Executivo

Terça-Feira, 23 de Novembro de 2010, 11h:41 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:20

SANECAP

Advogado substitui Cilbene e assume diretoria administrativa

    Érick Leite Ferreira é o novo diretor administrativo da Sanecap e já foi empossado numa solenidade que contou com a presença do conselho de administração e da atual diretoria. Com a nomeação dele, que substitui Cilbene Cristina Santos Rocha de Oliveira, o presidente da companhia Antônio Ventura encerra o ciclo de “oxigenação” na diretoria. Recentemente, ele também trocou o diretor técnico Álvaro Luiz Gonçalves por Jacírio Roque e o comercial Dejair Soares por Everson Serra.

   A reestruturação foi necessária porque, recentemente, a Sanecap passou a ser alvo de dezenas de denúncias envolvendo até o pagamento de propinas a funcionários responsáveis pelo corte de água nas residências. Diante dos fatos, 75 pessoas foram demitidas e Ventura se comprometeu a promover uma série de ações para resolver os problemas detectados pela comissão processante da Câmara. A promessa conteve um movimento no Legislativo que pretendia instaurar uma CPI para investigar a existência de uma suposta máfia da seca. Assim, a nova diretoria, juntamente com Ventura tem a missão de resolver diversos problemas, que têm desgastado a imagem da Sanecap.

Veja aqui porque a CPI da Sanecap não foi criada

   Érick, que foi o último a ser empossado, é advogado e servidor concursado da companhia, tendo atuado como gerente de atendimento ao público e como coordenador jurídico. Além das alterações na diretoria, a Sanecap começa a adotar algumas medidas necessárias para dar maior transparência aos trabalhos. Nesta semana, por exemplo, por meio de resolução, foi disciplinado o estacionamento de veículos no pátio da companhia, além dos servidores serem obrigados a utilizar vestimentas adequadas para uma prática segura no desenvolvimento dos trabalhos. Conforme o Érick Leite, a empresa poderá regulamentar o traje adequado ao bom andamento dos serviços e ao funcionamento da empresa, para que o empregado use roupas que estejam de acordo com os usos e bons costumes e segurança no trabalho.

   Apesar do relatório final da comissão processante ter apontado a existência de uma série de irregularidades na Sanecap, os vereadores da Capital decidiram não criar, ao menos por enquanto, a CPI da "máfia da seca". O documento final relativo foi lido na sessão desta quinta (18) pelo relator da comissão Antônio Fernandes (PSDB), que juntamente com Chico 2000 votaram pela não instauração da CPI e delimitaram um prazo de 90 dias para que a companhia de saneamento tome algumas providências necessárias para regularizar a situação.

Postar um novo comentário

Comentários (11)

  • marcelo franco | Sexta-Feira, 25 de Março de 2011, 11h45
    0
    0

    marcelo franco, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Maria F. | Sexta-Feira, 17 de Dezembro de 2010, 20h01
    0
    0

    Parabéns Erick, você está conseguindo o que sempre almejou. Desejo tudo de bom e que você saiba fazer dessa oportunidade a diferença do que tem ocorrido nesse mundo de tantas injustiças. Seja coerente e humilde em suas decisões, saiba ver no outro o caminho correto a ser seguido. E se tudo de ruim que disseram de você for verdade, saiba voltar e refazer tudo da melhor maneira. Boa sorte nesse caminho que você escolheu.

  • Luiz Antonio | Sexta-Feira, 26 de Novembro de 2010, 10h22
    0
    0

    Parabéns Erik, sabemos de sua idoneidade, dos seus princípios éticos, já estava na hora da Diretoria contar com homens de bens, a hora é esta, faça a diferença, tenho muito fé no trabalho que vai desenvolver. Seja justo com todos e procure dar o melhor de si em tudo que fizer. Que Deus o ilumine.

  • maria | Quarta-Feira, 24 de Novembro de 2010, 09h06
    0
    0

    para saber quem é erik, somente quem já trabalhou com ele, pessoa mal, não tem coraçao principalmente com cliente da sanecap e colega de serviço,só elogia ele, quem nunca trabalhou com ele.

