Executivo

Quinta-Feira, 05 de Fevereiro de 2015, 19h:05 | Atualizado: 06/02/2015, 09h:13

Após desgaste de cassação, prefeito de Reserva do Cabaçal deixa o cargo

Reprodução

Jairo_manfroi

Prefeito de Reserva do Cabaçal Jairo Manfroi (PMDB) deixa o cargo após dois anos de mandato

O prefeito de Reserva do Cabaçal Jairo Manfroi (PMDB) renuncia ao cargo após sofrer processo de cassação junto ao vice Tarcísio Ferrari (PSD). O anúncio será feito, nesta quinta (5),  às 19h30, no Centro de Eventos Cio da Terra, no município. Nos bastidores, a informação é de que a atitude é uma manobra jurídica em função do desgaste enfrentado pelo peemedebista ao longo do mandato.

Na prática, apesar de Jairo ter recorrido no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), caso o órgão decida manter a cassação, Reserva do Cabaçal passará por eleição suplementar, como já determinou o TRE de Mato Grosso. De todo modo, o prefeito alega que a renúncia acontece no momento certo e que a partir de agora dará atenção especial à família. “Nada é mais importante que a família. Deixei todos no Estado do Paraná, meu pai já faleceu, minha mãe e irmã estão doentes. Não preciso disso. Agora almejo uma vida tranquila”, explica.

Acontece que, em outubro de 2014, o TRE manteve a sentença proferida pelo Juízo da 41ª Zona Eleitoral, que cassou os mandatos de Jairo e Tarcísio. Além disso, o Tribunal determinou que sejam realizadas novas eleições no município a fim de que sejam eleitos um novo prefeito e vice. Ambos são alvo de ação do Ministério Público Eleitoral que aponta o suposto envolvimento do peemedebista e do social-democrata na prática de captação ilícita de sufrágio durante a campanha nas eleições de 2012, na qual ofereceram material de construção em troca de votos e apoio.

Conforme Jairo, ao deixar a prefeitura o vice dará continuidade no trabalho já desenvolvido por ele. Entre as demandas, o prefeito destaca o término de obras iniciadas. “Já deixei tudo encaminhado. Sempre tivemos um bom relacionamento e até a próxima eleição são apenas dois anos. Por isso, acredito que tudo ocorrerá bem”, pondera.

Mandato

Eleito com 959 votos, equivalentes a 53,79% da preferência do eleitorado, Jairo Manfroi diz que os dois anos de mandato foram positivos. Destaca que conseguiu levar bom atendimento à população do distrito Ypê Roxo, bem como reformar os prédios da prefeitura, da antiga creche do município e do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS). 

Além disso, o prefeito afirma que terminou a obra de iluminação pública da cidade, adquiriu motoniveladora, retroescavadeira e caminhão, por meio do PAC. “Pedirei perdão aos cidadãos de Reserva do Cabaçal, mas hoje a família é mais importante. Quem votou em mim queria mudança. Por isso, asseguro que o vice Tarcísio manterá o ritmo de trabalho iniciado por mim”, conclui.

TRE mantém decisão e eleitores de Reserva do Cabaçal voltarão às urnas

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • ivan nunes | Sexta-Feira, 06 de Fevereiro de 2015, 08h09
    0
    0

    é Prefeito agora não precisa disso....porque será que renúciou?...ai tem!!!!

  • josué | Sexta-Feira, 06 de Fevereiro de 2015, 07h55
    0
    0

    Há quem diga nos bastidores que na verdade o infeliz renunciou porque colocaram ele contra a parede, tipo: Ou você renuncia ou colocamos você na cadeia!!!!!!

Poconé tem hoje vários "prefeitáveis"

euclides santos 400 curtinha   O ex-vereador e ex-prefeito de dois mandatos de Poconé, Euclides Santos (foto), que era do MDB e agora está no PSDB, vem se movimentando nos bastidores para concorrer novamente à sucessão municipal. Seria um dos nomes de oposição ao prefeito Tatá Amaral, que vai tentar...

Apostas do PTB para vereador em VG

silvio fidelis 400 curtinha   Detentor da segunda maior bancada na Câmara de Várzea Grande, com cinco assentos, atrás somente do DEM da prefeita Lucimar, que conta com sete vereadores, o PTB aposta na hipótese de ao menos manter as cinco vagas. E todos os seus vereadores vão à reeleição, sendo...

Despesas e o uso eleitoreiro de CPI

marcelo bussiki 400 curtinha   Buscando visibilidade pela reeleição em ano eleitoral, alguns vereadores da Capital, vergonhosamente, usaram e abusaram de dinheiro público para promoção pessoal na esteira da CPI do Paletó. A tendência é do relatório paralelo que pede afastamento do...

Sorriso incentiva 40 projetos culturais

ari lafin 400 curtinha   A seis meses de concluir o mandato, o prefeito de Sorriso, Ari Lafin (foto), estabeleceu, dentro do Plano Municipal de Cultura, o "PROMIC - Festival da Cultura 2020" para contemplar 40 projetos cujos valores somam R$ 340 mil, envolvendo artes visuais, artes cênicas, cultura popular, música, audiovisual,...

Quase R$ 2 mi para o Lucas Protegida

binotti 400 curtinha   A Prefeitura de Lucas do Rio Verde, sob Luiz Binotti (foto), contratou, por R$ 1,9 milhão, um consórcio formado pela Rocha Comércio de Equipamentos, que ficará com a maior "fatia" de R$ 1,4 milhão, e a Airplates Tecnologia da Comunicação, com R$ 521,7 mil, para desevolver o...

Silêncio sobre operação e elo com MBL

ulysses moraes 400 curtinha   O deputado de primeiro mandato Ulysses Moraes (foto), que deixou o DC e se filiou ao PSL, coordenador em Mato Grosso do Movimento Brasil Livre (MBL) e chamado por muitos de paladino da moralidade, mesmo sendo bastante ativo nas redes sociais, não usou a internet para comentar a operação da...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.