Executivo

Quinta-Feira, 14 de Janeiro de 2010, 17h:09 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

Rumo a Copa do Mundo

Agecopa escolhe proposta para demolição do Verdão na 4ª

Adilton Sachetti   A demolição do estádio Governador José Fragelli, o Verdão, ainda vai demorar alguns meses para acontecer. Na próxima quarta (20) acontece a abertura dos envelopes com as propostas das empresas que vão realizar o trabalho. O presidente da Agecopa, Adilton Sachetti, disse que a vencedora fará uma análise de como o trabalho será feito quanto a parte do material seja reaproveitado, conforme prevê a legislação ambiental para reutilização dos resíduos da construção civil.

   No cronograma de trabalho da Agecopa também segue a elaboração de projetos para o início das principais obras a serem feitas para o Mundial que acontece daqui a cinco anos. A maior delas, de acordo com o presidente, é a MT-Leste Oeste, que vai ligar o aeroporto internacional Marechal Rondon, em Várzea Grande, até a avenida do CPA, em Cuiabá. A segunda grande obra será um corredor exclusivo para ônibus que vai do Coxipó ao centro. A avenida Fernando Côrrea da Costa também está na lista das prioridades, com a abertura de mais uma via, que vai se somar as outras duas já existentes, para fazer a ligação do Trevo do Lagarto até a Miguel Sutil.

   Sachetti disse que a Agecopa tem até junho para formalizar esses projetos. Ele adianta que as intervenções vão demorar muito tempo ainda a serem concluídas porque são ações complexas. Mas, segundo o presidente da autarquia, até o fim de 2010 a Capital será um canteiro de obras da Copa. “No momento, há uma empresa especializada elaborando o plano de mobilidade. Após a liberação dos recursos do PAC da Mobilidade, que ficaram em R$ 460 milhões para Cuiabá, ainda vai levar entre seis e nove meses para dar início aos trabalhos", garante.

Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • CLEBER OURIVES FIGUEIREDO | Quarta-Feira, 20 de Janeiro de 2010, 10h03
    0
    0

    Quero lembrar ao Adilton , que o plano de reaproveitamento de materiais resistentes e servíveis ao Dutrinha, bem como as Escolas Públicas, e outros órgãos do Governo, deve ser feito pela equipe de governo, através de edital a ser lançado , pois os concorrentes devem obedecer tal decisão, e não esperar plano de trabalho de reutilização dos concorrentes, pois a estes cabe o novo plano de construção do NOVO VERDÃO, de acordo com as normas da Copa 2014. Eis a minha opinião técnica...

  • Eduarda Mello | Segunda-Feira, 18 de Janeiro de 2010, 08h42
    0
    0

    Hoje o que se discute é a sustentabilidade do nosso planeta, diminuindo o desgaste ao meio ambiente. Então, vocês já pararam pra pensar quantas toneladas de cimento serão jogadas fora com a demolição do Verdão? E ainda, nos tempos atuais as construções são muito mais frágeis. Por que não pegam a experiência do Rio de Janeiro que está ampliando tudo em torno do próprio Maracanã. Acredito que o "custo-benefício", tanto em termos ambientais como econômicos, seria muito maior do que demolindo o VERDÃO. Cada dia que passa chego mais ainda a conclusão de que não temos POLÍTICOS SÉRIOS neste país, pois estão jogando fora com essas toneladas de cimento o nosso dinheiro, pagos com impostos suados. Por isso que a fome dos Governos em aumentar a carga tributária de impostos não para. Hoje a nossa carga tributária gira em torno de 36% e a tendência, se continuar com esses gastos exorbitantes, é aumentar ainda mais. PIOR AINDA, VÃO ACABAR MAIS RÁPIDO COM O MEIO AMBIENTE.

  • Beto Vilela | Sexta-Feira, 15 de Janeiro de 2010, 10h54
    0
    0

    Esta ai uma pessoa que só perdeu a eleição em Rondonópolis por não saber ser político ou seja,não soube prometer o impossível e mentir aos eleitores como o atual prefeito fez. Até hoje o Zé esta só na promessa, prometo isso, prometo aquilo e nossa cidade esta um caos. Sem 3º Turno na Saúde, sem Passe Livre para todos os Estudantes, Fornecedores sem receber, funcionários contratos sem receber seus vencimentos, a nossa Coder entregue ao José Riva, sem água e ainda para completar esta apoiando um candidato de outro partido W.S.(PSDB) e ainda reclama que não recebe ajuda do Governador. Parabéns Sacheti, pelo que foi e pelo que ainda será a frente da AGECOPA.

