Estado e seus Servidores

Quarta-Feira, 23 de Janeiro de 2019, 12h:22 | Atualizado: 28/01/2019, 10h:50

DECRETO DE CALAMIDADE

Governo demite 390 comissionados, mas ainda está longe da meta de 3 mil cortes

Rodinei Crescêncio

Mauro Mendes

Pacotes de medidas é de Mauro Mendes

Desde o primeiro dia de gestão, o Governo Mauro Mendes (DEM) já exonerou 390 pessoas de cargos comissionados, sendo os que recebiam exclusivamente a comissão, contratados e servidores concursados que ocupavam cargos de chefia. Os dados foram divulgados pelo Executivo nesta quarta (22) e estão longe da meta estipulada no decreto anexo ao de calamidade financeira, que é de ao menos três mil cargos cortados até junho.

Segundo o Governo, os 390 são um saldo entre as exonerações e contratações realizadas, conforme dados do Diário Oficial, já que Mauro nomeou pessoas de sua confiança para ocuparem os lugares deixados pelos comissionados admitidos ainda na gestão Pedro Taques (PSDB).

O decreto de calamidade foi publicado no dia 17 de janeiro e tem como objetivo, de acordo com a atual administração, de promover o equilíbrio financeiro do estado. Somente os restos a pagar, por exemplo, dívidas com fornecedores do estado, somariam R$ 3,9 bilhões. As diretrizes dispostas no decreto prevêem a contenção de despesas na máquina pública e entre elas está o controle de gastos com pessoal.

Conforme o artigo 10 do documento, os órgãos e secretarias da administração pública devem adotar providências para controlar os custos com pessoal, como reduzir o número de cargos comissionados e contratos temporários. Além dos cargos em comissão, o Estado também está reduzindo o número de contratados.

Ainda no que diz respeito aos servidores públicos, no decreto de calamidade, o governador determinou o fim temporário de reestruturação de plano de cargos, carreiras e vencimentos; concessão de afastamentos; disponibilização de pessoal para outros Poderes; abertura de novos concursos públicos e concessão de licença-prêmio. Também não estão mais autorizadas contratações de cursos de capacitação, seminários e congressos e suspensos pagamentos de horas extras, exceto para as atividades na segurança pública e saúde.

Decreto de Calamidade

O decreto de calamidade financeira foi enviado para Assembleia e deve passar pela apreciação dos deputados para valer oficialmente. Tem validade de seis meses, isto é, até junho e pode ser prorrogado por igual período.(Com Assessoria)

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • Isa | Quinta-Feira, 24 de Janeiro de 2019, 10h23
    2
    0

    "Segundo o Governo, os 390 são um saldo entre as exonerações e contratações realizadas, conforme dados do Diário Oficial". Lê a matéria, gente, esses 390 são UM SALDO entre quem saiu e quem ele já colocou no lugar.

  • Rildo | Quinta-Feira, 24 de Janeiro de 2019, 09h19
    4
    0

    Balela, até agora, houve reposição de 80%% dos comissionados, dificilmente haverá corte do número anunciado pela equipe de MM. nesse governo há muita bravata.

  • Leandro | Quinta-Feira, 24 de Janeiro de 2019, 08h28
    5
    0

    RDnews faça um leve esforço ai, veja no diário oficial quantos até esse momento foram nomeados no lugar desses 390 exonerados. Acorda gente, o cara deve favor pra meio mundo.

  • Curioso | Quinta-Feira, 24 de Janeiro de 2019, 04h56
    8
    0

    A turma que está a anos fora da sala de aula na Seduc, nos Cefapros, e outras coisas mais, também vai participar das reformas ?

  • SERVIDOR CARREIRA | Quarta-Feira, 23 de Janeiro de 2019, 16h09
    10
    0

    demite 10 nomeia 200

  • ILDO PEREIRA | Quarta-Feira, 23 de Janeiro de 2019, 14h48
    6
    4

    Muita conversa e pouca atitude, ja deveria ter demitido esses funcionarios ate pra ver se e necessario todos estes contratados, tem muito funcionario publico que póde voltar a ativa, conheço um que fez uma cirurgia no joelho de ligamento cruzado que esta a mais de 6 meses de licença, a mesma cirurgia eu fiz e voltei a trabalhar com 5 dias, mas claro eu trabalho na iniciativa privada, essa e a diferença, deveria fazer um pente fino e fazer voltar a trabalhar um monte de gente que nao deveria estar de atestado medico.

