ELEIÇÕES 2020

Segunda-Feira, 17 de Agosto de 2020, 20h:01 | Atualizado: 18/08/2020, 09h:22

RACHADOS

Mauro reclama da falta de diálogo no DEM em adesão à pré-candidatura de Leitão

Mayke Toscano/Secom-MT

Governador Mauro Mendes - novo decreto - coronav�rus - covid

Governador Mauro Mendes reclamou da posição de integrantes do DEM durante reunião realizada no Palácio Paiaguás no início da noite desta segunda (17)

O governador Mauro Mendes reclamou da falta de diálogo para tomada da decisão que parte do DEM a aderir à pré-candidatura do ex-deputado federal Nilson Leitão ao Senado, indicado Júlio Campos para a Suplência. A indicação foi oficializada na tarde desta segunda (17).

Mauro fez a reclamação durante a reunião realizada no Palácio Paiaguás, logo após o ato conjunto do PSDB, DEM e PL, quando Júlio, seu irmão - senador Jayme Campos e o deputado estadual Dilmar Dal Bosco foram comunicá-lo da decisão de apoiar Leitão ao Senado. Além do governador, participaram o presidente da Assembleia Eduardo Botelho e o ex-deputado federal Fabio Garcia, presidente do DEM em Mato Grosso.

Depois de ouvirem a reclamação do governador, Os Campos e Dilmar ressaltaram que não recuam do apoio a Leitão. No entanto, ficou acertado que o DEM continuará buscando o entendimento até a convenção, que deve acontecer no inicio de setembro. A próxima reunião será marcada por Fabio Garcia.

Caso não cheguem ao consenso, deve se repetir o que ocorreu em abril, na convenção anulada pelo ato do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que adiou a suplementar ao Senado para novembro, anulando todos os atos correlatos. Neste caso, o DEM aprova Júlio como 1º suplente de Leitão e quem discordar é liberado para apoiar quem julgar mais conveniente.

Na convenção de abril, Mauro e seu grupo político sequer compareceram. Isso porque, o governador quer apoiar Carlos Fávaro (PSD), seu companheiro de chapa em 208. Já Botelho tem compromisso com o vice-governador Otaviano Pivetta (PDT), também pré-candidato a senador.

Na verdade, essa deve ser a saída para evitar maior desgaste interno no DEM. Tanto Mauro quanto Fabio Garcia sabem que não é bom negócio “bater crachá” contra Os Campos na convenção, sendo que eles militam no partido desde 1979, quando a sigla deixou de ser Arena.

Chapa de Leitão

Além de Júlio, que recuou da candidatura para apoiar o tucano, a chapa de Leitão tem como 2º suplente o ex-vereador por Rondonópolis Zé Márcio Guedes (PL). Homem confiança do senador Wellington Fagundes, comanda seu escritório político no Estado.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Eleitor cuiabano | Terça-Feira, 18 de Agosto de 2020, 14h34
    2
    0

    Jayme não esqueceu que o Favaro viajou o estado em 2018, pedindo voto somente pra ele e pedindo pra não votar em Jayme campos, já de olho na segunda vaga.

  • O atalaia | Terça-Feira, 18 de Agosto de 2020, 13h47
    2
    0

    Essa falta de reciprocidade e esse autorismo já podem ser consideradas como características de uma conduta típica do governador Mauro Mendes, esse carrasco impiedoso que impõe arrocho salarial aos servidores do executivo.....

  • AUGUSTO ROBERTO | Terça-Feira, 18 de Agosto de 2020, 09h46
    3
    4

    vergonha o DEM não apoiar o senador Carlos favaro ate pq o favaro apoio o governador, apoiou o vice governador e apoiou o senador jaime e o favaro ficou em terceiro lugar nada que justo da vaga ser do senador carlos favaro é so ver o bom senso do DEM e os demais aliado...por mim nem tinha eleição para o senador a vaga ja ficaria com o senador carlos favaro.

  • silva | Segunda-Feira, 17 de Agosto de 2020, 21h57
    5
    0

    kkkkkkkkkkkkk https://www.midianews.com.br/politica/em-ato-pro-leitao-jayme-critica-mendes-e-diz-ser-partidario/381901

  • Robson Souza | Segunda-Feira, 17 de Agosto de 2020, 20h42
    5
    4

    Essa aliança só vai dá um resultado: acderrota dos Campos na Várzea Grande e uma surra nas urnas dessa dupla desgastada e somada com o rei do esquema WF.

  • Ademir | Segunda-Feira, 17 de Agosto de 2020, 20h40
    13
    2

    Senhor governador com todo respeito, a falta de dialogo começa no palácio Paiaguas, por exemplo, na convecção de abril quando Julio Campos colocou o nome para vaga de senador o senhor como liderança do partido DEM não compareceu, o senhor como governador do DEM não apoia o próprio partido, onde esta faltando dialogo??

2 suplentes já estreiam em Cuiabá

alex rodrigues 400   Com menos de quatro meses de mandato, dois dos 25 vereadores cuiabanos reeleitos no ano passado já pediram licença para abrir espaço a suplentes. Diego Guimarães (Cidadania) se afastou por 30 dias. Em sua cadeira está Maysa Leão, do mesmo partido. Marcrean Santos (PP) pediu afastamento...

Governista 2 e o desafio da reeleição

wilson santos 400 curtinha   Wilson Santos (foto), que conseguiu retornar à Assembleia "sangrando" nas urnas de 2018, impactado pelo desgaste pela defesa intransigente do Governo Pedro Taques, se prepara para atravessar outro purgatório no próximo ano, em busca de mais um mandato. O deputado tucano carrega desgaste...

Nobres chora a morte de ex-prefeito

flavio dalmolin 400   A pequena e turística Nobres, de 16 mil habitantes, parou neste Feriado de Tiradentes em comoção pela morte, por Covid-19, do ex-prefeito Flávio Dalmolin (foto). Um cortejo percorreu ruas e avenidas, parou em frente ao estádio municipal Balizão e à prefeitura, onde...

Derrotado ensaia disputa ao Governo

reinaldo morais 400 curtinha   O empresário Reinaldo Morais (foto), o rei dos porcos, está disposto a gastar mais uns milhões com nova candidatura majoritária, agora para governador. No ano passado, concorreu ao Senado e obteve votação decepcionante. Foi o penúltimo colocado numa corrida com 11...

Sicredi recua de comprar praça pública

enilson rios 400 prefeito araputanga   A diretoria do Sicredi nem esperou ser votado na Câmara Municipal o polêmico projeto sobre negociação de uma praça pública no centro de Araputanga para cancelar o negócio. A cooperativa havia "amarrado" entendimento com o prefeito Enilson de Araújo...

Sessão, voto e namoro com cantora

ulysses moraes 400   Na sessão virtual da Assembleia desta segunda, o deputado Ulysses Moraes (foto), do PSL, estava demorando para computar o voto na apreciação de um veto do governador. O presidente Max Russi (PSB), então, cobrou agilidade do colega e brincou, dizendo que agora ele só tem olhos para a Maraisa....