  • Junior | Sexta-Feira, 15 de Janeiro de 2010, 09h11
    0
    0

    Bom...o grande Adilton não consegui terminar nem a obra pequena do CEADAS de Rondonópolis, que era pra ser entregue em Dez/2008 na sua gestão, talvez porque já tivesse perdido nas urnas dai entao digamos "to nem ai, to nem ai" como toca a musica...Adilton Sacheti obrigado pela forma que nos tratou...ainda bem que vimos a tempo sua qualidade como politico, ou melhor falta de qualidade...

  • Enio Marcelo Castilho | Sexta-Feira, 15 de Janeiro de 2010, 09h04
    0
    0

    Com a demora no início das obras de demolição do VERDÃO, diga-se de passagem uma besteira, pois a nova arena deveria ser construída em outro lugar e o VERDÃO continuar atendendo ao nosso futebol, os clubes da capital, deverão mandar seus jogos bem longe dos torcedores. O problema é que este povo da AGECOPA não sabe nem a cor da camisa do MIXTO, imagina se eles iriam se preocupar com o nosso futebol. Uma lástima....

  • edson | Sexta-Feira, 15 de Janeiro de 2010, 08h40
    0
    0

    Acho que tem um erro na digitação desta materia, como pode a avenida Fernando Correa ligar do Trevo do Largarto até a Miguel Sutil, nao seria Rodovia MArio Andreaza?

  • Edu | Sexta-Feira, 15 de Janeiro de 2010, 02h42
    0
    0

    Como turismologo e profissional atuante na area, espero de coracao que as escolhas 'tecnicas' sejam realmente de acordo com o perfil buscado, pois e uma chance de ouro que ganhamos e acredito em criterios justos para escolha das pessoas que irao trabalhar em prol da Copa 2014!

  • Camargo | Quinta-Feira, 14 de Janeiro de 2010, 21h53
    0
    0

    È.............esta feliz não é............a teta de Rondonopolis secou...........rsssssss Desfrute bem;;;;;;;;;rssss pois a o tio Maggi tb logo secará........kkkkkkkkkk

  • roni | Quinta-Feira, 14 de Janeiro de 2010, 18h06
    0
    0

    roni, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

IFMT e jogos de azar em campeonato

ivo da silva 400 curtinha   O professor Ivo da Silva (foto), que integra a Diretoria de Ensino do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de MT (IFMT), com sede em Cuiabá, apresentou um requerimento ao reitor Willian de Paula, solicitando que sejam suspensas todas as modalidades esportivas correlatas ao...

5 empresas de ônibus estão na disputa

Cinco empresas concorrem à milionária licitação do transporte coletivo de Cuiabá, que será feita em três etapas. Entregaram a documentação nesta sexta à Comissão de Licitação. São elas:  Integração Transporte LTDA; Caribus Transportes e Serviços LTDA; Rápido Cuiabá Transporte Urbano LTDA; Viação Paraense LTDA e Pantanal Transporte...

Nildo deixa Gefron e assume Cáceres

 Jos� Nildo Silva   O coronel José Nildo Silva (foto) deixa o comando do Gefron, responsável pelas ações de combate aos crimes na fronteira, especialmente tráfico de drogas, para assumir o 6º Comando Regional de Cáceres. Antes, Nildo também liderou o Bope, tropa de elite da...

Vereador ganha mais que o prefeito

emanuel pinheiro 400 curtinha   Vereadores estão sendo pressionados por sindicatos de servidores da Capital para levar a Câmara Municipal a elaborar e aprovar uma lei, aumentando o salário do prefeito Emanuel (foto) para, a partir dessa elevação do teto, beneficiar também diversas categorias. Nessa...

MT cria delegacia contra à corrupção

O governador Mauro Mendes (DEM), atendendo exigência do ministério da Justiça e Segurança Pública, sob Sérgio Moro, determinou a criação da Delegacia Especializada de Combate à Corrupção (DECCOR). A medida visa ter acesso aos recursos do Fundo Nacional de Segurança Pública. No decreto, fica estabelecido que a DECCOR será conduzida por um delegado da classe especial e que será subordinada...

Vereador terá de devolver R$ 106 mil

justino malheiros 400 curtinha   Justino Malheiros (foto), que está licenciado da Câmara de Cuiabá para tratamento de saúde, terá de restituir R$ 106,6 mil aos cofres públicos juntamente com a empresa Votech Tecnologia em Votação Eireli. E o valor deve ser corrigido monetariamente pelo IPCA...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O que você acha das denúncias, principalmente sobre pagamento de propina, feitas pelo ex-presidente da AL José Riva, que tenta fechar delação?

São verdadeiras

Nem tudo é verdade

Acho que ele está mentindo

Não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.