Executivo

Quarta-Feira, 26 de Janeiro de 2011, 10h:30 | Atualizado: 26/01/2011, 14h:46

INFLUÊNCIA

Após a eleição, Maggi diz que "desligou a chave" até fevereiro

Blairo Maggi   O senador diplomado Blairo Maggi (PR) preferiu “desligar a chave”, como costuma dizer, desde que foi eleito e tem se mantido afastado do cenário político. Garante não ter se envolvido nas discussões para a composição da equipe de seu sucessor, o governador Silval Barbosa (PMDB) e afirma que só “ligará a chave” em 1º de fevereiro, dia de sua posse.

   Enquanto esfria a cabeça, em seu partido as discussões a cerca das eleições municipais só esquentam. O PR foi o primeiro a se posicionar sobre a disputa pela prefeitura de Cuiabá, chegando a lançar três possíveis nomes para concorrer ao cargo. O mesmo já acontece no município vizinho, com o risco da legenda perder um de seus candidatos naturais ao Executivo de Várzea Grande, o vice-prefeito, Tião da Zaeli.

   Apesar da experiência e do papel de liderança que exerce, Maggi diz que não quer saber do embate. Além das sucessões municipais, o PR estuda a melhor forma de compor o staff do prefeito de Cuiabá, Chico Galindo (PTB), que disponibilizou uma de suas secretarias para os republicanos. Mesmo assim, o ex-governador diz que só participou de um encontro com a cúpula. “Sou apenas uma pessoa dentro do partido, participei de uma reunião só. O resto, o grupo que conduza”, comentou.

   Ele sequer compareceu à cerimônica de posse de Silval e garantiu que não tem interferido nas decisões do peemedebista. “Eu tenho procurado deixar o governador trilhar seu caminho, andar com suas próprias pernas, tomar as decisões, certas ou erradas. A responsabilidade é dele, não é mais minha”, esclareceu. “Passei oito anos nomeando e exonerando, não quero mais essa responsabilidade”, concluiu.

   Mesmo deixando claro que não quer envolvimento político até sua posse como senador, Maggi não nega que tem sido bastante assediado. “Vocês não imaginam a quantidade de gente que me procura para que eu interceda junto ao governador para que permaneçam em seus cargos”, pontuou. De acordo com o ex-governador, esse tipo de coisa é comum. “Não dá pra desligar tudo, querem retomar os fatos do passado, nossa opinião”, disse.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Carlo Silva | Quarta-Feira, 26 de Janeiro de 2011, 16h35
    0
    0

    Carlo Silva, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • ana | Quarta-Feira, 26 de Janeiro de 2011, 13h59
    0
    0

    Acho bom o senhor ligar logo essa chave e responder a críticas do Jaime. Afinal, será que o BM concorda com essas críticas? O senhor que elegeu o seu sucessor vai entregar o governo para o DEM?

Um novo embate entre Diane x Adair

diane alves 400 curtinha   Adair José Alves Moreira, que vinha atuando na assessoria do vice-governador Otaviano Pivetta, decidiu mesmo concorrer de novo à Prefeitura de Alto Paraguai. Ele já foi prefeito por duas vezes. Adair será o principal nome da oposição à prefeita democrata Diane Alves (foto),...

Taques ofuscado e sob mira do MPE

pedro taques 400 curtinha   Pedro Taques (foto) achou que o recall dos tempos de senador e governador, ajudando-o a se posicionar de forma razoável nas pesquisas, bem antes do início da campanha, o manteria como favorito na corrida ao Senado. Ledo engano. Não levou em consideração o alto índice de...

2 caciques não disputam Alto Garças

roland trentini 400 curtinha   Após décadas de rixas, de campanhas ostentadoras, rachas e brigas eleitorais intermináveis em Alto Garças, os ex-prefeitos Rolando Trentini (foto) e Júnior Pitucha resolveram não mais concorrer ao Executivo. Mas, um deles segue se movimentando nos bastidores. Pela...

Um ex-prefeito inelegível em Poconé

clovis martins 400   Dificilmente o ex-prefeito petebista Clovis Damião Martins (foto) terá registro de candidatura a prefeito de Poconé deferido pela Justiça Eleitoral. O promotor de Justiça, Mário Anthero, já pediu impugnação do registro do petebista por inelegibilidades. Clovis, que...

Briga em Sinop entre Juarez e Dorner

juarez costa 400 curtinha   Em Sinop, a briga eleitoral caminha para tensão e acirramento entre o emedebista Juarez Costa (foto) e Roberto Dorner (Republicanos). Hoje, o ex-prefeito seria eleito, mas Dorner vem crescendo nas adesões, com ajuda do vice de sua chapa, ex-vereador Dalton Martini (Patriota). O apoio da prefeita Rosana...

França elegível; CNJ desatualizado

roberto franca 400 curtinha   O advogado Rodrigo Cirineu, que assumiu a assessoria jurídica da campanha a prefeito de Cuiabá de Roberto França (foto), assegura que o ex-prefeito está elegível. Explica que o cadastro de inelegibilidades do Conselho Nacional de Justiça, constantando ainda o nome de...