HORÁRIO ELEITORAL

Serys recua e nome de Abicalil aparece em propaganda eleitoral

Serys Marly   Depois da novela que precedeu a candidatura da senadora Serys Marly (PT) à Câmara dos Deputados, ela afirmou que disputaria o cargo por uma súplica da população que não queria vê-la fora do pleito, mas amarrou a condição de não ter que pedir votos e nem subir no palanque de seu rival petista, deputado federal e candidato ao Senado, Carlos Abicalil. A senadora chegou a declarar que não seria vista ao lado do deputado – veja aqui. No entanto, no vídeo que produziu para a propaganda eleitoral gratuita, o nome dele aparece estampado na tela ao lado de outros candidatos da majoritária enquanto a candidata apresenta suas propostas.

   Com a campanha nas ruas e uma perspectiva otimista apontada pelas pesquisas de opinião de voto, a candidata já não faz tanta questão de evitar a presença de Abicalil e até participou de eventos em que dividiu a mesa de autoridades com o deputado federal, como a reunião com a juventude pró-Silval Barbosa, realizada em Cuiabá, no dia 29 de julho.

   A divergência entre Serys e Abicalil começou quando ele manifestou sua vontade de concorrer ao Senado, em detrimento de um projeto de reeleição da senadora. A disputa foi parar nas urnas e o deputado federal ganhou o direito de concorrer ao cargo após as prévias do partido. Sem poder lutar por uma reeleição, Serys disse que ficaria de fora, não escondeu de ninguém sua insatisfação com o dirigente de seu partido e, nos bastidores, chegou a manifestar apoio para candidatos de outra coligação.

   Foi só no último momento que ela recuou e registrou sua candidatura como deputada federal. Antes disso, foi um dos nomes mais sondados para compor a chapa majoritária na disputa pelo cargo de vice-governadora, ao lado do candidato à reeleição, governador Silval Barbosa (PMDB), mas recusou os convites para não ser obrigada a subir no mesmo palanque que Abicalil.

Ex-senadora ajuda a afundar Reinaldo

selma arruda 400   Mesmo entregue ao ostracismo político, após ser cassada neste ano da cadeira de senadora por crimes eleitorais, como caixa 2, Selma Arruda (foto) ainda acha que consegue "arrebanhar" eleitores. E foi pensando nisso que ela apareceu no curto tempo do horário eleitoral de Reinaldo Morais para pedir voto ao...

Taques agora na lista de ficha-suja

pedro taques 400 curtinha   O ex-senador e ex-governador Pedro Taques (foto) entra na lista dos fichas-sujas. Ele se inscreveu para concorrer ao Senado pelo SD, mas teve registro indeferido pelo TRE devido a uma condenação aplicada pelo próprio Tribunal pelo uso eleitoreiro da Caravana da Transformação...

Briga eleitoral de parentes em General

renato vilela 400 general carneiro   A briga política, jurídica e eleitoral na pequena General Carneiro, de 14 mil habitantes, está acirrada e envolve, em palanques diferentes, grupos com vínculos familiares. São dois na disputa pela prefeitura. A ex-prefeita Magali Vilela desistiu de tentar de novo o teste das...

Ataques a EP e o revide dos amigos

fabinho 400 curtinha   O empresário Fábio Martins Defanti, o Fabinho Promoções (foto), que em 2016 disputou para vereador e perdeu, está sendo bombardeado de críticas em grupos de WhatsApp, inclusive pelos próprios amigos, por causa de comentários, gravados em dois vídeos, com um...

Luizão e 10 promessas em cartório

luizao 400   O empresário Luizão (foto), candidato a prefeito de Rondonópolis pelo Republicanos, registrou em cartório 10 comprimissos de gestão, garantindo, em caso de eleito, executá-los logo no primeiro mês de mandato. O primeiro deles é de zerar a fila de consultas, exames e cirurgias. E...

Ex-secretários de França sem mácula

roberto franca 400 curtinha   A assessoria jurídica da coligação de Roberto França (foto), que concorre à Prefeitura de Cuiabá pelo Patriota, classifica de mentirosa e irresponsável a notícia de que ex-secretários de França, da época em que comandou a Capital, de 1997 a...