ENTREVISTA ESPECIAL

Sábado, 27 de Fevereiro de 2021, 08h:15 | Atualizado: 27/02/2021, 08h:19

China e MT é parceria que se consolida ano a ano, diz presidente da Ibrachina

 

Rodinei Crescêncio

Advogado sino-brasileiro Thomas Law

Em 20 de janeiro, o Governo de Mato Grosso firmou protocolo de intenções com o Instituto Sociocultural Brasil China (Ibrachina)  para facilitar parcerias para promoção comercial, atração de investimentos e fomento de iniciativas para o desenvolvimento econômico, educação, cultura e ciência e tecnologia. O seu presidente, advogado sino-brasileiro Thomas Law, afirma que a iniciativa abre perspectivas excelentes para os dois povos.

Na área do turismo, acredita que nos próximos anos, milhares de chineses virão a Mato Grosso conhecer Chapada dos Guimarães, Nobres, Pantanal, o Araguaia e outras tantas regiões do Estado.

Destaca ainda que a atuação da Ibrachina ajudou o governo brasileiro a adquirir matéria-prima para produção de vacinas junto aos laboratórios da China e que os imunizantes produzidos a partir desse IFA também chegarão a Mato Grosso. “Embora não conseguimos intermediar a compra direta de vacinas por diversos critérios técnicos, ajudamos na medida do possível”, disse.

  Thomas Law também lembrou que a economia da  China cresce 10% ano, melhorando significativamente as condições da vida da população. Com isso, a demanda por alimentos aumenta gradativamente e a parceira comercial com o Brasil e Mato Grosso, maior exportador de grãos para o país, vai se consolidando ano a ano.

Veja abaixo os principais trechos da entrevista

Reprodução

Advogado sino-brasileiro Thomas Law

A Ibrachina firmou protocolo de intenções  com o Governo de Mato Grosso recentemente. Quais são as perspectivas concretas para os dois povos?

São várias perspectivas boas. protocolo de intenções  entre o Governo de Mato Grosso e a Ibrachina vai trazer benefícios nas áreas da cultura, acadêmica, jurídica e cultural. Também vai facilitar rodadas de negócios entre empresários mato-grossenses e chineses e a realização de feiras internacionais Mato Grosso-China e a publicação de anuários com as potencialidades do país e do Estado. Também pensamos em investimentos no turismo.

 O turismo fica para depois da pandemia?

Com certeza a pandemia afetou o turismo não só em Mato Grosso, mas no mundo inteiro. Estamos pensando em médio e longo prazo. Os chineses gostam de conhecer outros países, outras culturas e Mato Grosso é espetacular. Queremos trazer muito chineses para conhecer Chapada dos Guimarães, Nobres, Pantanal, Araguaia e outras tantas maravilhas desse Estado.

 O governador Mauro Mendes pediu ajuda da Ibrachina para viabilizar vacinas diretamente com os laboratórios chineses. Foi possível ajudar nessa demanda?

Eu fiz contato com a Embaixada da China levando da demanda de Mato Grosso. A informação é que para aquisição das vacinas com os laboratórios Sinovac e Sinofarm é necessários cumprir alguns requisitos técnicos como anuência do Ministério da Saúde e da Embaixada do Brasil na China, o que no momento dificulta a operação. O Plano Nacional de Imunização brasileiro é que está fornecendo a vacina aos estados e o governo chinês respeita essa diretriz do país. A Ibrachina faz parte do Comitê de Crise da nossa Embaixada e auxiliou nas tratativas que resultara no envio de IFA, que é a matéria-prima para a produção do imunizante, que já está sendo utilizado pelo Instituto Butantan. Essas vacinas em breve chegarão a Mato Grosso. Na medida do possível, estamos auxiliando.

Há 40 anos, era uma economia rural miserável, hoje tem alta tecnologia e as condições de vida da população melhoraram a olhos vistos

Thomas Law

 Você visita a China com frequência? Como os chineses vem o Brasil e os brasileiros?

Em 2019, estive três vezes por lá. Em 2020 e 2021, ficou inviável viajar por conta da pandemia. Os chineses vêem os brasileiros com bons olhos, consideram um povo amigo, têm curiosidade para   conhecer mais o Brasil  e sua cultura.  Com Mato Grosso, a integração vai ficar cada vez mais fortalecida.

