Executivo

Segunda-Feira, 01 de Junho de 2020, 15h:45 | Atualizado: 01/06/2020, 15h:58

RETOMADA

Arrecadação cai R$ 200 mi e Mauro fala em economia de R$ 1 bi; "Estado vai bem"

Chico Ferreira - AEDIC

Distrito industrial de Cuiab�

Reabertura da atividade industrial em Cuiabá, em meados de maio, ainda foi capaz de melhorar a arrecadação do Estado, afirma governador Mauro Mendes

A queda na arrecadação do Estado de Mato Grosso em maio chegou a R$ 200 milhões, são R$ 60 milhões a mais de perdas em relação a abril, quando a queda no ICMS chegou a R$ 140 milhões. A informação foi divulgada pelo governador, Mauro Mendes (DEM), em entrevista à rádio Mega FM nessa segunda (1).

Otimista quando ao enfrentamento da crise econômica, Mauro considera que tem feito o dever de casa. “Estamos reduzindo despesas e já economizamos quase R$ 1 bilhão. Não dá para dizer que vamos passar incólumes, mas MT está bem e vai melhorar mesmo com a pandemia”.

Nem mesmo a reabertura da atividade industrial em Cuiabá, em meados de maio, foi capaz de melhorar a arrecadação. Isso porque grande parte das empresas que atuam em MT recebem isenções de impostos como incentivos à criação de empregos.

E ainda o caso do agronegócio que projetou o nome de MT mundialmente com a alta produtividade de grão, como a soja que teve safra recorde de 35 milhões de toneladas. Mas o setor não contribui com a arrecadação e instrumentos legais como a Lei Kandir ficam emperrados.

A Lei Kandir prevê repasses da União para compensar estados exportadores que deixam de recolher ICMS sobre esses produtos. Em maio, foi homologado acordo pelo Supremo e, quando entrar em vigor, Mato Grosso terá direito a R$ 6,5 bilhões. Apesar disso, para se tornar realidade, ainda depende de um longo caminho de debates e votações, por exemplo, no Congresso.

Mauro, que também é empresário do setor industrial, e já defendeu mudanças quanto à taxação do agronegócio, durante a entrevista, se mostrou avesso à ideia de cobrar maiores percentuais de contribuição para exportações.

Em resposta a um ouvinte disse que a taxar agora as exportações “traria mais um colapso, não podemos resolver aqui no Estado porque se trata de legislação federal, e essas indústrias trazem muitos benefícios, pois criam empregos”.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Deucimar vence Covid-19 após 20 dias

deucimar silva 400 curtinha   Após 13 dias numa unidade intensiva e mais sete se recuperando no leito de hospital, o empresário e ex-vereador pela Capital, Deucimar Silva (foto), recebeu alta médica nesta terça. Ele está curado da Covid-19. Ex-presidente da Câmara Municipal, Deucimar ficou emocionado, fez...

Estudo sobre 13º a vereadores de VG

jaqueline jacobsen curtinha 400   A conselheira-substituta Jaqueline Jacobsen (foto) estabeleceu prazo de 120 dias, em sessão de julgamento do TCE por videoconferência no último dia 2, para que o presidente da Câmara de Várzea Grande, Fábio Tardin, realize estudo prévio de impacto...

2 deputados empurrados pra oposição

allan kardec 400   Por causa da bandeira que têm carregado de defensores dos servidores públicos, dois deputados do núcleo do governo começam a caminhar para oposição. Um deles é o pedetista Allan Kardec (foto) que, de tanto ser pressionado pelas chamadas bases para reagir contra a PEC da...

Elogios à gestão proba Mauro Mendes

marcelo oliveira 400 curtinha   O secretário de Estado Marcelo de Oliveira (Infraestrutura e Logística), Marcelo de Oliveira (foto), fez questão de destacar nesta quarta, em entrevista ao vivo ao RDTV, tv web do portal Rdnews, que o governador Mauro Mendes tem se empenhado ao máximo para fazer uma boa gestão,...

2 frentes do MDB e apostas em Cuiabá

gustavo padilha 400 curtinha   O MDB vive uma situação curiosa em Cuiabá. Embora no comando da prefeitura, com Emanuel Pinheiro, o partido só conseguiu reconquistar cadeira na Câmara há três meses, com a filiação de Juca do Guaraná, aproveitando a janela partidária. Em 2016,...

Opositores ganham força em Barra

adilson gon�alves 400 curtinha   Grupos de oposição estão ganhando "musculatura" em Barra do Garças, numa expectativa otimista de derrotar o candidato apoiado pelo prefeito Beto Farias (MDB), o atual vice Wellington Marcos, que está filiado ao DEM. Wellington é considerado nome "pesado"...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.