Executivo

Sábado, 13 de Novembro de 2010, 07h:33 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:28

Unemat

Adriano quer ampliar orçamento

Reitor quer ampliar orçamento e vai realizar concurso

   O reitor da Unemat, Adriano Silva, pretende realizar 2 concursos públicos para contratar novos servidores em 2011. Para aumentar o quadro de profissionais, ele pleiteia um aumento no orçamento da universidade, que vem há quase 4 anos, fechando no vermelho, devido ao fato de destinar praticamente todo o recurso com a folha de pagamento.

   Os concursos se destinariam, principalmente, a aumentar o quadro de funcionários administrativos. Atualmente, a instituição conta com 400 servidores no setor administrativo dos 11 campi da instituição e cerca de 1 mil professores. “Está muito difícil administrar a Unemat nestas condições”, reclama Adriano.

   De acordo com o reitor, o ideal é contar com uma proporção de dois servidores para cada docente, o que indica a necessidade da abertura de, pelo menos, 1,6 mil vagas.

   Com a ampliação do número de servidores, o reitor prevê que no próximo ano essa despesa chegue a R$ 123 milhões. Neste ano o orçamento da Unemat é de R$ 105 milhões, quantia total da folha de pagamento do período, por isso, teve de ser ampliado para R$ 125 milhões para liquidar o déficit.

   Visando solucionar essa questão, Adriano tenta conseguir junto ao governador reeleito Silval Barbosa (PMDB), que o orçamento da Unemat alcance a casa dos R$ 170 milhões. Desde todo ele acreditaque será possível arcar com a folha de pagamento, custeios e até há a possibilidade de novos investimentos.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Marcos | Quarta-Feira, 17 de Novembro de 2010, 15h59
    0
    0

    Se Taisir virou o que virou.. imaginem esse aí!!! meus pêsames Unemat

  • Gonçalo Deluque | Sábado, 13 de Novembro de 2010, 19h19
    0
    0

    Tomou Adriano. Achou que seria fácil adinistrar com 2,5% né. Levou um capote dos grandes eim? Sabe quando que vai aumentar o orçamento? Quando chegar aqueles recurso perdido na campanha de 2000. Tá ligado?

  • rosa palmeron | Sábado, 13 de Novembro de 2010, 17h47
    0
    0

    Eu estava evitando fazer comentários a respeito da administração desse senhor, mas não dá para aguentar. Preciso dizer que Adriano na Reitoria é a pá de cal que a Unemat recebeu.

  • luiz | Sábado, 13 de Novembro de 2010, 16h52
    0
    0

    A Unemat de Tangará esta uma desordem, o descaso que é esta instituição. Esta uma vergonha!!!

  • Luis Carlos Fonseca | Sábado, 13 de Novembro de 2010, 13h05
    0
    0

    Administrar com recursos fácil é moleza pra quem não tem capacidade administrativa de organizar uma instituição como a Unemat. É só pedir dinheiro que as coisas se resolvam. Veja essa questão do novo reitor: ele diz que "hoje os recursos só dá para pagar a folha de servidores e ao mesmo tempo quer aumentar quato vezes o número de servidores administrativos". Oras, senhor reitor... seja diferente... seja criativo... seja ousado... MUDE A CARA DESSA UNEMAT QUE ESTÁ SUJA COM TANTOS CASOS DE CORRUPÇÃO... MUDE TAMBÉM A SUA PRÓPRIA CARA REITOR...

Pode abandona Raye e pune Saggin

sandro saggin curtinha 400   Sandro Saggin (foto) amargou outra derrota em Barra do Garças. Inicialmente, seria candidato a prefeito pelo Podemos. Mas resolveu, por conta própria, levar o partido para uma coligação com partidos de esquerda que lançaram o ex-prefeito Paulo Raye, apoiado pelo PC do B, PT e Pros. A...

Ex-vereador recua para apoiar primo

divino 400 barra do bugres   Ex-vereador, ex-presidente da Câmara e empresário bem sucedido, Chico Guarnieri (PTB) não será candidato a prefeito de Barra do Bugres nas eleições deste ano. Guarnieri, que disputou a prefeitura em 2016, até ensaiou, mas recuou ao ver que o primo, pedetista Doutor Divino...

3 ex-prefeitos viram cabos eleitorais

percival muniz 400 curtinha   Dois candidatos de oposição em Rondonópolis têm ex-prefeitos como principais cabos eleitorais. O empresário Luiz Fernando, o Luizão (Republicanos), conta com apoio de Adilton Sachetti, que já comandou o município e perdeu na tentativa de reeleição, e...

3 candidatos competitivos em Sinop

roberto dorner 400   Apesar da "inflação" de candidatos a prefeito de Sinop, com cinco no páreo, a disputa tende a se acirrar mesmo entre o empresário Roberto Dorner (foto), do Republicanos e apoiado pela prefeita Rosana Martinelli (PL), o ex-prefeito e deputado Juarez Costa, que atraiu 10 partidos para o palanque, e o...

Ex-prefeito no páreo em Alta Floresta

robson silva 400 curtinha   Alta Floresta, uma das cidades pólos do Nortão, tem sete candidatos a prefeito. Um deles é Robson Silva (foto), empresário, ex-prefeito entre 93 e 96 e que concorre pelo MDB, mesmo partido do prefeito Asiel Bezerra, que está encerrando o segundo mandato e se tornou um dos principais...

Vice sinopense quer retornar à Câmara

gilson de oliveira 400 curtinha   O vice-prefeito de Sinop e apresentador de TV, Gilson de Oliveira (foto), resolveu concorrer a vereador, cadeira já ocupada por ele por dois mandatos, o primeiro pelo PSDB, entre 2005 e 2008, e, depois, pelo PSD (2009/2012). Foi candidato a deputado estadual duas vezes (2006 e 2010) e, como suplente da...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.