Executivo

Terça-Feira, 09 de Fevereiro de 2010, 11h:12 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

MUDANÇA

Após reunião, Maggi admite atrair Mendes para grupo do PR

   Em declaração reveladora, o governador Blairo Maggi (PR) reconheceu nesta terça (9) que o empresário Mauro Mendes (PSB) deve vir a compor a aliança da situação, composta atualmente por PR, PMDB e PT. Apesar do republicano apoiar oficialmente o vice-governador Silval Barbosa (PMDB) na disputa à sucessão, Maggi disse em alto e bom som a jornalistas, no Palácio Paiaguás, que não descarta a possibilidade de se unir com Mendes ainda no primeiro turno das eleições deste ano. “Agora as opiniões internas (no PR) ganham mais força”, admitiu o chefe do Executivo, após doar sangue para a divulgação da campanha do Carnaval promovida pelo governo.

   Na ocasião, Maggi também revelou que esteve com Mauro Mendes no Lago do Manso, durante o final de semana. Contrariando o estilo discreto que mantém na vida pessoal, o governador confidenciou que conversou muito com o empresário sobre política. “Nem só frango, porquinho e picanha havia na mesa. Também tratamos de política”.

   O governador reforçou o apreço que possui por Mendes, candidato que apoiou com “unhas e dentes” na campanha derrotada à Prefeitura de Cuiabá em 2008. “Somos amigos, nos respeitamos muito e as conversações acontecem”. Maggi deixou escapar que, se não estiver no mesmo palanque de Mendes no primeiro turno, certamente isto deve acontecer no segundo.

   Apesar de reconhecer a disposição em ter Mendes no mesmo grupo, Maggi não disse qual cargo o empresário poderia disputar na aliança. O próprio Silval Barbosa tem dito que busca o maior número de apoios à candidatura majoritária. Mesmo assim, as declarações do governador simpáticas a Mendes devem repercutir negativamente no grupo político do vice Silva, que assume o comando do Executivo em 31 de março. O principal “trunfo” do peemedebista era o elevado índice de popularidade de Maggi, tanto que pretendia elaborar a estratégia e programa de campanha com foco na continuidade das ações executadas pela administração republicana. (Patrícia Sanches)

Postar um novo comentário

Comentários (38)

  • capixaba feitosa | Quinta-Feira, 11 de Fevereiro de 2010, 14h41
    0
    0

    chega de bezerras nos campos,vamos renovar de novo com mauro mendes, os demos estão fora e o p de merda tambem chega de politicos arcaicos,coroneis.

  • PAULA TEJANO | Quinta-Feira, 11 de Fevereiro de 2010, 08h38
    0
    0

    O Silval até que é boa pessoa, o problema está na tralha que ele trás junto, como alguns políticos profissionais do passado, metidos a coronéis, cujo o único objetivo em voltar ao poder é o de retirar vantagens pessoais da máquina pública. Se o SILVAL estivesse em um partido novo, sem estes encostos para levar junto, talvez ele poderia seria um governador quase tão bom quanto o Blairo.

  • nadir | Quarta-Feira, 10 de Fevereiro de 2010, 16h48
    0
    0

    esse blairo quer ser igual o presidente da venezuela quer fazer nos matogrossense de escravos quem nao ve essa maracutai desde o começo tira mauro do pr porque pr nao faz terceiro mandato nmanda pra psb valternir tem que engolir mauro sai candidato sinval tambem candidato tudo isto pra derrubar wilson santos depois se junta sinval governo e mauro vice ja estava tudo maculado por esse gaucho

  • nadir | Quarta-Feira, 10 de Fevereiro de 2010, 16h39
    0
    0

    esse blairo magi achaque o povo do mato grosso e bobo r que engana nos matogrossense mauro mendes sinval maggi tudo maracutai desde o começo esse gaucho acha que engana nos como enganou 8 anos nao fez nada por mato grosso

  • cuiabanito | Quarta-Feira, 10 de Fevereiro de 2010, 14h19
    0
    0

    nao to com um pingo de medo , que venha mauro e silval. que vamos de wirson

  • Carlos | Quarta-Feira, 10 de Fevereiro de 2010, 12h18
    0
    0

    Quem deveria opinar sobre isso, é o Sinval, pois todos estão carecas de saber que blairo ( com minúscula como seu governo) é contra sinval ( minuscula como sua postura), sempre preferiu a política empresarista, que é aparelhar o estado aos interesses de grupos ou epresários. Nunca fez política para o povo, veja a saúde, educação, segurança.

