Eleições 2010

Yanai deixa cadeira de Goellner e garante que já mostrou trabalho

Jorge Yanai (DEM)   Eleito em 2002 como terceiro suplente do senador Jonas Pinheiro, Jorge Yanai (DEM), que neste ano teve a oportunidade de assumir a vaga por quatro meses, agora tenta voltar ao Congresso como titular, já que é um dos sete candidatos de Mato Grosso ao Senado. Seu mandato terminou na última quinta (9), quando o segundo suplente, Gilberto Goellner, que estava afastado por licença médica, retornou ao cargo. Ele era, até então, o único concorrente à senatória que já estava ocupando a vaga. Agora, a 20 dias das eleições, Yanai acredita que sua saída do Senado não prejudique seu desempenho nas urnas. “Setembro é um mês do chamado recesso branco, não são votados projetos e a presença não é obrigatória, portanto, não faz diferença nenhuma estar lá ou não”, explicou. Mesmo como senador, ele não conseguiu deslanchar nas pesquisas de intenção de voto, figurando na quinta colocação - veja aqui.

   Em seu programa eleitoral gratuito veiculado no rádio, na manhã desta segunda (13), Yanai demonstra que o tempo que permaneceu no Senado foi suficiente para atestar sua capacidade de trabalho e conquistar amizades. Neste sentido, uma das lideranças que gravaram apoio para seu horário eleitoral foi a senadora Kátia Abreu (DEM-TO), que chegou a ser um dos principais nomes cotados para concorrer à vice-Presidência da República ao lado do candidato tucano José Serra.

   Yanai ficou marcado como o primeiro senador de origem japonesa a tomar posse no Congresso e avalia que o período foi bastante produtivo. De acordo com ele, seu desempenho foi pautado por apresentações de projetos de leis e a briga pelos modais de Mato Grosso e questões sociais, principalmente na área da saúde. “Fiz um trabalho importante, a altura de quem ocupa a cadeira de Jonas Pinheiro”. Ele defende que o conhecimento que adquiriu neste tempo o ajudará bastante num eventual retorno ao Senado. “É importante que Mato Grosso me reconduza ao cargo”, destaca.

  Com uma campanha mais tímida, sem ataques incisivos aos adversários, contudo, o suplente de senador não ficou de fora das principais temáticas que envolvem a disputa. Em seu último programa eleitoral veiculado na televisão, por exemplo, Yanai fez questão de deixar claro seu posicionamento sobre o aborto, tema que tomou conta da corrida ao Senado.

   Para tentar se consolidar entre os eleitores, ele aposta no fato de ser o único representante do interior e, apesar de já ter desfrutado do mandato pleiteado, ser associado à renovação no cenário. “Sou conhecedor do Estado, sei das dificuldades do interior, das diferenças entre as regiões, mas também de suas necessidades em comum. Considero-me o novo dentro da política”, ressaltou.

Diversos cortes nas despesas da AL

eduardo botelho curtinha 400   Num período em que o Legislativo praticamente parou, assim como o Judiciário e órgãos vinculados aos Poderes, como TCE e MPE, o presidente da AL, deputado Eduardo Botelho (foto), tomou decisão correta ao cortar gastos enquanto perdurar a pandemia do coronavírus. Entre as...

Governador está tenso e preocupado

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro Mendes anda tenso e preocupado. Mesmo já tendo adotado uma série de medidas de prevenção, inclusive consideradas radicais, ele não dorme direito por causa das projeções nada otimistas de aumento nos próximos dias de casos de coronavírus em...

AL aprovará empréstimo de R$ 550 mi

A Assembleia aprovou, na convocação extraordinária desta sexta (27), dispensa de pauta para a mensagem do Executivo que pede autorização para contrair empréstimo de R$ 550 milhões junto à Caixa Econômica. O recurso será aplicado na construção de pontes de concreto em diversos municípios. Agora, a matéria entra na pauta e será aprovada pela maioria dos deputados na próxima segunda (30),...

Queda nas receitas e o salário regular

emanuel pinheiro 400 curtinha   Prefeitos de um modo geral vão conseguir pagar a folha do funcionalismo de março, na próxima semana, sem tantas dificuldades. Já para abril, a tendência é que passem apurados para manter os vencimentos em dia, por causa do reflexo negativo da pandemia do coronavírus,...

Galvan, afronta à legislação e multa

antonio galvan 400 curtinha   O presidente da Aprosoja-MT, Antônio Galvan (foto), que tentou, mas acabou desistindo da disputa ao Senado, está sempre envolvido em polêmicas, seja nas demandas do agronegócio, seja no cotidiano da política. A mais recente é que ele, juntamente com outros produtores, está...

Destaque nas ações anti-coronavírus

leonardo bortolini leo 400 curtinha   O prefeito de Primavera do Leste Leonardo Bortolin (foto) vem recebendo elogios e ganhou o noticiário nacional por medidas práticas, céleres e seguras no atendimento à população, em meio aos cuidados para prevenção ao coronavírus. Desde a semana...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.