Emprego e concurso

Quarta-Feira, 13 de Janeiro de 2010, 13h:00 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

Educação

Prefeito abre concurso para 1.278 vagas e descarta fraudes

Prefeito abre concurso para 1.278 vagas e descarta risco de fraudes

   O pré-candidato tucano Wilson Santos jura que não fará denuncismo ou críticas duras ao governo Blairo Maggi mas, nesta mesma quarta, durante lançamento do terceiro concurso de sua gestão, já deu um "tapa de pelica" na administração estadual. Ao falar sobre a escolha da UFMT para organizar e executar a realização do concurso da Prefeitura de Cuiabá, o prefeito disse que escolheu a instituição porque nunca em sua história teve algum certame cancelado ou, sequer, colocado sob suspeita. Anunciou abertura de 1.278 vagas somente para a área de educação. "Nunca li uma linha sequer em algum jornal questionando as provas feitas pela UFMT. É caro, mas escolhemos essa universidade porque sabemos da sua seriedade", afirmou Wilson, sem mencionar o fiasco em que se transformou a primeira tentativa do governo estadual em aplicar, em 22 de novembro, o maior concurso público do país, com 274 mil inscritos para 10.086 vagas. O concurso foi adiado para este começo do ano. Será feito em três etapas.

   Prestes a renunciar ao mandato para concorrer ao Paiaguás, Wilson conta que e 2007 promoveu concurso para mais de mil vagas em todos os setores e em 2008 realizou outro para 500 vagas na Sanecap e, agora, lança o certame para a educação. "Nas três oportunidades, a UFMT organizou e eu não tenho nada a reclamar". Segundo o prefeito, o concurso custará R$ 1,1 milhão aos cofres públicos. A prefeitur vai custear toda as isenções, que devem ficar em torno de 70% do número de inscritos.

    Wilson garante que as pessoas que passarem nas provas serão convocadas no segundo semestre. Assegura que não vai haver muito impacto na folha de pagamento. "Vamos subistituir os contratados por servidores efetivos, já temos essa demanda", pontua. Com um orçamento de cerca de R$ 182 milhões, o secretário de Educação Carlos Carlão tem à disposição cerca de 4,4 mil servidores. Administra 47 creches e 97 escolas. Ele deve deixar o posto em abril para disputar cargo de deputado estadual. Em seu lugar assume o hoje adjunto e ex-vereador Permínio Pinto.

    O período de inscrição do concurso vai de 25 a 30 de janeiro. As provas serão feitas em 7 de março. Quem quiser participar pode fazer inscrição nas agências dos Correios ao custo de R$ 40 para nível médio e médio técnico e, R$ 60,  no caso de nível superior. Desempregados e doadores de sangue estão isentos do pagamento da taxa. O edital está disponível nos sites da prefeitura (www.cuiaba.mt.gov.br) e no da UFMT (www.ufmt.br/concursos).

    A UFMT vai disponibilizar 20 pessoas para elaborar as provas. Todo o procedimento será feito dentro de uma sala especial, monitorada por câmeras para que não hajam fraudes. O número de fiscais e coordenadores, bem como os horários de prova só serão definidos após o término do prazo de inscrições pelo fato de depender do número de inscritos. O salário oferecido é de R$ 525 para médio e R$ 1,1 mil para nível superior. Os cargos a serem providos são de professor do ensino fundamental (pedagogia, educação e música); técnico em desenvolvimento infantil; técnico em administração escolar; técnico em nutrição escolar (merendeira); técnico em manutenção de infraestrutura (vigilante) e técnico em manutenção de infraestrutura (serviços gerais).

Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • Salvador | Sexta-Feira, 05 de Fevereiro de 2010, 11h04
    0
    0

    A Defensoria Pública do Estado conseguiu uma liminar para que obrigue o Prefeito a nomear uma enfermeira, aprovada no último concurso.

  • Eliane | Quarta-Feira, 20 de Janeiro de 2010, 13h25
    0
    0

    É patético que o Prefeito abra outro concurso, pois os aprovados no concurso de 2007 não foram nomeados até hoje. A Prefeitura tem 50% de Téc. Enfermagem contratados, enquanto uma lista enorme de aprovados, que pagaram inscrição, estudaram muito e passaram por seu próprio mérito tem sua vaga ocupada por contratos irregulares repletos de politicagem. Isso é uma vergonha!!!

  • Luan | Quinta-Feira, 14 de Janeiro de 2010, 09h23
    0
    0

    Caro, Romilson, Aproveito o espaço para manifestar minha indignação com a Imprensa local de modo geral em abrir espaço para a divulgação desse "GRANDE FEITO" do Sr. Prefeito WS , em abrir outro "grande" concurso, para QUÊ, se não vão chamar os aprovados. Sim, porque no concurso de 2007, MUITOS, mas muitos aprovados,de diversas áreas ainda não foram nomeados e o prazo do concurso expira a pouco mais 2 meses. ISSO É UMA VERGONHA PARA CUIABÁ. EXIGIMOS MAIS RESPEITO POR CUIABÁ e COM OS APROVADOS E SEUS FAMILIARES.

