EMPRESAS PÚBLICAS

Abrigando aliados de Taques, Desenvolve MT pagou até R$ 43 mil a servidor - lista

Selo Estado e seus Servidores

 

A Desenvolve MT, antiga Agência de Fomento de Mato Grosso (MT Fomento), teve diversos secretários e aliados do ex-governador Pedro Taques (PSDB) nomeados em cargos dos conselhos de administração e fiscal com salários de até R$ 43 mil. A sociedade de economia mista está entre aquelas que o governador Mauro Mendes (DEM) pretende extinguir para cortar gastos do Executivo.

Na noite de ontem (24), a Assembleia Legislativa aprovou a reforma administrativa com emenda de lideranças partidárias que dá prazo de seis meses para que a Desenvolve MT apresente um plano de viabilidade financeira.

O pesquisou os salários dos quatro últimos meses de 2018 na Desenvolve MT que estão disponíveis no Portal Transparência. Entre os salários exclusivamente da Desenvolve MT, o maior valor foi despendido com então diretor-presidente da agência, José Adolpho. Em novembro, ele recebeu R$ 43,1 mil com a soma do salário de R$ 18,2 mil e mais R$ 24,9 mil a título de “outras vantagens”. Nos demais meses pesquisados, o ex-presidente recebeu remuneração de R$ 21,8 mil, incluindo R$ 3,5 mil de “outras vantagens”.

Entre setembro e dezembro, o atual secretário de Estado de Fazenda Rogério Gallo, que já estava no cargo, ficou alocado como conselheiro de administração com remuneração de R$ 3.102,65 – valor pago a todos os membros do conselho. Gallo é procurador do Estado com salário de R$ 33,6 mil e recebeu no período R$ 6,3 mil a título de comissão pelo cargo de secretário. No total, foram R$ 43,1 mil, sem descontos.

Gustavo Oliveira, que foi secretário de Fazenda entre dezembro de 2016 e dezembro de 2017, esteve no Conselho Administrativo da Desenvolve MT no período pesquisado com os mesmos R$ 3,1 mil de Gallo.

O ex-secretário de Estado de Planejamento Guilherme Muller também foi conselheiro de administração da agência entre setembro e dezembro. Além dos R$ 3,1 mil da Desenvolve MT, no período ele recebia R$ 18,2 mil pelo cargo na secretaria de Estado de Planejamento (Seplan).

Júlio Modesto chefiou a Secretaria de Estado de Gestão (Seges) de janeiro de 2015 a abril de 2018, quando foi nomeado secretário-chefe da Casa Civil. Ele deixou a pasta em meados de junho. Na Desenvolve MT, Modesto esteve como conselheiro de administração nos quatro meses pesquisados.

Outro aliado estratégico de Taques que ocupou cadeira no Conselho Administrativo da agência no período pesquisado foi José Arlindo de Oliveira. Ele ocupou interinamente a secretaria de Estado de Educação (Seduc), após a saída do ex-secretário Permínio Pinto em meio ao escândalo da Operação Rêmora, em maio de 2016. José Arlindo foi responsável por coordenar a Caravana da Transformação, carro chefe da administração Taques. Em 2018, ele ainda chefiou a Secretaria de Assuntos Estratégicos.

Conselho Fiscal

O Conselho Fiscal da agência também alocou outros aliados do tucano. Os assessores Everaldo Magalhães Andrade Júnior e Ana Rosa Fagundes, que acompanharam Taques desde sua passagem pelo Senado Federal, tiveram cadeiras no conselho entre setembro e novembro. No período do levantamento, Ana Rosa era servidora comissionada do Gabinete de Comunicação, com salário bruto de R$ 9,3 mil, além dos R$ 1,5 mil pago aos conselheiros fiscais da Desenvolve MT.

Marimax da Silva de Almeida, assessora de Taques que esteve lotada na Seduc, ocupou cadeira no Conselho Fiscal no mês de dezembro de 2018.

