Executivo

Segunda-Feira, 09 de Setembro de 2019, 11h:58 | Atualizado: 09/09/2019, 12h:26

Herança da copa

Berinho alega ter sido perseguido por ex-governador e promete entregar as obras

O empresário e dono da Engeglobal Construções Robério Garcia reclama que foi perseguido politicamente pelo então governador Pedro Taques (PSDB) em relação ao andamento obras da Copa de Mundo de 2014, que sua empresa é responsável - entre elas o COT da UFMT e o aeroporto. “É evidente. Eu fiquei quatro anos sem receber e todo dia era multa, multa, multa”, disse o empreiteiro à imprensa, na manhã desta segunda (9), após o secretário da Infraestrutura e Logística (Sinfra), Marcelo de Oliveira, fazer vistorias na construção do COT da UFMT que, enfim, chega na reta final.

Rodinei Crescêncio

Rob�rio Garcia, o Berinho, Engeglobal

Robério Garcia, o Berinho, elogia o Governo Mauro Mendes durante vistoria a obras hoje

Trata-se de uma das obras que deveriam ter ficado prontas para a Copa de 2014, mas que só será entregue 5 anos depois.

Berinho - pai do suplente de senador Fabio Garcia, que é presidente do DEM e ligado ao governador Mauro Mendes - relata que, após o término da Copa, o ex-governador Silval Barbosa publicou um decreto paralisando as obras.

A suspensão, segundo ele, foi mantida por Taques. “Durante o governo Pedro Taques, nós continuamos a obra com recursos nossos. O Consórcio investiu aqui R$ 5 milhões, e recebemos R$ 37 mil do Governo. Não deu para concluir, não tinha como concluir”, dispara.

Gestor da Sinfra, o secretário Marcelo de Oliveira, também criticou a Gestão Pedro Taques ao comentar que mudou a forma como administrava os empreendimentos. “Nós queríamos o quê para cidade de Cuiabá? A obra concluída ou você ficar multando a empresa de manhã, de tarde e de noite por não cumprimento de cronograma? Que, na verdade, não era cumprido pelo governo. Não apresentava adequação de projeto, não apresentava adequação de planilha e não fazia pagamento”, disse.

Eu fiquei quatro anos sem receber e todo dia era multa, multa, multa

Robério Garcia

Robério apontou também que os diversos atrasos de todas as obras da Copa, “sem exceção”, se deram por causa da implementação do Regime Diferenciado de Contratação, o RDC - que visava acelerar a execução das obras. “Quando começou as obras, não tinha projeto, não tinha como começar as obras. Uma quantidade enorme de aditivos e de indefinições”, disse.

O empreiteiro elenca ainda outro problema que afetou as obras da Copa em Mato Grosso. "Quanto tinha orçamento, não tinha projeto. Quando tinha o projeto, não tinha o dinheiro. Foi uma confusão total em todas as obras”.

O empresário elega que “houve um problema político” em relação às obras. “Vocês (imprensa) sabem que tenho conexões políticas do Estado”, comenta em referência ao fato de ser pai de Fábio Garcia. Berinho, na esfera privada, também manteve alguns negócios com as empresas do governador Mauro. Mas, para o empresário, tudo são águas passadas. Ele afirmou que, com a mudança de governo, as obras atrasadas serão inauguradas. “O Governo agora é sério, tem responsabilidade e seriedade”.

Obras

Engeglobal, que está em recuperação judicial, ficou responsável por revitalizar o córrego Mané Pinto, na avenida 8 de abril, e pela construção dos centros oficiais de treinamento do Pari, em Várzea Grande, e da UFMT, em Cuiabá - o primeiro está parado e a segunda obra perto de ser concluída. A empresa também não concluiu as obras do aeroporto de Várzea Grande.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Rogerio | Terça-Feira, 10 de Setembro de 2019, 06h41
    1
    0

    Essa família Garcia é uma piada e a engeglobal devia ser banida de licitações, o cara não faz as obras que ram para serem finalizadas no governo silval, depois mete o pau no ataques dizendo que a culpa é dele e agora elogia o MM, tem boi na linha quer obras né...

  • Ademir | Segunda-Feira, 09 de Setembro de 2019, 17h50
    3
    0

    Quem não sabe fazer, agora tenta passar a incompetência para outros, vive de aditivos, de enrolação, péssimos trabalhos, só ver as obras feitas, todas, caindo , como do córrego 8 de abril, os cots, aeroporto, péssima empresa, esta Engeglobal!!!

  • ELIAS | Segunda-Feira, 09 de Setembro de 2019, 16h48
    4
    0

    o coitado... historia pra boi dormir,

Matéria(s) relacionada(s):

De fora da disputa em Rondonópolis

percival muniz 400   O pecuarista Percival Muniz (foto), hoje "mergulhado" nas duas fazendas na região do Xingu, adianta que não será candidato a prefeito de Rondonópolis, posto já ocupado por ele por três vezes. Mesmo com recall junto à população de bom gestor e popular, ele é...

Conselheira e o faturamento familiar

jaqueline jacobsen curtinha 400   Está repercutindo muito mal para a conselheira substituta do TCE-MT Jaqueline Jacobsen (foto) a notícia publicada pelo site O Livre, nesta sexta, de que a sua irmã, advogada Camila Jacobsen, em sociedade com Eveline Guerra, filha da conselheira, são sócias da "Jacobsen &...

Selma vê maior conforto no Podemos

selma curtinha 400   No grupo de WhatsApp "PSL Mulher MT", Selma Arruda (foto) escreveu um texto de despedida do partido. Disse estar chateada "com tudo isso", mas que não perdeu a fé e que o Governo Bolsonaro vai dar certo. Afirma sair do PSL com "coração partido" e que continua com os mesmos ideais no Podemos, onde...

Podemos esperando Selma se salvar

alvarodias_curtinhas   Na busca para ampliar a bancada do Podemos no Senado, o senador Alvaro Dias, derrotado à presidência no ano passado, só correu atrás de Selma, no sentido de convencê-la a se filiar no partido, depois que foi informado que ela tem chances reais de derrubar no TSE a cassação por...

Fávaro e esperança em assumir vaga

carlosfavaro_curtinha   O representante do escritório de MT em Brasília Carlos Fávaro (PSD) está convicto de que a senadora Selma não só será cassada de vez pelo TSE nos próximos meses, como a decisão da Corte lhe permitirá assumir a vaga enquanto não for eleito um novo...

Maturidade e nova visão sobre o TCE

janaina_riva_curtinha   No segundo mandato e sentindo-se mais madura politicamente, apesar de ainda bem jovem – completou 30 anos em 21 de janeiro – a deputada Janaína Riva revela que pensa diferente sobre a indicação de políticos ao cargo de conselheiro do TCE. Ao autorizar os colegas a derrubar a...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Mauro Mendes?

excelente

bom

regular

ruim

péssimo

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.