CONJECTURAS

Taques analisa 4 nomes para suplente; Percival mira Nortão

   O ex-procurador Pedro Taques (PDT) deve ser o último dos candidatos ao Senado a definir as duas suplências. Ele se vê em cima do muro diante do “quebra-cabeça” para mesclar perfis distintos que consigam angariar mais votos no interior e, simultaneamente, atingir a baixada cuiabana. Além disso, Taques analisa a possibilidade de contemplar os demais partidos do movimento Mato Grosso Muito Mais – PV, PPS e PSB.

   Considerando que os pedetistas defendem o lançamento de uma “chapa pura”, as poucas opções que sobram para Taques são Jair Mariano, ex-deputado e ex-presidente do Intermat, Jacy Proença, ex-vice-prefeita de Cuiabá, e o ex-prefeito de Nova Mutum, Adriano Pivetta, irmão do presidente regional da legenda, deputado Otaviano Pivetta. Como o parlamentar exerceu por dois mandatos o cargo de prefeito de Lucas do Rio Verde, Adriano tem bom trânsito na cidade e é considerado uma liderança de “peso” no Nortão, com influência em segmentos econômicos e movimentos sociais. Especula-se que a economista e blogueira Adriana Vandoni, uma das principais articuladoras da candidatura do ex-procurador, também seja cogitada para concorrer a uma das suplências.

   O deputado Percival Muniz, presidente regional do PPS, vai disputar o Senado com a expectativa de ter o primeiro suplente indicado pelo PV. O nome mais cotado é o de Naildo da Silva Lopes, ex-deputado e sexto suplente que assumiu na vaga do deputado João Malheiros (PR) na Assembleia. A segunda suplência pode ficar com o empresário sinopense Paulo Fiúza (PV). "Vou levar em conta a questão geográfica. Quero uma liderança do Nortão", disse Percival ao RDNews. Pairam especulações de que o nome da ex-secretária estadual de Educação, Ana Carla Muniz, também é cotado. O marido dela, porém, Percival Muniz, garante que a esposa não tem pretensões políticas.

   A personalidade forte de Ana Carla pode provocar uma nova reviravolta na composição das chapas proporcionais e ao Senado. Ela é contrária à candidatura de Percival por entender que ele sairia do processo eleitoral desgastado e sem chances de reconquistar a Prefeitura de Rondonópolis, cidade que comandou por dois mandatos. Nas urnas, o líder socialista vai enfrentar ninguém menos que o ex-governador Blairo Maggi (PR), também da região Sul, o deputado federal Carlos Abicalil (PT), o ex-senador Antero Paes de Barros (PSDB) e o médico sinopense Jorge Yanai (DEM).

   Caso Percival “jogue a toalha”, o PV deve indicar o substituto. Nesse cenário, o deputado disputaria a reeleição à AL e Eduardo Moura (PPS) recuaria da candidatura à Câmara Federal para ser o primeiro suplente da chapa ao Senado encabeçada por Aluizio Leite, secretário nacional do PV, ou, até mesmo, por Naildo da Silva. A reviravolta com a desistência de Percival seria tanta que o presidente regional do PSB, deputado Percival Muniz, seria obrigado a abandonar o projeto à reeleição para concorrer a uma das 24 cadeiras da AL.

Confira os nomes cotados para a suplência de Taques e Percival
Chapa 1
Pedro Taques (PDT)
Suplentes
Jair Mariano (PDT)
Adriano Pivetta (PDT)
Jacy Proença (PDT)
Adriana Vandoni (PDT)

Chapa 2
Percival Muniz (PPS)
Suplentes
Aluizio Leite (PV)
Naildo Da Silva Lopes (PV)
Paulo Fiúza (PV)

2 da AL em chapas distintas à AMM

nininho 400   Dois deputados estaduais estão divididos em chapas de honra da eleição da AMM, que acontece no próximo dia 15. O curioso é que Ondanir Bortolini, o Nininho (foto), filiado ao PSD e hoje presidente de honra da entidade comandada pelo segundo mandato consecutivo por Neurilan Fraga (PL), caiu fora da...

Trentini perde de novo para Pitucha

roland trentini 400 curtinha   Na queda-de-braço nos bastidores, o ex-prefeito por três mandatos de Alto Garças, Roland Trentini (foto), perdeu de novo para o rival político histórico, o também ex-prefeito Júnior Pitucha. Ambos, que já protagonizaram disputas acirradas, tensas e...

2 maiores líderes sob crise partidária

mauro mendes 400 curtinha   Os dois maiores chefes de Executivos em MT hoje enfrentam problemas partidários internamente. O governador Mauro Mendes (foto), mesmo sendo a principal estrela do DEM no Estado, não está confortável dentro do partido por causa de conflitos com os irmãos Júlio e Jayme Campos....

MM e deputados derrotados do MDB

carlos bezerra 400 curtinha   Por coincidência, deputados do MDB que tiveram seus candidatos derrotados nas urnas estão de afagos com o governador Mauro. E até convidaram-no para deixar o DEM e migrar para o MDB, numa articulação do cacicão do partido, o federal Carlos Bezerra (foto), que puxou a corda da...

Os Maia fincam força no Legislativo

silvio maia 400   O ex-prefeito por quatro vezes de Alto Araguaia, Maia Neto, perdeu nas urnas na majoritária, mas ganhou na proporcional. De um lado, a irmã Martha Maia, seu braço-direito durante todos os mandatos, foi derrotada à prefeita por Gustavo Melo, que se reelegeu. Por outro, Maia Neto viu dois dos seus...

Reeleito, Gustavo derruba o clã Maia

gustavo melo 400   O jovem prefeito de Alto Araguaia, Gustavo de Melo (foto), de 36 anos, manteve mesmo o "apertado" favoritismo, conforme mostrou na reta final a pesquisa do instituto Analisando, e derrotou o clã Maia. Venceu por 962 votos de diferença. Filiado ao PSB, Gustavo chegou a 4.805, enquanto Martha Maia (PP) registrou 3.840...