Emprego e concurso

Quinta-Feira, 14 de Janeiro de 2010, 09h:54 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

Concurso

30 câmeras monitoram provas

   A segurança onde estão sendo elaboradas as provas para o maior concurso público do país foi reforçada ao máximo pelo governo estadual. Fica dentro do complexo da UFMT. O RDNews apurou que existem mais de 30 câmeras espalhadas dentro e fora do ambiente. A informação é de que a UFMT trabalhava com pouco mais de 15 câmeras e o governo do Estado colocou mais 18 num monitoramento interno, externo e até aéreo. A entrada é restrita ao pessoal autorizado, mesmo assim, após ser identificado por impressão digital. Tudo para garantir a lisura do processo, ao contrário daquele 22 de novembro do ano passado, quando as provas foram suspensas por causa do vazamento de gabaritos e de falta de logística para acomodar os 271 mil inscritos para 10.086 vagas no serviço público do governo estadual. As provas continuam sob responsabilidade da Unemat.

   O grupo constituído para elaborar as questões da prova de nível Fundamental do concurso, que acontece dia 31 de janeiro, por questões de segurança, não divulga nem as entidades envolvidas. Mas, sabe-se que é o mesmo que organizará a lista de questões para as provas de níveis médio e superior, marcadas para os dias 21 de fevereiro e 21 de março, respectivamente. Todo o trabalho é feito no ambiente da UFMT a portas fechadas. Não é somente o corpo docente da Unemat que está envolvido, mas também professores da própria UFMT.  Nesta quinta (14), o grupo termina o trabalho de elaboração de prova, que deve conter entre 60 a 80 perguntas. Na sexta, encaminha os dados a São Paulo para encadernamento e impressão, informa o coordenador do Comitê de Acompanhamento do concurso, coronel Alexander Maia, chefe-chefe da Casa Militar. Segundo ele, as provas serão enviadas em tempo hábil para estarem nos Correios no dia 30, mas só serão distribuídas nas escolas onde o certame irá ocorrer no dia 31.

  Calendário

   No próximo dia 15 os candidatos podem acessar o site do concurso e conhecer os locais onde vão fazer as provas. A recomendação é que, de posse dessa informação, façam o trajeto para ver quanto tempo precisam para chegar ao local da prova e, assim, evitar atrasos. Conforme Maia, houve uma solicitação do Comitê às empresas de transporte para que incrementem o número de ônibus no dia 31. No entanto, não houve confirmação de quanto será esse reforço no transporte. “Fomos informados apenas de que as empresas colocarão mais transporte do que o normal para um domingo, mas menos do que o normal para um dia de semana”.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • MARA | Quinta-Feira, 25 de Fevereiro de 2010, 15h14
    0
    0

    Ahh é verdade seria ótimo se divulgassem a concorrência por localidade...pois foi divulgado a concorrência no geral e é claro que na grande capital tá bem maior que nos pequenos municipios...

  • Monica | Quinta-Feira, 14 de Janeiro de 2010, 15h54
    0
    0

    Adoraria ter conhecimento sobre a concorrencia também. Bem lembrado, as regras tem que ser claras, é nosso direito!

  • Marcos José | Quinta-Feira, 14 de Janeiro de 2010, 15h24
    0
    0

    caro Rd, gostaria que o senhor, através do site, buscasse a seguinte informação que até o momento, não foi divulgado pela unemat, quando estava a frente, pela sad na pessoa do sec. Geraldo De Vitto, e agora pelo Governo do Estado. Queremos saber, qual é a concorrencia de cada função, em cada cidade? Tipo, eu fiz pra Professor de Física em Cáceres, não sei a minha concorrencia em Cáceres, não estando claro as regras? Como os candidatos em Cuiabá, também não sabe a concorrencia! e qualquer municipio do Estado, também não obteve a divulgação da concorrencia. apura para nós, que somos leitores assiduos do seu site, que é um verdadeiro porta voz da população. abração

Servidores sem pagar os empréstimos

adevair cabral curtinha 400   A Câmara de Cuiabá rejeitou o veto total do prefeito Emanuel e promulgou a Lei 6.547, que suspende por 90 dias o pagamento de parcelas de contrato de crédito consignados tanto dos servidores públicos ativos e inativos da prefeitura quanto da própria Câmara Municipal. A...

Eleição ao Senado junto com municipal

carlos favaro 400 curtinha   A eleição suplementar para uma vaga ao Senado deve ocorrer em MT junto com o pleito municipal, em 15 de novembro. A definição oficial partirá do TSE até o final deste mês. Em princípio, a suplementar estava marcada para abril, mas, por causa da pandemia, foi...

Wellington tem 47 lotados no Senado

wellington 400 curtinha   Com dois meses e meio na cadeira de senador, Carlos Fávaro tem hoje 18 assessores lotados no gabinete, muito aquém do quadro dos colegas Jayme Campos e Wellington Fagundes. O chefe de gabinete de Fávaro é o advogado Irajá Rezende de Lacerda, filho do primeiro-suplente Zé Lacerda....

Cáceres, lockdown e frases de alerta

francis maris 400 curtinha   Em Cáceres, o prefeito Francis Maris (foto) decretou lockdown desde a última segunda, dia 29, como forma de forçar os moradores a permanecer em casa para conter o avanço da Covid-19. Mas as medidas restritivas não estão surtindo tanto efeito na prática. Muitos continuam...

4 prefeitos de MT com coronavírus

luiz binotti 400 curtinha   Pelo menos quatro prefeitos em Mato Grosso já foram diagnosticados com Covid-19. O caso mais recente envolve Luiz Binotti (foto), de Lucas do Rio Verde. Ele aguarda resultado de exames, mas já se encontra em isolamento domiciliar. Com sintomas do novo coronavírus, Binotti decidiu ficar em casa. De um...

Forçando cuiabanos a ficar em casa

emanuel pinheiro 400 curtinha   Acuado por causa do avanço dos casos de Covid-19, o que tem provocado colapso na rede pública de saúde, principalmente em Cuiabá, o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) decidiu adotar medidas mais restritivas para conter circulação e aglomerações de pessoas,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.