Executivo

Quarta-Feira, 30 de Janeiro de 2019, 09h:11 | Atualizado: 30/01/2019, 09h:17

SERVIDORES PÚBLICOS

Após 20 dias de atraso, Governo Mauro quita salários de dezembro dos servidores

Gcom

Palacio Paiagu�s

Governo já adiantou que folha dos servidores do próximo mês também será escalonada

Com 20 dias de atraso, o governo conclui o pagamento dos salários de dezembro. Vão receber seus salários os 13.063 servidores ativos que ganham acima de R$ 6 mil líquidos por mês. O valor total chega a R$ 133.684.989,22. A ordem de pagamento já foi encaminhada ao Banco do Brasil. A previsão é de que no decorrer do dia os salários já estarão nas respectivas contas.

No dia 10 deste mês, foram pagos os proventos de todos os aposentados e pensionistas. Também naquele dia receberam seus salários aproximadamente 43 mil servidores em atividade que recebem até R$ 4 mil líquidos. No dia 24 receberam salários os servidores que ganham entre R$ 4 e R$ 6 mil.

Nesta quinta (31), será paga a primeira parcela do décimo terceiro salário remanescente de 2018. A parcela do 13º salário será paga aos servidores efetivos nascidos em novembro e dezembro, assim como aos que são somente comissionados.   

“Os servidores, independente de qual seja sua remuneração, receberão um quarto do décimo terceiro salário. Por exemplo, quem tem direito a R$ 6 mil, receberá R$ 1.500,00; um servidor cujo décimo terceiro salário é de 15 mil, receberá R$ 3.750,00”, explica a secretária adjunta do Tesouro, Luciana Rosa.

Em princípio, o pagamento será feito em 4 parcelas, até 30 de abril.  No entanto, se houver incremento na arrecadação, esse prazo poderá ser reduzido.

O salário de janeiro, que deve ser pago até 10 de fevereiro também será escalonado. De acordo com o Executivo, diferente de até então, todos os servidores, ativos, pensionistas e aposentados, receberão nesta data. No entanto, será liberado apenas um valor único, definido a partir da divisão do número de servidores e o montante total do caixa na data (Com Assessoria).

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Armindo de Figueiredo Filho | Quinta-Feira, 31 de Janeiro de 2019, 12h55
    2
    0

    É O DESGOVERNO TOTAL!!!!Sem comentário .... FIM DE PAPO......

  • Servidora | Quarta-Feira, 30 de Janeiro de 2019, 19h15
    6
    0

    mas minhas contas deu 40 dias após o outro salário mas tá bom

  • Souza | Quarta-Feira, 30 de Janeiro de 2019, 15h40
    14
    0

    MM prometeu pagar salários dia 30 e no primeiro mês de governo já está cumprindo. parabéns governador nunca imginei tamanha competência.

  • MGXP | Quarta-Feira, 30 de Janeiro de 2019, 13h54
    14
    2

    O SR EXCELENTÍSSIMO GOVERNADOR DISSE NUMA REPORTAGEM QUE IRIA PAGAR OS SALÁRIOS SE TIVESSE DINHEIRO NA CONTA. LOGICO GOVERNADOR, ATE PORQUE EU ESTOU ESPERANDO MEU SALARIO(QUE FACO JUS A ELE) PARA CUMPRIR AS MINHAS OBRIGAÇÕES, QUE É PAGAR AS CONTAS. MAS, DIFERENTE DO SR EU IREI PAGAR-LAS COM JUROS E MULTAS ÀS EMPRESAS E BANCOS. E OUTRA, É FÁCIL FALAR NA MÍDIA QUE "VOU PAGAR A CONTA COM DINHEIRO NA CONTA", AGORA VAI NOS FALARMOS ISSO PARA A CONCESSIONARIA DE ENERGIA ELÉTRICA, DE ÁGUA , TELEFONIA...SABE O QUE ACONTECE? ELES SIMPLESMENTE VAI DEIXAR DE FORNECER OS SERVIÇOS.

  • alexandre | Quarta-Feira, 30 de Janeiro de 2019, 10h09
    21
    3

    nada na conta, nada na conta....

  • ROBSON JOSÉ | Quarta-Feira, 30 de Janeiro de 2019, 09h54
    18
    3

    Talvez o governo do Mauro Mendes não imagina que existem milhares de servidores que exercem funções de serviços gerais, e que ganham abaixo de R$ 2.000,00 de salario. O que será que esse trabalhador vai fazer com a sua parcela de décimo terceiro? Que pena saber que Mato Grosso é governado por alguém assim. Todos os cálculos que aparecem na notícia foram feitas para quem ganha acima desse valor, assim fica fácil.

Diversos cortes nas despesas da AL

eduardo botelho curtinha 400   Num período em que o Legislativo praticamente parou, assim como o Judiciário e órgãos vinculados aos Poderes, como TCE e MPE, o presidente da AL, deputado Eduardo Botelho (foto), tomou decisão correta ao cortar gastos enquanto perdurar a pandemia do coronavírus. Entre as...

Governador está tenso e preocupado

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro Mendes anda tenso e preocupado. Mesmo já tendo adotado uma série de medidas de prevenção, inclusive consideradas radicais, ele não dorme direito por causa das projeções nada otimistas de aumento nos próximos dias de casos de coronavírus em...

AL aprovará empréstimo de R$ 550 mi

A Assembleia aprovou, na convocação extraordinária desta sexta (27), dispensa de pauta para a mensagem do Executivo que pede autorização para contrair empréstimo de R$ 550 milhões junto à Caixa Econômica. O recurso será aplicado na construção de pontes de concreto em diversos municípios. Agora, a matéria entra na pauta e será aprovada pela maioria dos deputados na próxima segunda (30),...

Queda nas receitas e o salário regular

emanuel pinheiro 400 curtinha   Prefeitos de um modo geral vão conseguir pagar a folha do funcionalismo de março, na próxima semana, sem tantas dificuldades. Já para abril, a tendência é que passem apurados para manter os vencimentos em dia, por causa do reflexo negativo da pandemia do coronavírus,...

Galvan, afronta à legislação e multa

antonio galvan 400 curtinha   O presidente da Aprosoja-MT, Antônio Galvan (foto), que tentou, mas acabou desistindo da disputa ao Senado, está sempre envolvido em polêmicas, seja nas demandas do agronegócio, seja no cotidiano da política. A mais recente é que ele, juntamente com outros produtores, está...

Destaque nas ações anti-coronavírus

leonardo bortolini leo 400 curtinha   O prefeito de Primavera do Leste Leonardo Bortolin (foto) vem recebendo elogios e ganhou o noticiário nacional por medidas práticas, céleres e seguras no atendimento à população, em meio aos cuidados para prevenção ao coronavírus. Desde a semana...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.