Executivo

Terça-Feira, 22 de Outubro de 2019, 16h:04 | Atualizado: 22/10/2019, 16h:10

DEBATE NO SUPREMO

AMM representa municípios em ação que debate demarcação da divisa com o PA

Marcos Vergueiro

Mauro Mendes divisa de MT e Para

Mauro recebe Valdir Barranco, Wellington Fagundes, Neurilan Fraga e representantes de municípios no Paiaguás

A AMM, que reúne mais de 120 dos 141 municípios de Mato Grosso, está representando as prefeituras de Alta Floresta, Novo Mundo, Matupá, Peixoto de Azevedo, Santa Cruz do Xingu, Vila Rica e Santa Terezinha na ação em trâmite no Supremo Tribunal Federal (STF), que visa o reconhecimento do Salto das Sete Quedas como ponto de divisa com o estado do Pará. Caso seja julgada procedente, a ação pode acrescentar 2,2 milhões de hectares a Mato Grosso, impactando diretamente no território de nove municípios.

A Coordenação Jurídica da AMM já  protocolou no STF um pedido de habilitação dos  municípios no processo. O assunto foi pauta da reunião realizada nesta segunda  (22) com a presença do presidente da AMM Neurilan Fraga (PSD), do  governador Mauro Mendes (DEM), do senador Wellington Fagundes (PL), deputado estadual  Valdir Barranco (PT), prefeitos e outras autoridades envolvidas na ação para unir esforços e traçar uma estratégia de trabalho.

Neurilan destacou que a população dessa região conta com os serviços públicos prestados pelas prefeituras mato-grossenses. Entretanto, os impostos são arrecadados pelo Pará. “Sabemos que os moradores dessa região procuram os serviços de saúde, educação e segurança nos municípios de Mato Grosso. As prefeituras estão ficando com o ônus desse atendimento, mas não podem arrecadar impostos para a manutenção dos serviços”, explicou.

De acordo com dados apresentados pela Procuradoria Geral do Estado (PGE), 86% dos moradores da área discutida são mato-grossense, 92% votam no Estado e todos compram mantimentos e remédios em Mato Grosso.

Mauro garantiu que dará a devida atenção ao processo, fazendo o possível juridicamente dentro do rito processual já estabelecido. “Os argumentos e documentos apresentados aqui e acostados no processo demonstram claramente esse equívoco histórico, que esperamos que seja reconhecido pelo STF. Nós vamos nos empenhar para ajudar a fazer esse esclarecimento ao Supremo para que a decisão seja favorável a Mato Grosso”, disse o chefe do Executivo estadual.

  Barranco, que solicitou a reunião, ressaltou que se trata de um erro histórico cometido pelo Clube dos Engenheiros do Rio de Janeiro, contrariando a demarcação feita por Marechal Cândido Rondon e que foi celebrado entre os estados e instituído pelo Decreto Federal n. 3.679 de 08 de janeiro de 1919. “Isso tem trazido alguns prejuízos para o Estado, como em Paranaíta e Apiacás com os royalties da Usina de Belo Monte”, lembrou.

AL é parte da ação

A Assembleia  também passou a ser parte da ação interposta pelo Estado em 2004. Ocorre que em junho deste ano, o Legislativo solicitou integrar o processo enquanto “amicus curiae” a partir de uma demanda apresentada pelo prefeito do município de Paranaíta, Antônio Domingos Rufatto, o Tony Rufatto  (PSL), à vice-presidente da Casa, deputada Janaina Riva (MDB)  (Com Assessoria).

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Despesas e o uso eleitoreiro de CPI

marcelo bussiki 400 curtinha   Buscando visibilidade pela reeleição em ano eleitoral, alguns vereadores da Capital, vergonhosamente, usaram e abusaram de dinheiro público para promoção pessoal na esteira da CPI do Paletó. A tendência é do relatório paralelo que pede afastamento do...

Sorriso incentiva 40 projetos culturais

ari lafin 400 curtinha   A seis meses de concluir o mandato, o prefeito de Sorriso, Ari Lafin (foto), estabeleceu, dentro do Plano Municipal de Cultura, o "PROMIC - Festival da Cultura 2020" para contemplar 40 projetos cujos valores somam R$ 340 mil, envolvendo artes visuais, artes cênicas, cultura popular, música, audiovisual,...

Quase R$ 2 mi para o Lucas Protegida

binotti 400 curtinha   A Prefeitura de Lucas do Rio Verde, sob Luiz Binotti (foto), contratou, por R$ 1,9 milhão, um consórcio formado pela Rocha Comércio de Equipamentos, que ficará com a maior "fatia" de R$ 1,4 milhão, e a Airplates Tecnologia da Comunicação, com R$ 521,7 mil, para desevolver o...

Silêncio sobre operação e elo com MBL

ulysses moraes 400 curtinha   O deputado de primeiro mandato Ulysses Moraes (foto), que deixou o DC e se filiou ao PSL, coordenador em Mato Grosso do Movimento Brasil Livre (MBL) e chamado por muitos de paladino da moralidade, mesmo sendo bastante ativo nas redes sociais, não usou a internet para comentar a operação da...

Nomes do DEM para vereador de VG

pablo 400 curtinha   O DEM do casal Jayme-Lucimar, senador e prefeita, respectivamente, é dono da maior bancada na Câmara de Várzea Grande, com sete dos 21 vereadores. Destes, cinco já estão trabalhando projeto de reeleição, sendo eles Gisa Barros, que era do PSB; Valdemir Bernadino, o Nana; Pedro...

Flerte com candidato de outro partido

selma arruda 400 curtinha   Apesar de estar filiada ao Podemos, a ex-senadora Selma Arruda, que teve o mandato cassado por crimes eleitorais e deixou a cadeira neste ano, continua flertando com o pedetista, empresário e vice-governador Otaviano Pivetta, que não demonstra mais tanto ânimo para continuar com o projeto de disputa...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.