Executivo

Sexta-Feira, 13 de Setembro de 2019, 14h:40 | Atualizado: 13/09/2019, 17h:38

ENCONTRO EM BRASÍLIA

A embaixadores europeus, Mauro defende desburocratização do Fundo Amazônia

O governador Mauro Mendes (DEM) deixou a reunião conjunta dos governadores da Amazônia Legal com os embaixadores da Alemanha, Noruega e Reino Unido otimista quanto a manutenção e fortalecimento do Fundo Amazônia. Para isso, defendeu que a aplicação dos recursos doados pelos países europeus para contribuir com a preservação ambiental seja desburocratizada.

Alex Nunes

Mauro Mendes

Mauro Mendes ao lado do governador Antônio Góes, do Amapá, durante reunião com embaixadores da Alemanha, Noruega e Reino Unido, nesta 6ª

A primeira reunião do dia foi com os embaixadores da Noruega (Nils Martin Gunneng), Reino Unido (Vijay Rangarajan) e Alemanha (Georg Witschel). Ainda nesta tarde, Mauro e os demais governadores da Amazônia Legal se reunirão com o embaixador da França (Michel Miraillet).

“O mundo tem interesse que nós façamos preservação e nós temos interesse que o mundo colabore com a Amazônia para que isso aconteça. Além de preservar, nós queremos construir alternativas de desenvolvimento econômico para toda nossa população”, defendeu Mauro após o encontro realizado em Brasília, na manhã desta sexta (13).

O debate sobre o Fundo Amazônia ganhou força porque no inicio de agosto a Alemanha anunciou a suspensão do financiamento de R$ 155 milhões para projetos de preservação da floresta amazônica, não apenas do Fundo Amazônia, onde o país tinha uma participação menor. Alegou uma “grande preocupação com o aumento do desmatamento”.

Ainda no mês passado, a Noruega, maior financiadora do Fundo Amazônia, anunciou a suspensão do repasse do equivalente a R$ 133 milhões, por discordar das mudanças feitas pelo Governo Bolsonaro nos comitês de gestão do fundo.

Em ambos os casos, o presidente da República Jairo Bolsonaro (PSL) reagiu mal aos anúncios. Para a Alemanha, disse que a chanceler do país, Angela Merkel, deveria usar os recursos para reflorestar seu país. Aos noruegueses, disse que um país que mata baleias e explora petróleo no mar do Norte não poderia dar lições aos brasileiros e divulgou um vídeo nas redes sociais atribuindo ao país uma matança do mamífero aquático promovida pela Dinamarca.

Ao defender a manutenção do Fundo Amazônia,  Mauro lembrou que a criação de um novo fundo com os estados da Amazônia Legal, como chegou a ser cogitado, seria um mecanismo longo e complexo. Entretanto, reafirmou que os recursos devem chegar às populações que vivem nas áreas que precisam ser preservadas.

Eu senti dos embaixadores muita disposição em manter o dialogo com o Governo Federal e com todos nós aqui dentro desse objetivo da preservação ambiental mundial e não só no nosso país

Mauro Mendes

“Como já existe o Fundo Amazônia, é importante reconhecer que seria muito mais rápido se colocar dinheiro nele para que chegue até os estados brasileiros e as realidades das pessoas que vivem na Amazônia. Agora, a maior lição de casa é fazer o Fundo Amazônia funcionar e o dinheiro chegar e produzir efetivamente o resultado para o qual foi concebido”, completou o governador.  

Mauro também defendeu o fim da burocracia para aplicação dos recursos do Fundo Amazônia. Além disso, saiu otimista quanto o restabelecimento da boa relação entre o Governo Federal e os países europeus. “Acabar um pouco com a burocracia tão comum da realidade brasileira. A burocracia existe neste país não só no Fundo Amazônia, tantos outros fundos, tantos outros mecanismos precisam ser descontaminados dessa burocracia tão peculiar do nosso país”.  

“Eu senti dos embaixadores muita disposição em manter o dialogo com o Governo Federal e com todos nós aqui dentro desse objetivo da preservação ambiental mundial e não só no nosso país. Nós temos que fazer da preservação ambiental levando sempre em consideração a contribuição que o nosso país tem que dar ao planeta, mas que todos os países precisam dar. E nessa linha, o diálogo parece que está sendo retomado a bem desse interesse comum”, concluiu.  

O embaixador da Noruega se pronunciou representado os diplomatas presentes na reunião. "Nós não queremos apenas preservar, mas também precisamos desenvolver a região. Temos muitos investimentos aqui. Queremos saber como podemos ajudar nesse desafio de preservar o meio ambiente, pois o Brasil é um parceiro chave", disse Nils Gumeng .

Além de Mauro, participaram da reunião representantes dos governos do Amazonas, Amapá, Roraima, Pará, Rondônia, Acre, Maranhão e Tocantins.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

De fora da disputa em Rondonópolis

percival muniz 400   O pecuarista Percival Muniz (foto), hoje "mergulhado" nas duas fazendas na região do Xingu, adianta que não será candidato a prefeito de Rondonópolis, posto já ocupado por ele por três vezes. Mesmo com recall junto à população de bom gestor e popular, ele é...

Conselheira e o faturamento familiar

jaqueline jacobsen curtinha 400   Está repercutindo muito mal para a conselheira substituta do TCE-MT Jaqueline Jacobsen (foto) a notícia publicada pelo site O Livre, nesta sexta, de que a sua irmã, advogada Camila Jacobsen, em sociedade com Eveline Guerra, filha da conselheira, são sócias da "Jacobsen &...

Selma vê maior conforto no Podemos

selma curtinha 400   No grupo de WhatsApp "PSL Mulher MT", Selma Arruda (foto) escreveu um texto de despedida do partido. Disse estar chateada "com tudo isso", mas que não perdeu a fé e que o Governo Bolsonaro vai dar certo. Afirma sair do PSL com "coração partido" e que continua com os mesmos ideais no Podemos, onde...

Podemos esperando Selma se salvar

alvarodias_curtinhas   Na busca para ampliar a bancada do Podemos no Senado, o senador Alvaro Dias, derrotado à presidência no ano passado, só correu atrás de Selma, no sentido de convencê-la a se filiar no partido, depois que foi informado que ela tem chances reais de derrubar no TSE a cassação por...

Fávaro e esperança em assumir vaga

carlosfavaro_curtinha   O representante do escritório de MT em Brasília Carlos Fávaro (PSD) está convicto de que a senadora Selma não só será cassada de vez pelo TSE nos próximos meses, como a decisão da Corte lhe permitirá assumir a vaga enquanto não for eleito um novo...

Maturidade e nova visão sobre o TCE

janaina_riva_curtinha   No segundo mandato e sentindo-se mais madura politicamente, apesar de ainda bem jovem – completou 30 anos em 21 de janeiro – a deputada Janaína Riva revela que pensa diferente sobre a indicação de políticos ao cargo de conselheiro do TCE. Ao autorizar os colegas a derrubar a...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Mauro Mendes?

excelente

bom

regular

ruim

péssimo

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.