Executivo

Domingo, 08 de Setembro de 2019, 11h:52 | Atualizado: 09/09/2019, 08h:31

AÇÃO DA OPOSIÇÃO

A cassação anulada só reafirma minha confiança na Justiça, avalia prefeita de VG

Assessoria

Lucimar Campos

Prefeita Lucimar Campos (DEM) durante inauguração da Via 31 Esportiva, espaço para prática de esportes em VG

A prefeita de Várzea Grande Lucimar Campos (DEM) afirmou que a decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT) que anulou sua cassação por suposto  abuso de poder político e compra de votos reafirma sua confiança na Justiça. Declara ainda que a ação judicial foi movida por pessoas que “nunca fizeram nada pelo município”. A decisão unânime beneficiando a democrata foi proferida da sessão do Pleno do último dia 29 de agosto.

“Acredito que nossa administração está mostrando à Justiça e à população uma gestão de realizações. Várzea Grande hoje é uma cidade muito próspera”,  declarou Lucimar.

Lucimar, o vice-prefeito José Hazama (Avante) e o vereador Chico Curvo (PSD) foram cassados em 2017 em ação movida pelo candidato derrotado nas eleições de 2016,  Pery Taborelli (PSC), da coligação Mudança com Segurança. A decisão em primeiro grau foi do juiz Carlos José Rondon Luz, da 20ª Zona Eleitoral de Várzea Grande.

Segundo a denúncia do adversário, em 13 de setembro de 2016, Chico Curvo e o presidente do Departamento de Água e Esgoto (DAE) de VG, Eduardo Vizotto,  “protagonizaram o uso promocional do serviço de abastecimento de água e captação ilícita de sufrágio, em comunidade visivelmente carente”. O objetivo seria beneficiar a candidatura de Lucimar e Hazama.

Cerca de 50 pessoas estariam presentes na reunião em que foram oferecidos serviços como  abastecimento de água, perfuração de poço e envio de caminhão-pipa. A retribuição, supostamente,  seriam  votos a favor de Lucimar, José Hazama e Chico Curvo.

Entretanto, os juízes membros do TRE entenderam que apesar da “conduta reprovável” de Chico Curvo e Eduardo Vizotto, a compra de votos não ficou comprovada nos autos. O próprio Ministério Público emitiu parecer pela anulação da cassação. Votaram pela anulação, em diferentes sessões,  os juizes-membros Jackson Coutinho e Ricardo Almeida, e o desembargador Rui Ramos Ribeiro. Hoje, proferiram voto Antônio Veloso Peleja Júnior, Luís Aparecido Bertolucci Júnior e o presidente do Tribunal, desembargador Gilberto Giraldelli, todos pela anulação.

Outra cassação

Em 19 de junho de 2018, o TRE-MT anulou outra decisão do juiz Carlos José Rondon Luz cassando o mandato de Lucimar e Hazama. Prefeito e vice foram acusados de gastar R$ 1,2 milhão com publicidade no primeiro semestre de 2016, extrapolando em 584,73% o que era permitido para aqueles seis meses, tendo em vista que era ano de eleição. A legislação veda a realização de despesas com publicidade dos órgãos públicos que excedam a média dos gastos do primeiro semestre dos três últimos anos que antecedem o pleito.

Quanto a esta decisão, ainda há um recurso para ser analisado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Em junho, o Ministério Público Federal (MPF) emitiu parecer pela cassação dos mandatos.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Rico | Domingo, 08 de Setembro de 2019, 19h25
    1
    1

    Prefeita chega de asfalto massa de pastel VG não tem Água

Matéria(s) relacionada(s):

De fora da disputa em Rondonópolis

percival muniz 400   O pecuarista Percival Muniz (foto), hoje "mergulhado" nas duas fazendas na região do Xingu, adianta que não será candidato a prefeito de Rondonópolis, posto já ocupado por ele por três vezes. Mesmo com recall junto à população de bom gestor e popular, ele é...

Conselheira e o faturamento familiar

jaqueline jacobsen curtinha 400   Está repercutindo muito mal para a conselheira substituta do TCE-MT Jaqueline Jacobsen (foto) a notícia publicada pelo site O Livre, nesta sexta, de que a sua irmã, advogada Camila Jacobsen, em sociedade com Eveline Guerra, filha da conselheira, são sócias da "Jacobsen &...

Selma vê maior conforto no Podemos

selma curtinha 400   No grupo de WhatsApp "PSL Mulher MT", Selma Arruda (foto) escreveu um texto de despedida do partido. Disse estar chateada "com tudo isso", mas que não perdeu a fé e que o Governo Bolsonaro vai dar certo. Afirma sair do PSL com "coração partido" e que continua com os mesmos ideais no Podemos, onde...

Podemos esperando Selma se salvar

alvarodias_curtinhas   Na busca para ampliar a bancada do Podemos no Senado, o senador Alvaro Dias, derrotado à presidência no ano passado, só correu atrás de Selma, no sentido de convencê-la a se filiar no partido, depois que foi informado que ela tem chances reais de derrubar no TSE a cassação por...

Fávaro e esperança em assumir vaga

carlosfavaro_curtinha   O representante do escritório de MT em Brasília Carlos Fávaro (PSD) está convicto de que a senadora Selma não só será cassada de vez pelo TSE nos próximos meses, como a decisão da Corte lhe permitirá assumir a vaga enquanto não for eleito um novo...

Maturidade e nova visão sobre o TCE

janaina_riva_curtinha   No segundo mandato e sentindo-se mais madura politicamente, apesar de ainda bem jovem – completou 30 anos em 21 de janeiro – a deputada Janaína Riva revela que pensa diferente sobre a indicação de políticos ao cargo de conselheiro do TCE. Ao autorizar os colegas a derrubar a...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Mauro Mendes?

excelente

bom

regular

ruim

péssimo

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.