pleitos e é um pesquisador...

Abílio e Medeiros rejeitam Fernanda

coronel fernanda 400 curtinha   Abílio Júnior e o deputado José Medeiros, presidente do Pode-MT e que foi derrotado para senador, querem distância da coronel Rubia Fernanda (foto) da campanha neste segundo turno em Cuiabá. Nos bastidores, comentam que não precisam da militar filiada ao Patriota e que ficou...

Com maioria na Câmara de Cáceres

eliene liberato 400 curtinha   A prefeita eleita de Cáceres Eliene Liberato (foto), que conquistou 15.881 votos (38,16% dos válidos), terá apoio da maioria dos 15 vereadores. Destes, oito garantiram cadeira pela coligação da própria Eliene, o que representa 53%. As duas maiores bancadas são do PSB de...

Gamba quer Tuti presidindo a Câmara

tuti 400 alta floresta curtinha   O prefeito eleito de Alta Floresta, Chico Gamba (PSDB), tem se articulado para eleger presidente da Câmara o vereador reeleito do seu partido, Oslen Dias dos Santos, o Tuti (foto), que obteve a segunda maior votação, com 814 votos. Na tentativa de convencer os novos integrantes da próxima...

Várzea Grande paga a folha já na 6ª

lucimar campos 400   A prefeita várzea-grandense Lucimar Campos, prestes a concluir o segundo mandato, anunciou que na sexta, a três dias de fechar o mês, conclui o pagamento da folha de novembro. E, nesta quarta (25), já libera a diferença da correção do piso federal para os professores. No total...