  • joana | Quarta-Feira, 23 de Janeiro de 2019, 14h36
    8
    0

    exonerou 390 e nomeou qtos no lugar? faz esse balanço ai pra população ver. Entra governo sai governo e tdo continua...e a culpa é do servidor efetivo.

Matéria(s) relacionada(s):

Ulysses, ideologia e clima amistoso

Ulysses Moraes curtinha   Entre os 14 deputados novatos, Ulysses Moraes (foto), do DC, é quem assumiu cadeira na Assembleia fazendo o maior barulho. Polêmico líder do MBL em Mato Grosso, ganhou fama devido aos vídeos no Youtube, em que faz críticas ao petismo e a corrupção no Estado. Antes mesmo de...

Max ou Maluf será conselheiro do TCE

max russi curtinha   Até 5ª (21) a Assembleia deve aprovar tanto no colégio de líderes quanto em plenário o nome de Max (foto) ou de Maluf para o cargo vitalício do TCE. Curiosamente, os dois estão nivelados em termos de “problemas”. Maluf se tornou réu. Max responde também a...

Guiratinga dá R$ 900 pra paciente SUS

humberto domingues bolinha curtinha guiratinga   Em Guiratinga, o prefeito Humberto Domingues Ferreira, o Bolinha (foto), do PSDB, transformou em lei uma medida considerada rara no Estado, garantindo auxílio de R$ 900 reais a cada paciente do SUS que necessite se deslocar a outra cidade para fins de tratamento médico. Essa...

O retorno e como apresentador de TV

eder moraes curtinha   E ele ressurge depois de ir do céu ao inferno. Eder Moraes, que foi supersecretário dos governos Blairo e Silval, se envolveu em escândalos, ficou preso por alguns meses e carrega condenações, processos e ações sobre os ombros, volta ao noticiário, agora como apresentador...

Condenada por fraudes na equipe de JC

chica nunes curtinha   Jayme Campos (DEM), de volta à cadeira de senador para mais oito anos de mandato, emprega no gabinete não apenas Baiano Filho, que foi vereador por Sinop e deputado estadual. Na lista de 22 nomeados nos últimos 15 dias está outra pessoa que passou pelos mesmos cargos, a ex-deputada e...

Reação do agro por causa da taxação

mauro mendes curtinha   Em solo onde brotam culturas que sustentam Sorriso no ranking de capital nacional do agronegócio e dentro de um círculo tomado por um grupo de produtores rurais, o governador Mauro Mendes (foto), que teve a coragem de taxar o agronegócio, não poderia encontrar um ambiente favorável. Ali, ao...

Selma usa Dilma para ficar no Senado

selma arruda curtinha   Na tentativa de escapar de uma cassação pela Justiça Eleitoral, a senadora Selma Arruda (PSL) invocou, quem diria, a ex-presidente Dilma Rousseff (PT). Conhecida por bradar contra o Partido dos Trabalhadores, a senadora traz em suas alegações finais a decisão do TSE que inocentou a...

Deputado presta homenagem a pastor

thiago silva curtinha   Da tribuna da AL, em sessão na quinta, o deputado estreante Thiago Silva (foto) prestou homenagem ao pastor da Assembleia de Deus, Rubens Siro de Souza, que faz aniversário neste sábado (16). Membro da mesma Igreja, Thiago rasgou elogios a Rubens, vice-presidente da Convenção dos Ministros...

Janaina confirma bloco dos 10 na AL

A deputada Janaina Riva (MDB) confirma a construção de um bloco formado por 10 parlamentares. Ela pondera que Ullysses e Xuxu foram convidados, mas que não integram o grupo. Garante que a ideia é atuar na defesa dos direitos dos servidores e que, por enquanto, pautas como as eleições de 2022 ou a presidência da AL em 2020 ainda não são tema de discussão. Sobre o TCE, confirma que o bloco pretende votar unido em um candidato. A...

MAIS LIDAS