ELEIÇÃO

Enrolado nos negócios, Eraí não deve disputar eleição; PP fica na espera

 -- Presidente do PP deputado estadual Ezequiel Fonseca    Mesmo empolgado com a pré-candidatura ao governo de Mato Grosso num primeiro momento, o empresário do ramo do agronegócio, Eraí Maggi (PP), corre o risco de não conseguir disputar as eleições deste ano. Conforme declarou à imprensa no mês passado durante encontro regional do Partido, o “rei da soja” ainda possui pendências administrativas e jurídicas relacionadas à sua empresa, a Bom Futuro. Isso porque todos os negócios do empreendimento estão em seu nome e precisam ser transferidos. O progressista tem até o início de julho para resolver a questão, já que o prazo para registro de candidatura se encerra no dia 5 daquele mês.

   O PP tem enaltecido o nome de Eraí como sucessor do governador Silval Barbosa (PMDB), mas ainda com certa dose de incerteza. O próprio presidente estadual da sigla, deputado Ezequiel Fonseca afirma que não sabe se o empresário conseguirá organizar a vida empresarial para mergulhar, de fato, na política. “Eraí quer disputar, mas fazer isso é um processo burocrático e estamos correndo contra o tempo para que dê certo”, enfatiza. “Conversamos todos os dias e ele é a nossa prioridade”, reforça o parlamentar.

   O PP já tem se articulado com lideranças de outras legendas a fim de formar aliança para fortalecer candidatura própria ao governo do Estado. Inclusive, segundo Ezequiel, se Eraí for candidato deve buscar como vice o ex-vereador e candidato derrotado a prefeito de Cuiabá, Lúdio Cabral (PT). O petista tem se mostrado animado com a ideia, segundo o deputado.

   Caso a conjectura se realize, a tendência é que o senador Blairo Maggi (PR), que também é primo de Eraí, se torne ministro da presidente Dilma Rousseff (PT) e seu suplente, Cidinho dos Santos (PR), assuma a vaga no Senado. Dessa forma, o deputado federal Wellington Fagundes (PR) seria lançado ao pleito para disputar uma cadeira como senador.

Em encontro, PP destaca liderança de Eraí, mas não o lança ao Governo

Filho de Taborelli assume vaga em VG

Willy taborelli _ curtinha400   O pai coronel Taborelli está fora de combate, mas o filho Willy (PSC), suplente de vereador, vai assumir cadeira na Câmara de VG a partir de 2 de março. Vai atuar na vaga do correligionário Miguel Baracat, que se licencia para fazer tratamento de saúde. O filho do polêmico...

Sem acordo para ter apoio de Selma

otaviano pivetta 400 curtinha   O empresário e vice-governador Otaviano Pivetta, pré-candidato ao Senado, disse que, de fato, recebeu convite para se filiar ao Podemos, inclusive do deputado Medeiros, um de seus prováveis adversários nas urnas de abril, mas que segue firme no PDT. Destaca ser um admirador do senador...

Na expectativa para disputar Senado

nelson barbudo 400 curtinha   Se o TRE flexibilizar a data de filiação para quem quer concorrer ao Senado, na eleição suplementar de abril, a inflação de candidatos tende a ser ainda maior. Entrariam no páreo, além dos 10 que já se dizem pré-candidatos, o ex-governador Pedro...

Conflito armado entre Ulysses e Elizeu

ulysses moraes curtinha   Já está dando confusão no PSL/DC o acórdão feito entre os deputados estaduais Ulysses (foto) e Elizeu. O primeiro confidenciou a amigos que não pretende apoiar a possível candidatura de Elizeu ao Senado, na eleição suplementar, marcada para abril. A considerar...

Jornalistas lançam 1º Anuário Jurídico

antonielle_curtinhas   O site Ponto na Curva e o Animus Centro Empresarial lançam em maio o primeiro Anuário Jurídico de Mato Grosso. A publicação, que é inédita no Estado, é conduzida pelas jornalistas e advogadas Antonielle Costa (foto) e Débora Pinho. A ideia é dar destaque a...

Ao Senado e com apoio de Bolsonaro

jose medeiros 400 curtinha   Com o apoio garantido por Bolsonaro, José Medeiros dá um passo largo rumo ao Senado, já nesta fase de pré-campanha. Entusiasmado, ele marcou a convenção do Podemos para 12 de março. De um lado, o ex-senador e hoje federal entra no rol dos mais cotados por causa do peso do...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.