  • ze coveiro | Quarta-Feira, 10 de Fevereiro de 2010, 09h08
    0
    0

    eta povo sem prumo, hora pra la, hora pra ca, nos tamo de olho, nos queremos ghente de cuiaba, mas que nao chupa ferro quente

  • carlao | Quarta-Feira, 10 de Fevereiro de 2010, 08h14
    0
    0

    EU ACHO DIFICIL ESSE TAL MAURO COM O APOIO DESSE BLAIRO PT PMDB DEMOS E OUTROS PERDERAM ATÉ PARA PREFEITURA DE CUIABÁ , AGORA QUER CONCORRER A GOVERNO. RSRRSSRSSSSSS... É SÓ PARA RIR MESMO. RSRSRSSSS É PAU NELES. RSRSRSSS

  • Nelson Aguiar | Terça-Feira, 09 de Fevereiro de 2010, 22h45
    0
    0

    Depois alguem fala em pouca vergonha! Em menos de dois anos, esses caras ja se abraçaram, afastaram, atacaram um ao outro, e agora estão juntos novamente. Muitos dizem que na política vale tudo, ja eu digo que na vida de empresários que enriqueceram a custas de insentivos doados por compadres, vale tudo. Depois, eles esclarecem na propganda eleitoral sobre os hospitais fexados pelo Maggi, sobre os impostos exorbitantes sobre a telefonia e a energia, sobre a auta carga tributária que vem levando pequenos empreendedores a falencia, sobre o fiasco do concurso e sobre a desmatação da natureza Mato Grossense. E que Deus tenha piedade de nós...

  • Manoel Portugal | Terça-Feira, 09 de Fevereiro de 2010, 17h28
    0
    0

    Pereira Leite, vc é cego, ou faz de conta? Que progresso que essa colição chefiada pelo PSDB, levou aí prá Barão seu municipio? Vou te dar um conselho: Dá próxima vez que vieres a Cuiabá, venha de canoa, como era na época do governo do PSDB, pois estrada, nem de terra se conseguia chegar na capital, era só de canoa. Parece que voce gostava, né?

Diversos cortes nas despesas da AL

eduardo botelho curtinha 400   Num período em que o Legislativo praticamente parou, assim como o Judiciário e órgãos vinculados aos Poderes, como TCE e MPE, o presidente da AL, deputado Eduardo Botelho (foto), tomou decisão correta ao cortar gastos enquanto perdurar a pandemia do coronavírus. Entre as...

Governador está tenso e preocupado

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro Mendes anda tenso e preocupado. Mesmo já tendo adotado uma série de medidas de prevenção, inclusive consideradas radicais, ele não dorme direito por causa das projeções nada otimistas de aumento nos próximos dias de casos de coronavírus em...

AL aprovará empréstimo de R$ 550 mi

A Assembleia aprovou, na convocação extraordinária desta sexta (27), dispensa de pauta para a mensagem do Executivo que pede autorização para contrair empréstimo de R$ 550 milhões junto à Caixa Econômica. O recurso será aplicado na construção de pontes de concreto em diversos municípios. Agora, a matéria entra na pauta e será aprovada pela maioria dos deputados na próxima segunda (30),...

Queda nas receitas e o salário regular

emanuel pinheiro 400 curtinha   Prefeitos de um modo geral vão conseguir pagar a folha do funcionalismo de março, na próxima semana, sem tantas dificuldades. Já para abril, a tendência é que passem apurados para manter os vencimentos em dia, por causa do reflexo negativo da pandemia do coronavírus,...

Galvan, afronta à legislação e multa

antonio galvan 400 curtinha   O presidente da Aprosoja-MT, Antônio Galvan (foto), que tentou, mas acabou desistindo da disputa ao Senado, está sempre envolvido em polêmicas, seja nas demandas do agronegócio, seja no cotidiano da política. A mais recente é que ele, juntamente com outros produtores, está...

Destaque nas ações anti-coronavírus

leonardo bortolini leo 400 curtinha   O prefeito de Primavera do Leste Leonardo Bortolin (foto) vem recebendo elogios e ganhou o noticiário nacional por medidas práticas, céleres e seguras no atendimento à população, em meio aos cuidados para prevenção ao coronavírus. Desde a semana...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.