Executivo

Quarta-Feira, 11 de Setembro de 2019, 19h:52 | Atualizado: 12/09/2019, 09h:42

COLÉGIO DE LÍDERES

Após decreto, secretária prevê R$ 9 mi de recursos para combater incêndios em MT

Maurício Barbant

Mauren Lazzaretti

Secretária Mauren Lazzaretti (Sema) na reunião no Colégio de Líderes, no gabinete do presidente Eduardo Botelho

Após o decreto de emergência publicado pelo governador Mauro Mendes (DEM) por conta do grande número de incêndios em Mato Grosso, a secretaria estadual de Meio Ambiente (Sema) pretende ter acesso a cerca de R$ 9 milhões provenientes de recursos feitos no âmbito das operações do Judiciário, para compra de veículos, aeronaves e instrumentos de combate aos focos de calor, como abafadores. 

A informação foi repassada à impresa pela secretária da Pasta, Mauren Lazzaretti, após reunião no Colégio de Líderes da Assembleia, onde respondeu a questionamentos dos deputados, nesta quarta (11). 

De acordo com Mauren, o decreto de emergência foi públicado para que melhorias pudessem ser feitas no combate aos incêndios, que têm se agravado devido ao período de estiagem severo em Mato Grosso. Há 420 dias não chove e a umidade relativa do ar tem sido registrada entre 7% e 20%, taxas consideradas como situações emergenciais e impróprias ao organismo humano, conforme a Organização Mundial de Saúde (OMS). 

Ainda segundo a secretária, a Sema produziu um planejamento em parceria com o Corpo de Bombeiros, que também elencou os insumos necessários pelos militares para combater os focos de calor. Para Mauren, muitas das queimadas começam por descuido e negligência. 

"Temos uma somatória de fatores: 18% dos incêndios são iniciados em áreas indígenas, onde não temos como atuar, esses focos avançam para propriedades particulares. É muito difícil controlar, por conta da estiagem. Tradicionalmente os índios possuem hábitos de caçar usando fogo, assim como para fazer a limpeza e manejo da terra", disse. 

Conforme a secretária, a Procuradoria Geral de Mato Grosso está trabalhando em parceria com o Ministério Público Federal para que o acesso a verba seja concretizado. 

Durante o evento, Mauren também aproveitou para defender a atuação da Pasta diante da situação climática crítica em Mato Grosso. Ela ressaltou que o grande número de queimadas no Estado não é exclusividade do Brasil. 

"O mundo está queimando. A Sibéria, que é o país mais frio do mundo, está queimando, temos, além dele, a Indonésia, África e Malásia, todos queimando. Mas, Mato Grosso, dentro da Amazônia Legal, é o estado com melhor estrutura, estamos agindo com aquilo que temos condições, não é suficiente, mas não tínhamos como prever uma estiagem tão longa e condições climáticas atípicas", explicou. 

Decreto de emergência 

Na segunda (9), o governador Mauro Mendes (DEM) publicou decreto que prevê situação emergencial em Mato Grosso durante 60 dias. Em agosto, o estado registrou 230% a mais de focos de calor, em comparação com o mesmo período de 2018. 

O governador também já havia prorrogado o período proibitivo de queimadas até o dia 30 de novembro. A medida foi acompanhada da suspensão temporária de emissões com autorização para o desmatamento legal. A intenção do Estado é dar uma resposta positiva ao mercado internacional que consome produtos do agronegócio e que já começou a sinalizar embargos em razão do alto índice de irregularidades ambientais.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Fatima | Quinta-Feira, 12 de Setembro de 2019, 10h04
    5
    0

    ERA PRA SE PREVENIR, AGORA QUE TÁ TUDO QUEIMADO VAI COMBATER O QUE ??????????????

  • Servidor | Quarta-Feira, 11 de Setembro de 2019, 20h28
    7
    1

    GOVERNADOR SE O SENHOR NÃO SAIR DESTE DEPUTADO MADEIREIRO QUE É SEU LÍDER E QUE LIDEROU PARA APROVAR O PROJETO DE LEI QUE ELEVA DE 12 MIL METROS CUBICOS PARA 49,5 M³ SEM A NECESSIDADE DE REFLORESTAR , ISTO VAI ELEVAR EM 4,2 VEZES O AUMENTO DO DESMATAMENTO EM MATO GROSSO.. GOVERNADOR SE O SENHOR NÃO TIRAR ESSE DEPUTADO DA SUA LIDERANÇA O SENHOR PODE IR NA EUROPOA OU ASIA QUE OS PRODUTOS DE MATO GROSSO SERÃO BOICOTADOS PODE ESCREVER...Ô SENHOR MUDA A POLITICA AMBIENTAL DE MATO GROSSO OU MATO GROSSO NÃO EXPORTA MAIS NADA....

Matéria(s) relacionada(s):

EP cita 4 pela força do MDB em Cuiabá

rafael bastos 400 curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro disse neste sábado, no encontro do MDB, que acabou atraindo a presença de representantes de outros 12 partidos, que a agremiação emedebista foi construída e ganhou força e espaço na Capital graças aos filiados históricos Rafael...

Júlio, do DEM, vê boa gestão de EP

julio campos 400 curtinha   Júlio Campos (foto), uma das lideranças históricas do DEM, foi "apertado" nesta sexta, em entrevista a Antero de Barros, na rádio Capital FM, especialmente sobre o fato do ex-governador e ex-senador demonstrar simpatia e apoiar a gestão do prefeito Emanuel, enquanto outros do partido...

Empresário ensaia de novo em ROO

 luizao_curtinha400   Em Rondonópolis, o empresário Luiz Fernando de Carvalho, o Luizão, dono da Agro Ferragens Luizão, ensaia mais uma vez disputar a prefeitura. Como a sua pré-candidatura não é considerada novidade, ele é visto como uma espécie de "cavalo paraguaio", que tem arrancada...

2 governistas prontos para a briga

chico2000_curtinha400   O prefeito Emanuel tem 2 aliados de primeira hora na Câmara que não resistem a uma provocação. Tratam-se de Renivaldo Nascimento (PSDB) e Chico 2000 (foto), do PL. Sabendo do estopim curto, os vereadores de oposição, especialmente Diego e Abílio, não perdem a chance de...

Niuan agora sob rédeas do Podemos

niuan ribeiro curtinha 400   O vice-prefeito Niuan Ribeiro, agora no Podemos, se torna obrigado, conforme exigência estatutária, a contribuir com 5% dos R$ 15 mil que recebe mensalmente . Ou seja, vai ter que repassar R$ 750 para o seu novo partido. Considerado um partido com novas concepções, regras e exigências, o...

Efeito-senado e briga no ninho tucano

carlos-avalone_curtinha400   O deputado estadual Carlos Avalone não tem certeza de que o acordo pré-estabelecido para ele se tornar presidente do PSDB-MT, a partir de fevereiro, ou seja, daqui 5 meses, será cumprido. Pela costura entre a cúpula tucana, Paulo Borges renunciaria à presidência, abrindo assim...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Mauro Mendes?

excelente

bom

regular

ruim

péssimo

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.