Executivo

Segunda-Feira, 02 de Agosto de 2010, 08h:33 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:27

MATUPÁ

Após ter mandato cassado, prefeito obtém liminar no TSE

Cassado, prefeito obtém liminar no TSE e fica no cargo

Fernando Zafonato   O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) concedeu uma liminar de efeito suspensivo ao prefeito de Matupá, Fernando Zafonato (DEM), e sua vice, Liamar Lúcia de Meira Barth (PMDB), cassados pela Justiça Eleitoral no último dia 13 por suspeita de compra de votos no pleito de 2008. Eles permanecem no cargo até a apreciação dos Embargos e do Recurso Especial.

   Além de afastar os dois, o TRE havia determinado a realização de novas eleições no município. A cassação ocorreu depois que um recurso requerido pelo PT foi deferido em partes. Na ação, além de pleitear a suspensão dos diplomas de Fernando e Liamar, o PT queria que o segundo colocado Vanderlei Antônio Galvan fosse empossado imediatamente. Ocorre que o prefeito cassado obteve mais de 50% dos votos e, neste caso, a legislação prevê a realização de novo pleito. Em 2008, Fernando obteve 4.009 votos, enquanto Vanderlei teve 3.521 votos. O prefeito de Matupá é acusado de ter oferecido dinheiro, combustível, cestas básicas e troca de calcário por votos.

   Para o ministro Ricardo Lewandowski, relator do processo, recentes decisões do TSE têm sido baseadas na ideia de evitar a alternância de poder nos municípios e o indiscutível efeito instabilizador na condução da máquina administrativa e no próprio quadro psicológico dos eleitores, tudo a acarretar descrédito para o direito da Justiça Eleitoral.

   Segundo o relator, o plenário do Supremo Tribunal Federal, ao julgar um caso parecido, assentou que "a subtração do titular, ainda que parcial, do conteúdo do exercício de um mandato político é, por si mesma, um dano irreparável. Os mandatos republicanos são essencialmente limitados no tempo e improrrogáveis: por isso, a indevida privação, embora temporária, do seu exercício é irremediável, por definição" .

   "Isso posto, defiro a liminar para que se suspendam os efeitos do Acórdão 18.925/2010 até o julgamento e a publicação do acórdão dos embargos declaratórios e, caso seja interposto regularmente o recurso especial eleitoral, até a publicação da respectiva decisão", afirmou Lewandowski.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Vilson Pacheco | Quarta-Feira, 18 de Agosto de 2010, 09h23
    0
    0

    Concordo plenamente com o Presidente Dr. Levandowski que a alternância da administração nos municipio causa transtornos e instabilidade, mas não seria o caso de uma fiscalização maior por parte da Justiça Eleitoral e/ou o Ministério Público nos dias que antecedem as eleições pois a compra de votos é deslavada e aberta, principalmente nos municipios pequenos

  • Sergio alcantara | Terça-Feira, 03 de Agosto de 2010, 16h52
    0
    0

    Sergio alcantara, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Claudio Lino | Segunda-Feira, 02 de Agosto de 2010, 10h03
    0
    0

    Espero sinceramente que o TRE ou o TSE consigam reverter essa liminar. O povo de Matupá não aguenta mais um sujeito como esse na prefeitura. Só ganhou por conta do dinheiro. É um farsante !!!

Com certidão pra disputar 1ª suplência

dito lucas 400 curtinha   Filiado ao Podemos, Dito Lucas (foto), que entrou de última hora como primeiro-suplente da chapa ao Senado encabeçada por José Medeiros, assegura que vai apresentar novamente sua certidão junto à Justiça Eleitoral, de modo a provar que sua candidatura é legítima....

Um novo embate entre Diane x Adair

diane alves 400 curtinha   Adair José Alves Moreira, que vinha atuando na assessoria do vice-governador Otaviano Pivetta, decidiu mesmo concorrer de novo à Prefeitura de Alto Paraguai. Ele já foi prefeito por duas vezes. Adair será o principal nome da oposição à prefeita democrata Diane Alves (foto),...

Taques ofuscado e sob mira do MPE

pedro taques 400 curtinha   Pedro Taques (foto) achou que o recall dos tempos de senador e governador, ajudando-o a se posicionar de forma razoável nas pesquisas, bem antes do início da campanha, o manteria como favorito na corrida ao Senado. Ledo engano. Não levou em consideração o alto índice de...

2 caciques não disputam Alto Garças

roland trentini 400 curtinha   Após décadas de rixas, de campanhas ostentadoras, rachas e brigas eleitorais intermináveis em Alto Garças, os ex-prefeitos Rolando Trentini (foto) e Júnior Pitucha resolveram não mais concorrer ao Executivo. Mas, um deles segue se movimentando nos bastidores. Pela...

Um ex-prefeito inelegível em Poconé

clovis martins 400   Dificilmente o ex-prefeito petebista Clovis Damião Martins (foto) terá registro de candidatura a prefeito de Poconé deferido pela Justiça Eleitoral. O promotor de Justiça, Mário Anthero, já pediu impugnação do registro do petebista por inelegibilidades. Clovis, que...

Briga em Sinop entre Juarez e Dorner

juarez costa 400 curtinha   Em Sinop, a briga eleitoral caminha para tensão e acirramento entre o emedebista Juarez Costa (foto) e Roberto Dorner (Republicanos). Hoje, o ex-prefeito seria eleito, mas Dorner vem crescendo nas adesões, com ajuda do vice de sua chapa, ex-vereador Dalton Martini (Patriota). O apoio da prefeita Rosana...