Executivo

Quarta-Feira, 03 de Junho de 2020, 16h:40 | Atualizado: 03/06/2020, 16h:54

NO DOMINGO

Black blocks estariam planejando atos de vandalismo em manifestação; PM atenta

Rodinei Crescêncio

Cuiab� 301 anos

A Praça Alencastro, no Centro de Cuiabá, é ponto de concentração da manifestação marcada para o próximo domingo, contra o Governo Bolsonaro

Um grupo auto-intitulado anarquista, formado por aproximadamente 20 pessoas, pode estar se organizando para  promover quebra-quebra e atos de vandalismo após a manifestação #ForaBolsonaro-Cuiabá, marcada para o próximo domingo (07). O alerta foi feito por integrantes do movimento estudantil, que flagraram as articulações dos chamados “Black Blocks” em redes sociais e aplicativos de troca de mensagens.

Os potenciais vândalos usam como símbolo um gato preto e mantêm perfis nas redes sociais enaltecendo o movimento antifascista. Ao mesmo tempo, exaltam manifestações violentas e enfrentamentos com a polícia.

apurou que os auto-intitulados anarquistas são os mesmos que promoveram quebra-quebra no Terminal André Maggi, em Várzea Grande, após protesto pela ampliação da integração nas linhas de ônibus. Os atos de vandalismo foram registrados em novembro de 2013.

A organizadora do ato #ForaBolsonaro-Cuiabá, Analu Melo Ferreira, afirma que a organização tem uma Comissão de Segurança. Segundo ela, os membros foram informados e já estão atentos para evitar qualquer distúrbio ao final da manifestação.

O coronel Wancley Rodrigues, diretor operacional da PM, afirmou que o planejamento estratégico para acompanhar a manifestação está pronto. Informa que o objetivo é dispor do efetivo necessário para garantir a segurança dos manifestantes e evitar eventuais danos ao patrimônio público ou de particulares.

Analu reforça que os participantes devem tomar os devidos cuidados por conta do novo  Coronavírus (Covid-19). Por isso, recomenda uso de máscaras, uso de álcool em gel e o distanciamento entre os manifestantes.

“Como os eventos recentes (ou nem tão recentes assim) em torno do governo do presidente Jair Bolsonaro vêm colocando não somente a frágil democracia brasileira em risco como também a saúde da nossa população, chegou a hora de mostrar que nós não aguentamos mais. Bolsonaro não vai descansar enquanto não acabar com os povos indígenas, com as vidas negras, com as mulheres, com o povo LGBTQI+ e por isso nós precisamos fazer algo. Não dá mais para nos calar - eu, pelo menos, não consigo”, diz a convocação no Facebook.

A concentração irá acontecer na Praça Alencastro, às 15h. Depois, os manifestantes devem caminhar pelas avenidas Getúlio Vargas e Barão de Melgaço e realizar ato público na Praça Ipiranga, na região central de Cuiabá.

 O ato está sendo organizado pelo Facebook, na página #ForaBolsonaro-Cuiabá. Até às 15h50 desta quarta  (03), 786 internautas haviam confirmado a participação e 1,4 mil declarado interesse em participar.

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • João | Segunda-Feira, 08 de Junho de 2020, 21h41
    0
    0

    Não, o ato foi feito para denunciar o GENOCIDIO, que acontece contra a classe trabalhadora, principalmente a preta na periferia, para denunciar as políticas fascistas do presidente da República que servilmente repassa 1,2 trilhão de reais pra bancos e deixa o trabalhador morrer por covid-19, contra toda retirada de direitos da classe trabalhadora. O ato aconteceu assim como muitos outros virão como enfrentamento das condições de vida que a maioria da população (classe trabalhadora) está vivendo. E se este tipo de imprensa se presa a ficar anunciando Black bloks, assim como a polícia se preparando pra combater "embustes" que a própria classe dominante cria pra criminalizar quem luta, ela só mostra o servilismo a quem tem poder.

  • Leonildo | Quarta-Feira, 03 de Junho de 2020, 20h09
    0
    0

    Rosino Bomfim, como você é idiota!

  • alexandre | Quarta-Feira, 03 de Junho de 2020, 19h16
    1
    1

    BLACK BLOCKS historicamente sempre foram ligados ao PSOL e ao movimento estudantil, desde quando PSOL é de direita ?

  • Alberto | Quarta-Feira, 03 de Junho de 2020, 18h07
    0
    1

    Infelizmente a extrema direita apoderou da nossa bandeira em nome do ódio e da intolerância. Nacionalismo radical tem muito a ver com nazismo.

  • Dito | Quarta-Feira, 03 de Junho de 2020, 17h50
    2
    1

    Vixi! Só vai dar maconheiro e integrantes do pcc. Salve-se que puder! Canhaen!

  • ROSINO BOMFIM | Quarta-Feira, 03 de Junho de 2020, 17h13
    7
    10

    SÓ CONFIO NOS MOVIMENTOS ONDE OS MANIFESTANTES VESTEM VERDE E AMARELO!!

  • Alberto | Quarta-Feira, 03 de Junho de 2020, 17h12
    9
    4

    Black blocks são anarquistas de extrema direita que se infiltram em manifestações democráticas para promover baderna com objetivo de descaracterizar o ato. Os manifestantes devem estar atentos . O movimento é justo e oportuno. O Brasil vive uma onda de movimentos nazi-fascistas.

Joelson e as traições política e familiar

joelson 400   Dos 23 vereadores pela Capital que vão à reeleição, o que mais deve enfrentar dificuldades para obter êxito nas urnas é o sargento Joelson (foto), que aproveitou a janela de março e trocou o PSC pelo Solidariedade. Primeiro, por causa da atuação pífia. Trata-se de um...

Calistro, dúvida à reeleição e Sumaia

sumaia leite 400 curtinha   Jânio Calistro, reeleito para o 2º mandato de vereador em 2016 e como o mais votado em Várzea Grande, com 3.658 votos pelo PSD, se mudou para o DEM dos Campos, mas ainda avalia se vai encarar o teste das urnas deste ano. Ele se mostra um tanto baqueado, após ficar preso por três meses. E...

Grupos convergem para Emanuelzinho

emanuelzinho 400   O jovem deputado federal Emanuelzinho (foto) está cada vez mais empolgado com a possibilidade de disputar a Prefeitura de Várzea Grande. Até se mudou da Capital para a cidade vizinha, onde montou apartamento no Edifício Maktub. Uma das revelações políticas do PTB, Emanuelzinho tem...

Câmara de ROO e pasta de Controle

orestes miraglia 400 curtinha   A Câmara de Rondonópolis deu de ombros para uma decisão do Tribunal de Justiça e, em primeira votação, aprovou mensagem do prefeito Zé do Pátio, criando a secretaria de Transparência Pública e Controle Interno (SETRACI) em...

Morre pai do secretário da Casa Civil

Mauro Carvalho pai   Faleceu, aos 97 anos, o pai do secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho. O empresário, que também emprestava o nome ao filho, Mauro Carvalho, foi vítima de um infarto nesta quinta (9). A informação foi confirmada pela deputada estadual Janaina Riva (MDB) que publicou nota de...

Deucimar vence Covid-19 após 20 dias

deucimar silva 400 curtinha   Após 13 dias numa unidade intensiva e mais sete se recuperando no leito de hospital, o empresário e ex-vereador pela Capital, Deucimar Silva (foto), recebeu alta médica nesta terça. Ele está curado da Covid-19. Ex-presidente da Câmara Municipal, Deucimar ficou emocionado, fez...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.