No mundo polarizado, muitos atacam a China por causa do regime socialista. Como você lida com isso?

A China é um sistema socialista com características chinesas. Existem áreas de economia livre, onde a  economia tem características capitalistas e funciona a todo vapor, se desenvolvendo e promovendo desenvolvimento às nações amigas. Questões políticas todos os países têm e respeitamos a soberania de cada um. No último período, a China experimenta um crescimento econômico de  10% ao ano,  nenhum outro país  atinge essa meta. Há 40 anos, era uma economia rural miserável, hoje tem alta tecnologia e as condições de vida da população melhoraram a olhos vistos.  Por isso, a demanda por alimentos melhora a cada ano e o Brasil e Mato Grosso exportam tantos grãos para a China. Em 2025, teremos tecnologias próprias em todas as áreas.   

Reprodução

Advogado sino-brasileiro Thomas Law

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Marcio | Domingo, 28 de Fevereiro de 2021, 08h17
    6
    2

    Graças a Deus aqui não cabe a ideologia extremista bolsonariana. Parabéns governo de MT.

  • Anderson | Sábado, 27 de Fevereiro de 2021, 14h47
    4
    4

    Se sair do Brasil, leva junto o Bolsonaro e seus asseclas, inclusive este Cuiabano Lima.

  • Realista mais realista que o rei | Sábado, 27 de Fevereiro de 2021, 12h47
    8
    1

    Larga de ser bobo Cuiabano Lima; o mundo todo está na dependência da China de algum modo. Quem mandou o ocidente dormir e fazer guerras enquanto a China trabalhava silenciosamente? Até Napoleão Bonaparte previu essa ascensão chinesa há mais de 200 anos atrás. Aí no caso a única ideologia em pauta é apenas a "econômica" e nada além disso.

  • Cuiabano Lima | Sábado, 27 de Fevereiro de 2021, 09h02
    3
    8

    Não precisamos de nada da China, só um favor saiam do Brasil! Autor desta matéria escreva algo melhor!

Sicredi recua de comprar praça pública

enilson rios 400 prefeito araputanga   A diretoria do Sicredi nem esperou ser votado na Câmara Municipal o polêmico projeto sobre negociação de uma praça pública no centro de Araputanga para cancelar o negócio. A cooperativa havia "amarrado" entendimento com o prefeito Enilson de Araújo...

Sessão, voto e namoro com cantora

ulysses moraes 400   Na sessão virtual da Assembleia desta segunda, o deputado Ulysses Moraes (foto), do PSL, estava demorando para computar o voto na apreciação de um veto do governador. O presidente Max Russi (PSB), então, cobrou agilidade do colega e brincou, dizendo que agora ele só tem olhos para a Maraisa....

Misal é reeleito para o 10º mandato

misael galv�o 400 curtinha   Após dois anos fora do comando do Shopping Popular, período em que respondeu pela presidência da Câmara da Capital, o ex-vereador Misael Galvão (foto) voltou à direção do empreendimento, que abriga 500 lojas. E, sob forte...

Oscarlino, Pros e "nocaute" em Gisela

oscarlino 400   Na queda-de-braço dentro do Pros por espaço político, o ex-sindicalista Oscarlino Alves (foto) nocauteou a ex-superintendente do Procon-MT, Gisela Simona. Ele foi um dos filiados que não aceitaram apoio a Abílio na disputa de segundo turno para prefeito de Cuiabá, se aliou ao projeto de...

Promotor recebe medalha do Exército

Mauro Zaque curtinha   O promotor de Justiça Mauro Zaque (foto) foi condecorado com a medalha do Exército Brasileiro na manhã desta segunda (19), no dia da instituição. A solenidade é considerada a segunda maior do Exército Brasileiro, foi reservada por conta da pandemia e contou com a...

Sema reabre os parques em Cuiabá

mauren lazzaretti sema 400   Fechados desde 1º de abril, em obediência às regras de decreto municipal, que suspendiam as atividades coletivas, os parques estaduais urbanos de Cuiabá reabrem nesta segunda (19) para utilização pelo público. Será possível acessar as tradicionais trilhas...