Executivo

Segunda-Feira, 18 de Novembro de 2019, 22h:56 | Atualizado: 18/11/2019, 23h:08

Maior hospital de MT

Ao inaugurar todo o HMC, Emanuel cita JK e diz que entregou mais do que prometeu

Rodinei Crescêncio

Emanuel Pinheiro

Prefeito Emanuel Pinheiro em seu discurso na entrega da 6ª e última etapa do HMC, que abriga o novo pronto-socorro da Capital, nesta segunda

Ao entregar a 6ª e última etapa do Hospital Municipal de Cuiabá (HMC), que abriga o novo pronto-socorro da Capital, o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) parafraseou o ex-presidente Juscelino Kubitschek - responsável por grandes obras, como a construção de Brasília -, para dizer que chega ao fim de seu terceiro ano de mandato entregando mais do que prometeu durante a campanha de 2015.

"Tive como determinação a conclusão dessa obra e entrega para o verdadeiro dono, que é a população mato-grossense. O HMC, plagiando JK [Juscelino Kubitschek], é um ato de fé da minha gestão. Obra que consagra a união da classe política. Que consagra aquilo que prometi em campanha, de um prefeito que iria dialogar com a bancada federal e estadual. Um prefeito antenado com as ruas. Termino o terceiro ano de mandato entregando muito mais do que prometi. Prometi um pronto-socorro e entrego o maior hospital de Mato Grosso", disse, arrancado aplausos da população e de boa parte dos políticos do Estado, que participavam do evento, na noite desta segunda (18). 

O emedebista fez questão de agradecer a ajuda do ex-presidente Michel Temer (MDB) pela liberação de R$ 100 milhões pelo Programa Chave de Ouro, que permitiu a aquisição de equipamentos e mobiliários para a unidade. Emanuel também fez agradecimento especial ao ex-ministro Blairo Maggi (PL) e ao senador Wellington Fagundes (PL), que trabalharam para a inclusão do HMC no programa do Governo Federal.

Presente no evento, o ex-governador Pedro Taques (PSDB) também foi lembrado pelo prefeito. A obra da unidade foi lançada na gestão do tucano, que se comprometeu em arcar com R$ 50 milhões para a construção. "De opositor que fui, após eleição acirradissíma com o deputado Wilson Santos, vossa excelência, superado o pleito eleitoral, deixou o pleito no passado e perguntou o que eu precisava para Cuiabá. Honrou os R$ 50 milhões do convênio que o Estado deveria repassar para concluir essa obra. Obrigado por ter aceitado o nosso convite para estar aqui".

Rodinei Crescêncio

Mauro Mendes e Emanuel Pinheiro

Governador Mauro Mendes e o prefeito Emanuel Pinheiro conversa durante entrega da última etapa do HMC, hoje

Ainda no discurso, Emanuel anunciou a construção da Praça da Gratidão, na entrada principal do hospital, em forma de agradecimento a Blairo, Wellington e Temer.

Resposta a Mauro

Ainda no evento, Emanuel tentou amenizar o efeito causado pela troca de farpas com o governador Mauro Mendes (DEM). Agradeceu a presença do democrata e apoio do Governo do Estado, mas fez questão de ressaltar a situação de abandono com que encontrou as obras da unidade de saúde, quando assumiu o mandato em 2016.

A declaração foi em resposta a Mauro, que minutos antes garantiu que a obra do HMC nunca parou, desde que foi lançada, em julho de 2015, quando era prefeito de Cuiabá e parceiro do então governador Taques. Na sua fala, o chefe do Executivo estadual garantiu que deixou a prefeitura com 30% da obra civil concluída, fazendo questão de entregar uma planilha comprovado as medições mensais da construção.

Emanuel, no entanto, afirmou que logo que assumiu o Alencastro visitou o canteiro de obras que estava em claro sinal de abandono, com "escombros e esqueletos a céu aberto, e o matagal tomando conta". Ainda desmentiu Mauro, dizendo que o democrata só conseguiu concluir 25% do hospital.

