ELEIÇÕES 2020

Quinta-Feira, 22 de Outubro de 2020, 09h:47 | Atualizado: 22/10/2020, 09h:49

reforma administrativa

Fávaro quer estabilidade para servidores de áreas essenciais e mais concursos

O senador e candidato à reeleição, Carlos Fávaro (PSD) defende a necessidade da manutenção da estabilidade de servidores de áreas essenciais no serviço público. Ao apoiar a aprovação de uma reforma administrativa, o parlamentar salientou que ela precisa significar uma melhora nos serviços prestados à população e não o contrário. A questão será debatida na Câmara Federal e no Senado em breve, com o envio da proposta inicial por parte do Governo Federal.

Um dos pontos elencados por Fávaro é a questão dos direitos adquiridos. O senador pontua que as regras não podem mudar em relação a quem já atua no serviço público, como no caso da estabilidade. “A reforma não pode afetar quem já se dedica a atender à população, não podemos mudar a regra do jogo no meio da partida”, avalia.

Para Fávaro, a estabilidade deve ser mantida, mesmo para os novos servidores, em áreas essenciais, como educação, saúde, segurança pública e finanças. “Além de assegurar um melhor atendimento para a população, porque representa a continuidade independentemente de questões políticas, prestigia o funcionalismo, sempre empenhado em oferecer o melhor. Não podemos permitir que um policial, por exemplo, seja demitido apenas porque mudou o governo”, pontuou.

Rodinei Crescêncio

Carlos F�varo

Fávaro também entende que a forma de contratação dos servidores deve ser pautada pela realização de concursos, garantindo assim isonomia, transparência e a certeza de que o serviço público seguirá contando com as pessoas mais qualificadas para a função. “Sou apoiador da reforma administrativa e vou atuar com muito zelo sobre esse tema, para garantirmos um modelo que permita melhorar os serviços prestados à população e não o contrário”, finalizou.

A proposta de reforma administrativa foi encaminhada pelo presidente Jair Bolsonaro ao Congresso Nacional no início de setembro. O texto, que ainda será debatido no Senado e na Câmara dos Deputados, visa acabar com diversos privilégios de determinadas carreiras, além de assegurar um desempenho melhor por parte dos funcionários com o aprimoramento de mecanismos de controle.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Candidato a reitor e 2 apoios fortes

dimorvan rui 400   O candidato de oposição a reitor do IFMT, Deiver Teixeira, recebeu dois apoios importantes. As manifestações de adesão à candidatura vieram dos professores Ruy Oliveira e Dimorvan Brescancim. Ruy foi candidato a reitor nos últimos dois pleitos e é um pesquisador...

Abílio e Medeiros rejeitam Fernanda

coronel fernanda 400 curtinha   Abílio Júnior e o deputado José Medeiros, presidente do Pode-MT e que foi derrotado para senador, querem distância da coronel Rubia Fernanda (foto) da campanha neste segundo turno em Cuiabá. Nos bastidores, comentam que não precisam da militar filiada ao Patriota e que ficou...

Com maioria na Câmara de Cáceres

eliene liberato 400 curtinha   A prefeita eleita de Cáceres Eliene Liberato (foto), que conquistou 15.881 votos (38,16% dos válidos), terá apoio da maioria dos 15 vereadores. Destes, oito garantiram cadeira pela coligação da própria Eliene, o que representa 53%. As duas maiores bancadas são do PSB de...

Gamba quer Tuti presidindo a Câmara

tuti 400 alta floresta curtinha   O prefeito eleito de Alta Floresta, Chico Gamba (PSDB), tem se articulado para eleger presidente da Câmara o vereador reeleito do seu partido, Oslen Dias dos Santos, o Tuti (foto), que obteve a segunda maior votação, com 814 votos. Na tentativa de convencer os novos integrantes da próxima...

Várzea Grande paga a folha já na 6ª

lucimar campos 400   A prefeita várzea-grandense Lucimar Campos, prestes a concluir o segundo mandato, anunciou que na sexta, a três dias de fechar o mês, conclui o pagamento da folha de novembro. E, nesta quarta (25), já libera a diferença da correção do piso federal para os professores. No total...

Críticas à busca do poder pelo poder

marcia pinheiro 400   Em um ato realizado na praça Alencastro, nesta segunda à noite, a primeira-dama de Cuiabá Marcia Pinheiro disparou críticas aos adversários do prefeito Emanuel, que busca a reeleição. Segundo ela, as alianças formadas por Abílio neste segundo turno são...