  • LEANDRO XAVIER | Quarta-Feira, 13 de Janeiro de 2010, 18h06
    0
    0

    Caro Prefeito Wilson Santos, se for fazer o concurso convoque todos os aprovados, teve alguns gestores que tentou brincar com os aprovados aqui na Cidade de Cáceres, acabou se complicando estamos ganhando tudo na Justiça, e a Prefeitura está tendo que dar posse para todos os aprovados. A população de acordando.........

  • Antonio Carlos | Quarta-Feira, 13 de Janeiro de 2010, 15h28
    0
    0

    Não me engana pinóquio. Vc não passa de um oportunista e aproveitador. Esse concurso não estava previsto para agora e vc só está tentando se aproveitar politicamente. A algum tempo postei que o secretário carlão nesse ano faria coptação de verba para sua campanha para deputado e para campanha de ws, aí esta a prova. Atitude essa que causou o pedido de demissão da Subsecretária de educação em 2009. Muito será desviado nesse concurso. Por causa dessa turra política que existe Cuiabá está padecendo e a situação é complicada. Merecemos coisa melhor para o nosso estado.

  • Maria Francisca Torres | Quarta-Feira, 13 de Janeiro de 2010, 14h33
    0
    0

    Minha filha passou no concurso de 2007 da Prefeitura de Cuiabá e até hoje não foi nomeada!!!!!!!! De que adianta fazer concurso e não chamar os aprovados????????????? Se têm concurso é por que há vagas!!!!!!!!!

  • Carla Aguiar | Quarta-Feira, 13 de Janeiro de 2010, 14h29
    0
    0

    Prefeito Wilson Santos!!!! O senhor não chamou nem os cirurgiões dentistas especializados aprovados para o CEO,nem o restantes de nós enfermeiros e o senhor agora quer enrolar o pessoal da EDUCAÇÃO!!!!!!!! Nomeação JÁ!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • José da Silva | Quarta-Feira, 13 de Janeiro de 2010, 14h23
    0
    0

    Engraçado!!! De que adianta fazer concurso Prefeito Wilson??? Existem vários dentistas especialistas,técnicos de enfermagem e enfermeiros aprovados no concurso de 2007, que até hoje não foram nomeados!!!!!! Porque não nomeia esses aprovados????????????????

  • Silva | Quarta-Feira, 13 de Janeiro de 2010, 13h31
    0
    0

    Já observaram a quantidade de concursos que antecedem anos de eleições? Interessante que durante quatro anos não fazem, se há ou não necessidade. Quem vai concorrer a uma vaga deve ficar bem atento à lista de aprovados, convocados e classificados.

Pai e filho pré-candidatos em Poconé

henrique santos 400 curtinha pocone   Em Poconé, pai e filho estão animados para o teste das urnas deste ano. Um a prefeito e, outro, para vereador. Euclides Santos, que já foi vereador (89/92) e prefeito por duas vezes (93/96 e 2001/2004), além de secretário de Infraestrutura e Serviços Urbanos em...

Expectativa de tocar a Cultura de MT

paulo traven 400 curtinha   Um dos três adjuntos da pasta de Cultura, Esporte e Lazer do Estado, José Paulo da Mota Traven (foto) vem se articulando para assumir de forma efetiva o comando da secretaria. Ele conta com apoio de alguns membros do staff, como do secretário de Governo, Alberto (Beto) Machado. O governador...

Poconé tem hoje vários "prefeitáveis"

euclides santos 400 curtinha   O ex-vereador e ex-prefeito de dois mandatos de Poconé, Euclides Santos (foto), que era do MDB e agora está no PSDB, vem se movimentando nos bastidores para concorrer novamente à sucessão municipal. Seria um dos nomes de oposição ao prefeito Tatá Amaral, que vai tentar...

Apostas do PTB para vereador em VG

silvio fidelis 400 curtinha   Detentor da segunda maior bancada na Câmara de Várzea Grande, com cinco assentos, atrás somente do DEM da prefeita Lucimar, que conta com sete vereadores, o PTB aposta na hipótese de ao menos manter as cinco vagas. E todos os seus vereadores vão à reeleição, sendo...

Despesas e o uso eleitoreiro de CPI

marcelo bussiki 400 curtinha   Buscando visibilidade pela reeleição em ano eleitoral, alguns vereadores da Capital, vergonhosamente, usaram e abusaram de dinheiro público para promoção pessoal na esteira da CPI do Paletó. A tendência é do relatório paralelo que pede afastamento do...

Sorriso incentiva 40 projetos culturais

ari lafin 400 curtinha   A seis meses de concluir o mandato, o prefeito de Sorriso, Ari Lafin (foto), estabeleceu, dentro do Plano Municipal de Cultura, o "PROMIC - Festival da Cultura 2020" para contemplar 40 projetos cujos valores somam R$ 340 mil, envolvendo artes visuais, artes cênicas, cultura popular, música, audiovisual,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.