Rodinei Crescêncio/Arte/Rdnews

Quadro salarios Desenvolve MT

Quadro com maiores salários dos servidores que atuam exclusivamente na Desenvolve MT; recorte dos últimos 4 meses disponíveis no Portal Transparência

Maiores salários

Entre os demais servidores da agência, os maiores salários estão entre aqueles que ocupavam cargos de direção nos meses levantados. Anne Cristine Antunes Siqueira era responsável pela área de Desenvolvimento e Crédito, João Alexandre Gebara Júnior era diretor de Operações e Levi Salies Filho era Diretor de Finanças. Os três receberam um salário de R$ 14,6 mil no período.

Fora da direção, os maiores salários foram dispendidos aos assessores jurídicos da Desenvolve MT: R$ 9.218,71 mensais. Breno Mendes Taques, Natazia Alves Alencar, Rodrigo Silveira e Monica Furtado de Oliveira receberam o valor nos meses em que estiveram lotados na agência.

Agência de Fomento

No total, a folha salarial da Desenvolve MT teve um custo de R$ 627.744,5 em dezembro, de R$ 651.065,87 em novembro, de R$ 597.224,2 em outubro e R$ 597.083,71 em setembro.

 A agência foi fundada em 2006 para oferecer linhas de crédito para financiamento a diversos segmentos no Estado. Em nota divulgada à imprensa, a Desenvolve MT afirmou que não recebe recursos do Estado, nem para a folha de pagamento e nem para custeio de despesas. Os recursos da agência, diz a nota, são provenientes das operações de crédito e serviços financeiros ofertados.

Recursos vindos do Fundo Geral do Turismo (Fungetur) e do Fundo de Desenvolvimento Industrial e Comercial (Fundeic), entre outros fundos, são operacionalizados por meio da agência. Segundo a Desenvolve MT, a manutenção da agência pode trazer mais de R$ 30 milhões em investimentos ao Estado.

Empresário ensaia de novo em ROO

 luizao_curtinha400   Em Rondonópolis, o empresário Luiz Fernando de Carvalho, o Luizão, dono da Agro Ferragens Luizão, ensaia mais uma vez disputar a prefeitura. Como a sua pré-candidatura não é considerada novidade, ele é visto como uma espécie de "cavalo paraguaio", que tem arrancada...

2 governistas prontos para a briga

chico2000_curtinha400   O prefeito Emanuel tem 2 aliados de primeira hora na Câmara que não resistem a uma provocação. Tratam-se de Renivaldo Nascimento (PSDB) e Chico 2000 (foto), do PL. Sabendo do estopim curto, os vereadores de oposição, especialmente Diego e Abílio, não perdem a chance de...

Niuan agora sob rédeas do Podemos

niuan ribeiro curtinha 400   O vice-prefeito Niuan Ribeiro, agora no Podemos, se torna obrigado, conforme exigência estatutária, a contribuir com 5% dos R$ 15 mil que recebe mensalmente . Ou seja, vai ter que repassar R$ 750 para o seu novo partido. Considerado um partido com novas concepções, regras e exigências, o...

Efeito-senado e briga no ninho tucano

carlos-avalone_curtinha400   O deputado estadual Carlos Avalone não tem certeza de que o acordo pré-estabelecido para ele se tornar presidente do PSDB-MT, a partir de fevereiro, ou seja, daqui 5 meses, será cumprido. Pela costura entre a cúpula tucana, Paulo Borges renunciaria à presidência, abrindo assim...

Pivetta vai despachar em 2 gabinetes

otaviano pivetta 400 curtinha   O governador em exercício a partir desta quinta, empresário Otaviano Pivetta (foto), vai dividir o tempo no Palácio Paiaguás pelos próximos oito dias despachando em dois gabinetes. Ora sentará na cadeira do titular Mauro Mendes, que viajou numa comitiva para a Bolívia,...

Lei reconhece pacu como prato de VG

dilmar curtinha   O governador Mauro Mendes sancionou,  na última terça (17), a lei 10.944/2019, de autoria do deputado Dilmar Dal Bosco (foto), que reconhece o Pacu como prato típico da culinária de Várzea Grande. Antes mesmo de o parlamentar legislar sobre o tema, os várzea-grandenses já...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Mauro Mendes?

excelente

bom

regular

ruim

péssimo

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.