Executivo

Quarta-Feira, 13 de Janeiro de 2010, 19h:45 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

Várzea Grande

Após 4 meses em greve, médicos devem retomar atendimentos

Após 4 meses em greve, médicos devem retomar atendimentos em VG

Pronto-Socorro de Várzea Grande   Cerca de 500 médicos da rede pública de Várzea Grande definem nesta quarta (13) se acatam a contraproposta de reajuste salarial da prefeitura e encerram a greve da categoria, deflagrada há quatro meses. A assembleia geral convocada pelo Sindicato dos Médicos de Mato Grosso (Sindimed) está marcada para começar às 19h, no Pronto-Socorro de Várzea Grande.

   Nesta terça (12), a secretária de Saúde Jaqueline Guimarães entregou ao diretor do Sindimed, Edinaldo Lemos, a proposta de escalonamento salarial de R$ 1.935 mil até 2011. No início do movimento grevista, os profissionais exigiam aumento progressivo até o limite de R$ 3 mil em 2014, tal como foi acordado com o prefeito Wilson Santos (PSDB) com os médicos de Cuiabá. “Historicamente, os salários dos médicos dos dois municípios sempre foi equiparado, mas pela proposta da prefeitura, teremos que retornar em breve à mesa de negociação”, avalia Lemos.

   A contraproposta de Jaqueline prevê escalonamento progressivo até 2011, com três reajustes de R$ 300 durante este período. Atualmente, o piso é de R$ 1,35 mil. Se os profissionais aceitarem o acordo, os salários passarão para R$ 1,335 em 1º de maio deste ano. Em setembro subiria mais R$ 300, chegando a R$ 1,635 mil. O último reajuste está previsto para 1º de maio de 2011, quando os salários seriam reajustados para R$ 1,935 mil.

   Dos 500 médicos de Várzea Grande, 280 atendem no Pronto-Socorro. Outros 220 prestam serviço nos postos de saúde. Por meio do promotor Carlos Eduardo da Silva, o Ministério Público Estadual cobrou providências do prefeito Murilo Domingos (PR) para regularizar o atendimento no setor ortopédico. Devido à greve, pacientes aguardam há até 70 dias por cirurgia.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Nelson Marques | Sexta-Feira, 15 de Janeiro de 2010, 05h12
    0
    0

    Agora só falta a saída da Secretária de Saúde para melhorar ainda mais a saúde de Várzea Grande.

Cervejaria cuiabana devolve R$ 270 mi

rogerio gallo 400 curtinha   Após negociação, por intermédio do Comitê Interinstitucional de Recuperação de Ativos (CIRA), uma cervejaria de Cuiabá vai devolver aos cofres públicos cerca de R$ 270 milhões nos próximos dias. O montante se refere a diferenças no ICMS...

Lei em Cuiabá veta cortar luz e telefone

misael galvao 400 curtinha   Seguindo exemplo de outros municípios, a Câmara de Cuiabá, sob Misael Galvão (foto), rejeitou veto do prefeito Emanuel e promulgou uma lei, que proíbe empresas de gás e concessionárias de serviço público de energia elétrica, no caso a Energisa,...

Visita a todos setores e agradecimento

domingos neto tce 400 curtinha   Numa demonstração de humildade e respeito aos servidores, o presidente do TCE Domingos Neto visitou nesta 4ª todo os setores do Tribunal para agradecer pessoalmente o esforço, dedicação e a contribuição de cada colaborador para que sua gestão do...

Equipe, foco e elogios ao governador

mauro carvalho 400 curtinha   Mauro Carvalho (foto), o número 2 do Palácio Paiaguás, faz questão de destacar que o governador Mauro Mendes está fechando o 1º ano de mandato sem promover uma única mudança no quadro dos 16 secretários, incluindo os que comandam a CGE e PGE. Entende isso...

Até Galvan quer o Senado pelo agro

antonio galvan 400 curtinha   A eleição suplementar ao Senado para início de 2020 começa a despertar interesse de diferentes setores. Só dos chamados representantes do agronegócio são pelo menos quatro possíveis candidatos. Até Antonio Galvan (foto), presidente da Aprosoja Mato...

Sem elo com a servidora denunciante

abilio 400 curtinha   Sob investigação da Comissão de Ética da Câmara de Cuiabá por causa de reincidentes casos de quebra de decoro, Abílio Brunini (foto), em nota, contesta o colega Juca do Guaraná, que divulgou imagens e afirmou que o vereador do PSC esteve no Hospital São Benedito e...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.