ELEIÇÕES 2020

Terça-Feira, 29 de Setembro de 2020, 20h:46 | Atualizado: 30/09/2020, 10h:21

EFEITO CARAVANA

MP Eleitoral afirma que Taques está inelegível e atua para barrar candidatura

Assessoria

Pedro Taques

Candidato ao Senado Pedro Taques (Solidariedade) é questionado sobre irregularidades durante a Caravana da Transformação, enquanto era goverandor

O procurador regional eleitoral, Erich Raphael Masson, ingressou, nesta terça (29), com pedido de impugnação do registro de candidatura do ex-governador e candidato ao Senado pela coligação “Todos Somos Mato Grosso”, Pedro Taques (Solidariedade).

A condenação imposta pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT) no último dia 8 de setembro, que acatou uma representação do PDT apontando irregularidades na realização da Caravana da Transformação em 2018​, foi o que motivou o pedido do procurador. Masson alega que a condenção torna Taques inelegível.

Na ocasião, o pleno do TRE condenou o ex-governador a pagar multa de R$ 50 mil. No pedido, o procurador ressalta que Taques não quitou essa multa. A quitação é um requisito para o registro de candidatura. 

“De tal sorte, considerando que a decisão proferida pelo colegiado do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso condenou o candidato pela prática de conduta vedada aos agentes públicos em campanha eleitoral, aplicando multa eleitoral e tornando-o inelegível pelo prazo não exaurido de 08 anos, a contar da eleição (2018), resta configurado óbice ao registro de candidatura”, diz trecho um trecho da solicitação.

De acordo com o órgão, Taques está inelegível por 8 anos a contar do pleito de 2018, quando concorreu à reeleição ao Palácio Paiaguás. Dessa forma, o ex-governador não pode disputar uma eleição até 2026.

Outro lado

O ex-governador Pedro Taques diante do pedido do MP alega que já tornou público suas certidões negativas criminais.  

“Amigos, eu não roubei e não cometi crime algum, o Ministério Público Eleitoral (MPE) entendeu que há uma pendência para ser resolvida junto ao TRE e será resolvida, destaco que não se trata de corrupção ou improbidade. Como advogado constitucionalista eu acredito e confio na Justiça Eleitoral e a verdade será restabelecida”, disse o candidato. 

O candidato pelo Solidariedade afirma ainda que seus advogados já estão recorrendo do pedido protocolado pelo MP Eleitoral.

 

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • José Carlos | Quarta-Feira, 30 de Setembro de 2020, 02h45
    1
    1

    É uma pessoa muito má!

Sob efeito-cavalo paraguaio em ROO

thiago muniz 400 curtinha   Em Rondonópolis, o candidato a prefeito, vereador e empresário Thiago Muniz (foto), se transformou num cavalo paraguaio, expressão muito usual no futebol quando se refere a um time que dispara no início do campeonato mas, lá pela metade, começa a cair pelas tabelas. Acreditava-se...

Lula na TV deve afundar mais Julier

lula 400   O advogado Julier Sebastião da Silva, que disputa pela segunda vez a Prefeitura de Cuiabá - na primeira, em 2016, pelo PDT, ficou em terceiro lugar e, agora, pelo PT -, levou para o seu horário eleitoral o ex-presidente Lula (foto). A participação, com pedido de voto para Julier, da maior...

Na contramão dos investimentos

jose wenceslau 400 curtinha   Ao invés de reconhecer e aplaudir a iniciativa do governo estadual, que anunciou investimentos de R$ 9,5 bilhões em obras e ações, sendo R$ 6 bilhões (63%) de recursos próprios, a Fecomércio-MT, sob José Wenceslau Júnior (foto), reagiu com críticas....

Filho de ex-deputado rumo a vereador

willy taborelli 400   O coronel PM da reserva e ex-deputado estadual Perry Taborelli, que concorreu e perdeu para prefeito de Várzea Grande em 2016, lançou de novo o filho à cadeira de vereador. Trata-se do jovem advogado Willy Jacyntho Taborelli (foto), de 32 anos. Desta vez, ele concorre pelo PV. Na eleição...

Beto vê aliado como mais preparado

wellington marcos 400   O prefeito de Barra do Garças, Beto Farias (MDB), tem sido um cabo eleitoral fundamental para o candidato à sucessão municipal, advogado e atual vice-prefeito Wellington Marcos (foto), do DEM. Beto, que está concluindo o segundo mandato consecutivo com 80% de aprovação popular,...

Produtores e a unificação de eleições

antonio galvan 400 curtinha   Mato Grosso pode ter três eleições no mesmo dia, 15 de novembro. Isso porque, além das municipais e a suplementar ao Senado, alguns produtores rurais se movimentam para que a escolha do novo presidente da Aprosoja também seja na mesma data das eleitorais. Inicialmente, o pleito da...