"Que a verdade seja dita, me deixou 25% desta obra. É o início e eu não posso deixar de reconhecer que o governador Mauro Mendes iniciou e nós tivemos a missão de retomar, construir, terminar, equipar, calibrar, testar, fazer, montar e colocar em pleno funcionamento. Obrigado ao governador Mauro Mendes por sua participação nesta obra", completou.

A entrega

O evento reuniu os cinco ex-governadores de Mato Grosso: Jayme Campos (DEM), Júlio Campos (DEM), Carlos Bezerra (MDB), Blairo Maggi (PP) e Pedro Taques (PSDB). Membros da bancada federal, como os deputados Nelson Barbudo (PSL), Emanuelzinho (PTB), Neri Geller (PP) e Rosa Neide (PT), e o senador Wellington Fagundes (PL), também lá estavam.

Além de secretários e prefeitos, deputados estaduais, como Eduardo Botelho (DEM) e Janaina Riva (MDB), se fizeram presentes. O presidente do MDB, deputado federal Baleia Rossi e o governador do Distrito Federal Ibanes Rocha (MDB), foram presenças ilustres convidadas por Emanuel.

A última etapa do HMC, Doutor Leony Palma de Carvalho é composta por parte de Urgência e Emergência do hospital, que terá seis salas de centro cirúrgico, observação pediátrica, 12 leitos de estabilização, três leitos de reanimação, cinco leitos de politrauma e dois isolamentos.

Na ocasião também foram entregues a Central de Material e Esterilização (CME) e o heliponto. Com o funcionamento de 100% do HMC ele passa a contar com 315 leitos, sendo 178 de adultos, 20 leitos no Centro de Tratamento de Queimados, 60 de UTI, 38 de Emergência, seis salas de cirurgia e 13 leitos RPA (recuperação pós-anestesia), além do ambulatório com mais de 13 das especialidades médicas mais procuradas pela Central de Regulação, exames como ultrassonografia, endoscopia, colonoscopia e radiografia e parque tecnológicos com equipamentos de última geração.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

Título de Cidadã para senadora goiana

janaina riva 400 curtinha   A Assembleia fará sessão solene nestes últimos dias de 2019 para prestar homenagem a várias personalidades de diferentes segmentos e profissões. Uma das que serão condecoradas com o Título de Cidadã Mato-Grossense é a goiana Kátia Regina de Abreu,...

Francis sem os vereadores do partido

cesare 400 curtinha vereador caceres   A administração Francis Maris em Cáceres se tornou tão emblemática que perdeu apoio dos dois únicos vereadores do seu partido, o PSDB, na Câmara Municipal. Os tucanos Valdeniria Dutra e Claudio Henrique integram hoje o bloco de oposição ao prefeito,...

Gilberto prestigia sobrinho na Câmara

marcelo oliveira 400 curtinha   Depois de 11 meses sem pisar os pés na Câmara Municipal de Cuiabá, o vereador licenciado Gilberto Figueiredo, secretário estadual de Saúde e um dos pré-candidatos a prefeito do grupo do governador Mauro, apareceu neste sábado na sede do Legislativo, no ato que marcou a...

Suplente que terá 2 anos de mandato

adilton da levante 400 curtinha   Derrotado à reeleição em 2016, Adilson da Levante (foto) reassumiu cadeira de vereador pela Capital desde janeiro deste ano e deve prosseguir no cargo até o final do mandato, em dezembro de 2020. É que o titular Gilberto Figueiredo, que se elegeu pelo PSB e vai migrar para o DEM,...

PSDB veta Taques e vai priorizar Leitão

paulo borges 400 curtinha   O comando regional do PSDB não vai dar chance para Pedro Taques, caso este ensaie concorrer ao Senado com a provável suplementar, já no início de 2020 com a iminente cassação do mandato de Selma. Embora tenha dito que hoje se dedica à advocacia e à vida de professor...

Histórico de não que depois vira sim

blairo maggi 400 curtinha   Mesmo Blairo Maggi (PP) falando para todos que não será candidato ao Senado, na eleição suplementar de 2020 com a provável cassação de Selma, ninguém acredita. Nem aqueles que fazem parte dos grupos criados pelo próprio ex-governador e ex-senador. Em outros...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.