Executivo

Sexta-Feira, 17 de Janeiro de 2020, 07h:50 | Atualizado: 17/01/2020, 16h:57

SAÚDE PÚBLICA

Após 1º transplante de rim em 11 anos, MT tenta também reativar o de medula

Foto ilustrativa

Transplantes

Dois dias após a realização de um transplante de rim bem sucedido em uma doação intervivos, procedimento suspenso em Mato Grosso há quase 11 anos, o secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo anunciou que, na próxima segunda (20), o processo de credenciamento para reativação do transplante de medula óssea será retomado.

Precisam de transplante de medula pacientes com doenças que comprometem a produção normal de células sanguíneas, como as leucemias, e outras enfermidades, de acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca).

A medula óssea é  encontrada dentro dos ossos e contem células-tronco que produzem os componentes do sangue.

O Hemocentro de Cuiabá tem uma central do Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea, o Redome, ou seja, uma lista de voluntários disponíveis a doar medula para salvar vidas.

Intervenção renal

Em maio de 2009, foi a última vez que um transplante de rim de doação intervivos foi realizado no Estado. A cirurgia de segunda (13), no Hospital Santa Rosa, retoma o serviço. O Santa Rosa é a unidade credenciada pelo Ministério da Saúde para transplantar rim pelo SUS. 

Glacelise Bettini da Silva Medrado, de 42 anos, recebeu o rim da irmã-doadora Carmem Regina da Silva Medrado, 47. Todo processo foi organizado pela Secretaria Estadual de Saúde. Após o procedimento de Glacelise, mais de 900 pacientes que aguardam pelo transplante poderão realizar a cirurgia pelo SUS.

Para se tornar apto ao transplante, o paciente passa por um processo de avaliação médica, compatibilidade e estar no Cadastro Nacional.

A reativação do transplante renal, de acordo com o Governo, vai gerar uma economia de aproximadamente R$ 10 milhões por ano.

Antes da reativação do procedimento, os pacientes dependiam da disponibilidade do agendamento em perspectiva nacional, tendo maior tempo de espera como consequência. A SES ressaltou que o tempo será reduzido e todos os pacientes terão assistência com medicação, consultas e acompanhamento. 

De acordo com os dados da Central de Transplante, atualmente, 1.800 mil pacientes precisam de hemodiálise. A estimativa é de que 50% dessas pessoas tenham indicação para o transplante renal.

Conforme Gilberto, o Governo espera que, até o final deste ano, Mato Grosso seja habilitado para fazer o credenciamento para o transplante de fígado.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

Pivetta promete permanecer no PDT

allan kardec 400 curtinha   O empresário Otaviano Pivetta, que se tornou o mais badalado nesta fase de pré-campanha ao Senado por causa da grande logística em torno do seu nome, se encontra numa saia-justa. Para líderes do Podemos com os quais passou a ter afinidade política, como os senadores Álvaro Dias e...

Ao Senado, 2 partidos e apoio para EP

elizeu nascimento 400 curtinha   Elizeu Nascimento (foto), terceiro-sargento PM licenciado, não é nada bobo. Ex-vereador pela Capital e no mandato de deputado estadual, Elizeu hoje controla o DC-MT e ainda levou aliados de confiança para o PSL-MT, partido que ainda está ligado ao presidente Bolsonaro e que só de...

Digital de Selma no apoio para Pivetta

olga lustosa curtinha 400   Mesmo com laços antigos de amizade com Otaviano Pivetta, Olga Lustosa, que está se desligando do cargo de assessora do gabinete da senadora cassada Selma Arruda em Brasília, causou aquele climão dentro do Podemos quando apareceu no encontro do PDT, neste sábado. O ato marcou o...

Fritado ao Senado, Galvan deixará PDT

antonio galvan 400 curtinha   Como já esperado, o presidente da Aprosoja, Antonio Galvan (foto), foi mesmo patrolado dentro do PDT estadual na tentativa de concorrer ao Senado na suplementar de abril. Com a decisão oficial do partido de lançar o vice-governador Otaviano Pivetta à disputa, Galvan agora pensa em sair da...

Contratos suspensos de 7 prefeituras

domingos neto 400 curtinha   O conselheiro do TCE-MT, Domingos Neto, determinou, até julgamento do mérito, a suspensão de pagamento por sete prefeituras à Oscip Tupã. Ele é relator de uma representação feita pelo Ministério Público de Contas contra as prefeituras de Vera,...

Contrariando estatística do governador

silvano amaral 400 curtinha   Mais um secretário de Estado contraria a estatística do governador Mauro, que no ano passado se orgulhou de anunciar que nenhum dos integrantes do primeiro escalão respondia por condenação judicial. O emedebista Silvano Amaral (foto), ex-deputado, ex-secretário de...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.