ENTREVISTA ESPECIAL

Quinta-Feira, 16 de Março de 2017, 09h:56 | Atualizado: 16/03/2017, 10h:00

Miss Plus Size diz que concurso deu autoestima e quer ajudar mulheres

Divulgação

Geiza Schreiber plus size

 Geiza Schreiber é modelo plus size há 2 anos. Ganhou peso (30 kg) depois de ter a filha de 4 anos

Professora de educação infantil, concursada da rede municipal de Água Boa (distante cerca de 740 km de Cuiabá), Geiza Schreiber tem 36 anos. Se descobriu modelo plus size há dois anos, quando, sem pretensão alguma, foi participar (e ficou em terceiro lugar) do Miss Rondonópolis Plus Size 2015.

Não parou mais. Hoje com 1,66 m de altura e 91 kg, é a atual Miss Brasil Quatro Estações Plus Size, concurso vencido por ela ano passado. Neste 2017, vai concorrer ao título de Miss Brasil das Américas Plus Size. Vai enfrentar pelo menos outras 50 candidatas, mas está confiante e atribui isso ao resgate de sua autoestima causado pela entrada no circuito de concursos. Faz exercícios regularmente para manter a saúde. Pedagoga e especializada em psicopedagogia, teve dias difíceis durante a gravidez de sua filha de quatro anos. “Engordei muito na época (30 kg) e passei a ficar com vergonha de sair de casa. Não me aceitava.” Não obstante, superou os problemas e agora também ajuda a resgatar a autoestima de outras mulheres, lembrando que elas valem pelo que são, não pelo que o preconceito das pessoas acha que elas aparentam ser. Leia abaixo, na íntegra, a entrevista que concedeu ao .

Alguma coisa na sua vida mudou depois dos concursos?

Sim, mudou muitas coisas. Principalmente minha autoestima, minha vida particular também mudou muito, assim como a profissional, pois os amigos e todas as outras pessoas começaram a conversar mais comigo. Também aqueles que tinham baixa autoestima se aproximaram, para saber mais sobre esse mundo, queriam saber como funcionam os eventos.

Não saía de casa, não gostava de mim mesma. Depois do concurso é que pude perceber que meu caráter, meu valor, está na minha alma

Isso rendeu dinheiro?

Depende. Quando se faz algum, como vou dizer, evento, como lojas e catálogos de roupas. Acabei de receber um convite para um, inclusive, e vou fazer. Será em Goiânia. O Joana Fashion, de Água Boa, que está organizando.

Como você se via antes e como se vê depois da participação nesses concursos?

Antes dos concursos eu fazia tratamento psicológico por não me aceitar, pois havia engordado 30 kg na minha última gestação. Não saía de casa, não gostava de mim mesma. Depois do concurso em Rondonópolis, no qual fiquei em terceiro lugar, é que pude perceber que meu caráter, meu valor, está na minha alma, não no meu corpo.

Quando esse momento de fama acabar, não vai sentir falta e se sentir mal?

Não vou não, porque eu já coloquei em mim mesma que o que vale é o meu caráter. Assim, creio que não, porque os concursos serviram para me fazer perceber como há belezas diferentes; quando acabar isso, não vai me afetar em nada, vai me dar sim é muito mais vontade para continuar, com palestras e conversas com amigas e outras pessoas, por exemplo. Gosto de dizer que, no dia a dia, sou a professora Geiza, uma mulher simples, que brinca, anda descalça, descabelada. Quando vou participar de algum evento, me transformo na Miss das Américas Mato Grosso. Não importa o que você é no dia a dia, é uma questão de querer e dizer para si mesmo: eu posso ser o que eu quero.

Você sempre foi plus size? Teve alguma dificuldade na infância por causa disso?

Sempre. Sim, tive algumas, mas não foram muitas. A dificuldade maior foi na gestação, porque engordei muito. Tive dificuldades de saúde também, como uma bronquite asmática. Eu era uma plus size que não saía muito da norma, só depois que engravidei da minha menina é que virei mesmo plus size, cerca de cinco anos atrás. Mas tudo isso passou. Estou muito bem.

Divulgação

Geiza Schreiber plus size

Geiza Schreiber é professora e diz ser uma mulher simples, que brinca, anda descalça, descabelada. Quando vai participar de algum evento, se transforma em Miss 

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • picachu da guia | Quinta-Feira, 16 de Março de 2017, 18h58
    0
    0

    Eita trem bão sô, isto porque as mulheres foram feitas so com uma ripa de costela, imagina, parabéns, muito bonita, coisa fofa.

  • Bia | Quinta-Feira, 16 de Março de 2017, 18h22
    0
    0

    Parabéns linda amiga... Sucesso

  • REJANE | Quinta-Feira, 16 de Março de 2017, 14h45
    1
    0

    Geiza, parabéns por tão bem representar nosso município Aguá Boa. Sucesso a você na próxima etapa..

Deputado, Mesa da AL e incoerência

claudinei 400   Claudinei Lopes (foto), delegado de polícia que, na onda Bolsonaro, se elegeu deputado pelo PSL, em 2018, se mostra cada vez mais incoerente. É daqueles que gostam de levantar polêmicas e críticas, mas sem consistência. Ele se manifestou, por exemplo, contra a reeleição à Mesa...

Dilmar ensaia disputa para federal

dilmar dal bosco 400   Todos os deputados estaduais querem buscar a reeleição, com exceção de Dilmar Dal Bosco (foto), que está no terceiro mandato. Integrante da nova Mesa Diretora da Assembleia, como primeiro-vice-presidente, e líder do Governo Mauro, Dilmar não esconde o desejo de disputar cadeira...

Com Covid-19 e frequentando a AL

paulo araujo 400   O deputado Paulo Araújo (foto), do PP, está com reinfecção pelo Covid-19 e, mesmo assim, continua frequentando o prédio da Assembleia normalmente, como se não tivesse contaminado. Na primeira vez que foi infectado pelo vírus, também fez igual. Colegas parlamentares e...

2 abstenções e briga pela 4ª Secretaria

silvio favero 400   Dois deputados se abstiveram na eleição da Mesa Diretora da Assembleia desta terça cujo votação foi secreta. Nos bastidores, os comentários são de que as abstenções foram de Sílvio Fávero (foto), que se lançou à disputa e, sequer, teve...

Petista, incoerência e voto contrário

ludio cabral 400   O petista Lúdio Cabral (foto), daqueles parlamentares do morde e assopra, na tentativa de marcar posição, expõe cada vez mais suas incoerências em votação na Assembleia. Na sessão que antecedeu a eleição para a nova Mesa Diretora, provocada pela decisão...

Projeto sobre VI na Saúde está na AL

gilberto figueiredo 400 curtinha   Já está na Assembleia, para votação dos deputados, o projeto do governo que garante retomada do pagamento da verba indenizatória aos profissionais da Saúde que atuam na linha de frente do combate à Covid-19 nas unidades hospitalares, ambulatoriais e...