ELEIÇÕES 2020

Domingo, 29 de Novembro de 2020, 18h:25 | Atualizado: 29/11/2020, 20h:20

APÓS A VITÓRIA

Reeleito, Emanuel pode ter a minoria na Câmara; apoio de 11 dos 25 eleitos quadro

selo elei�es 2020

Reeleito prefeito de Cuiabá com 51,17% dos votos válidos, Emanuel Pinheiro (MDB) terá que se esforçar para fortalecer sua base aliada na Câmara de Cuiabá a partir de 1º de janeiro, quando 14 novatos assumem suas cadeiras no Legislativo e 11 continuam. Considerando sua coligação e partidos que declararam apoio a sua candidatura no segundo turno, o emedebista poderá contar com grupo formado por 11 situacionistas. Sendo assim, a oposição ficaria com 14 parlamentares.

A situação é bem diferente da atual Câmara, em que Emanuel tem apoio 19 parlamentares.

Tal base pode aumentar ou diminuir. Emanuel formou uma coligação com 11 partidos (PMB, PTC, Solidariedade, PV, Republicanos, PL, PSDB, MDB, PTB, PP e PCdoB), que elegeram 12 vereadores: Adevair Cabral (PTB), Chico 2000 (PL), Juca do Guaraná (MDB), Marcrean Santos (PP), Mario Nadaf (PV), Renivaldo Nascimento (PSDB), Demilson Nogueira (PP), Didimo Vovô (PSB), Eduardo Magalhães (Republicanos), Marcus Brito Junior (PV) e Paulo Henrique (PV) e Dr. Luiz Fernando (Republicanos).

Dayanne Dallicani/Rdnews

Composição Câmara - Emanuel Pinheiro - base e oposição

No segundo turno, Emanuel, no entanto, não contou com o apoio do Dr. Luiz Fernando, que resolveu apoiar Abílio Júnior (Podemos). O Republicanos, com dois vereadores eleitos e divididos, pode acabar formando um grupo independente na Câmara. Eduardo, que é presidente municipal da sigla, afirma que após o fim da eleição, o partido se reúne para analisar a situação.

A vereadora Edna Sampaio (PT), que no segundo turno declarou voto crítico a Emanuel, fica na oposição, junto com os demais parlamentares que integraram coligação ou aderiram ao grupo pró-Abílio: Cezinha Nascimento (PSL), Coronel Paccola (Cidadania), Kassio Coelho (Patriota), Dr. Luiz Fernando (Republicanos), Michelly Alencar (DEM), Pastor Jeferson (PSD), Rodrigo Arruda e Sá (Cidadania), Sargento Vidal (Pros), Wilson Kero-Kero (Podemos), Diego Guimarães (Cidadania), Dilemário Alencar (Podemos), Sargento Joelson (Solidariedade) e Lilo Pinheiro (PDT).

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • marta | Domingo, 29 de Novembro de 2020, 19h41
    0
    0

    não ganhou por bastante, foi acirrado...

Novo ensaio do privilegiado Neurilan

neurilan fraga 400   Neurilan Fraga (foto) transformou mesmo a AMM não apenas num cabide de emprego, mas numa entidade para, em alguns casos, atender a seus interesses pessoais. Ali, investido no cargo de presidente, inclusive já pelo quarto mandato, mesmo não sendo mais prefeito, ele se articula politicamente o tempo todo....

Dobradinha no Podemos pela reeleição

claudinei 400 curtinha   Eleito deputado na onda Bolsonaro, o delegado de Polícia Claudinei de Souza Lopes (foto) resolveu deixar o PSL e vai se abrigar no Podemos. Sonha com a reeleição. Sua estratégia é trabalhar o que se chama de dobradinha eleitoral com o deputado federal José Medeiros, especialmente em...

Valtenir atrai lideranças para o MDB

valtenir pereira 400   Mesmo sem mandato eletivo, o ex-vereador pela Capital e ex-deputado federal Valtenir Pereira (foto) continua se articulando nos bastidores, agora pelo fortalecimento do seu partido, o MDB. Ele está convencendo algumas lideranças a se filiar na legenda emedebista. Dois líderes são prefeitos...

Chefe do Escritório de ROO em Cuiabá

mario marques 400 curtinha   O prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio, que iniciou neste mês o 3º mandato, mantém como parte da estrutura da administração um cargo de chefe do Escritório de Representação do município na Capital. E Pátio nomeou para esta...

Prefeito cria comitê pra debater modal

emanuel pinheiro 400 curtinha   Mesmo o governador Mauro Mendes já tendo anunciado que vai implantar o BRT na Região Metropolitana, em detrimento do VLT, o prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro (foto) criou um comitê de análise técnica para, segundo ele, definir o modal de transporte para a região. Emanuel...

Desembargadores recebem 6 auxílios

maria helena povoas 400   O Tribunal de Justiça de MT, presidido pela desembargadora Maria Helena Póvoas (foto), vai pagar uma série de direitos e vantagens que "engordam" substancialmente o subsídio de seus magistrados e que foram programados pelo ex-presidente Carlos Alberto para liberá-los no orçamento...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.