  • Jeferson Almeida | Terça-Feira, 23 de Novembro de 2010, 22h12
    0
    0

    Depois que o Erick 'recebeu' o cargo de gerente comercial, foi gerado mais de 3.000 processos judiciais contra a Sanecap. Por tratar os clientes e funcionários com a maior falta de respeito. Isso é uma vergonha, ele vai acabar com o 'pouco' da Sanecap. Infelizmente essa tal 'politicagem' acaba com os nossos sistemas.

  • Julio Junior | Terça-Feira, 23 de Novembro de 2010, 16h53
    0
    0

    O Erick Leite é uma pessoa idonea, dotado de pricipios morais desde sua juventude, conheço-o há mais de 15 anos e há muito tempo ele já trabalha na Sanecap; digo com certeza hialina que já estava na hora dele assumir função como tal na Sanecap. Parabéns meu amigo e irmão TFA.

  • Jossy Soares | Terça-Feira, 23 de Novembro de 2010, 15h19
    0
    0

    Parbéns Érick. Voce merece por sua competência e idoneidade. Jossy

  • valmir molina | Terça-Feira, 23 de Novembro de 2010, 14h36
    0
    0

    Parabéns Érik pela nova função,sucesso e boa sorte.

  • gloria almeida | Terça-Feira, 23 de Novembro de 2010, 14h10
    0
    0

    Concordo plenamente com Dr.Luiz Alberto,em relação ao Alvaro pessoa honesta e competente e Dr.Frederico Campos tbém exemplo de moralidade, e tem mais esse Erickl é pau mandado da Cilbene Lobão..aí tem

  • Milton Ribeiro | Terça-Feira, 23 de Novembro de 2010, 13h34
    0
    0

    Parabens ao Prefeito pela excelente escolha. o Dr. Erick é um profissional sério, como tantos outros que estão no Departamento Juridico. Dr. Erick é competente, honesto, justo, excelente profissional. Ele consegue defender os interesses da Empresa com voracidade, porem sem ser desonesto com o consumidor, atende a todos com igualdade, com muita educação. Parabens!

PTB tem 25 e deve eleger 2 à Câmara

misael galvao 400 curtinha   O PTB lançou 25 nomes a vereador em Cuiabá. E a tendência é de eleger entre um e dois. As maiores apostas são os seus próprios vereadores: Misael Galvão (foto) e Adevair Cabral, respectivamente, presidente e primeiro-secretário da Mesa Diretora da Câmara....

Retorno à Câmara após 6 mandatos

fulo 400 curtinha   Figura bastante popular, especialmente na região da Vila Operária, Lourisvaldo Manoel de Oliveira, o Fulô (MDB), que foi vereador de Rondonópolis por seis mandatos, está de volta. Hoje suplente, ele assume provisoriamente nesta segunda a cadeira do titular Thiago Muniz, que pediu licença...

Bolsonaro nem aí para políticos de MT

nelson barbudo 400 curtinha   O cerimonial da Presidência da República deu de ombros para os políticos, inclusive para a bancada federal mato-grossense, na visita de Bolsonaro, sexta, em Sinop e Sorriso. Alguns tentaram, de forma insistente, tirar foto com o presidente. E até conseguiram. Mas o capitão preferiu...

Tião com Flávio e "pau" nos Campos

tiao da zaeli 400 curtinha   A maior bronca dos Campos em Várzea Grande hoje é com o ex-prefeito Tião da Zaeli (foto), que motivou o amigo e empresário Flávio Vargas, dono do frigorífico Frical, a entrar na disputa à sucessão municipal. E Flávio conseguiu construir um amplo arco de...

A única dos maiores fora da reeleição

rosana martinelli 400 curtinha   Seis dos 10 prefeitos dos maiores municípios de MT poderiam disputar a reeleição neste ano por estarem no primeiro mandato ou já tendo exercido outros não consecutivos. E, destes, somente Rosana Martinelli (foto), de Sinop, não se recandidatou. Percebeu dificuldades...

Poconé tem 4 no páreo; Euclides dança

euclides santos 400 curtinha   Em Poconé, o ex-prefeito Euclides Santos (foto) nadou e morreu na praia. Numa queda de braço dentro do PSDB, Euclides, que havia se mudado para Cuiabá e tem o filho na disputa para vereador, perdeu espaço e autonomia para a ex-prefeita Meire Adauto, presidente municipal da legenda tucana e...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você está animado para votar nas eleições de novembro?

sim

não

nem sei!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.