Executivo

Quarta-Feira, 27 de Maio de 2020, 18h:58 | Atualizado: 27/05/2020, 19h:10

MEDIDAS ANTICOVID

Chamada de oportunista, Prefeitura evita polêmica e relata ações contra pandemia

Luiz Alves

pronto socorro 680

A Prefeitura de Cuiabá preferiu não entrou em polêmica com o secretário estadual de saúde Gilberto Figueiredo, que classificou a gestão municipal  como “oportunista”  habilitar leitos de hospitais para pacientes com Covid-19  com o objetivo de receber mais recursos. Ao invés de rebater a acusação, o município optou por reafirmar as ações de combate a pandemia do novo Coronavírus.

Segundo a secretaria municipal de Saúde (SMS), de acordo com Plano de Contingência e Mitigação da Covid-19, foram destinados 40 leitos adultos de UTI e 15 pediátricos no antigo Pronto Socorro, além de todos os de enfermaria exclusivamente para os pacientes infectados por coronavírus. A unidade passou a ser Hospital de Referência para Covid-19. Também foram criados ainda 40 leitos de UTI exclusivos para pacientes com Covid-19 no hospital São Benedito.

A SMS informa que a UPA Verdão está pronta e será usada como leitos de retaguarda para o Hospital de Referência, caso necessário. Serão 18 leitos de observação, 6 de estabilização com respirador e 26 de enfermaria.  Já o Hospital São Benedito disponibiliza atualmente 30 leitos de UTI para atender outros agravos. 

Neste contexto, a Prefeitura informa o  Hospital Municipal de Cuiabá- HMC, onde funciona o novo Pronto Socorro da Capital, não receberá pacientes com coronavírus, sendo destinado para outros agravos. O Executivo ainda reitera que trabalha com total zelo a seus munícipes, de forma linear e seguindo as normas da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Troca de farpas

Gilberto Figueiredo esteve na Assembleia na manhã desta quarta (27) para responder questionamentos dos deputados sobre a gestão da saúde na pandemia em Mato Grosso.  Seu ataque a Prefeitura de Cuiabá corrobora com as últimas declarações do governador Mauro Mendes (DEM).

As diferenças entre o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) e o Mauro  têm sido evidenciadas durante a crise da Covid-19. O governador  também já havia criticado a falta de criação de leitos de UTI para atender à pandemia do novo coronavírus em Cuiabá.

No entanto, Mauro foi rebatido por Emanuel que considerou o discurso do governador “lamentável” e "irresponsável", e citou os leitos existentes no antigo Pronto Socorro, que é a referência para Covid-19 na Capital.

Mas Gilberto insistiu que o município não criou leitos novos como fez o Estado. Citou como exemplo da atuação do Estado o Hospital Metropolitano “que converteu somente 10 leitos do em exclusivos para Covid-19, os 100 outros foram criados”.

Para Gilberto Figueiredo , se todos os leitos de Cuiabá forem para atender Covid-19, vai faltar leito de UTI para outras especialidades. A situação de Cuiabá levou a Secretaria Estadual de Saúde (SES)  a encaminhar notificação à gestão de Emanuel e ao Ministério Público Estadual (MPE)  para adotar as medidas.

“Queremos agir antes que tenha um colapso em Cuiabá, porque precisamos saber se o município vai continuar cumprindo com os contratos anteriores e dispor de leitos para outros casos. Não dá para dois pacientes ocuparem a mesma vaga".

Falou ainda das cirurgias eletivas, pois por determinação do Governo Federal, foram interrompidas em Mato Grosso. “Todos se comportaram assim, esperando uma avalanche, mas em Mato Grosso  a curva está atrasada”, afirmou. Contudo, não chegou a falar sobre as medidas de isolamento social, como o fechamento do comércio, que foram tomadas em alguns municípios, como Cuiabá, e que são indicadas pela OMS para conter o avanço do vírus.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Marco Antônio | Quarta-Feira, 27 de Maio de 2020, 19h37
    0
    0

    É mais do que notório, realmente a preocupação do governador Mauro Mendes é com a pessoa do prefeito Emanuel Pinheiro, não está preocupado com o Covid-19 em nada. Preocupado sim com o trabalho e sucesso do prefeito na capital, pois sem dúvidas nenhuma será o seu adversário. Esses seus bate pau são muito fraco. Vai preparando o Fabinho Garcia a surra vai ser grande, depois é você.

Servidores sem pagar os empréstimos

adevair cabral curtinha 400   A Câmara de Cuiabá rejeitou o veto total do prefeito Emanuel e promulgou a Lei 6.547, que suspende por 90 dias o pagamento de parcelas de contrato de crédito consignados tanto dos servidores públicos ativos e inativos da prefeitura quanto da própria Câmara Municipal. A...

Eleição ao Senado junto com municipal

carlos favaro 400 curtinha   A eleição suplementar para uma vaga ao Senado deve ocorrer em MT junto com o pleito municipal, em 15 de novembro. A definição oficial partirá do TSE até o final deste mês. Em princípio, a suplementar estava marcada para abril, mas, por causa da pandemia, foi...

Wellington tem 47 lotados no Senado

wellington 400 curtinha   Com dois meses e meio na cadeira de senador, Carlos Fávaro tem hoje 18 assessores lotados no gabinete, muito aquém do quadro dos colegas Jayme Campos e Wellington Fagundes. O chefe de gabinete de Fávaro é o advogado Irajá Rezende de Lacerda, filho do primeiro-suplente Zé Lacerda....

Cáceres, lockdown e frases de alerta

francis maris 400 curtinha   Em Cáceres, o prefeito Francis Maris (foto) decretou lockdown desde a última segunda, dia 29, como forma de forçar os moradores a permanecer em casa para conter o avanço da Covid-19. Mas as medidas restritivas não estão surtindo tanto efeito na prática. Muitos continuam...

4 prefeitos de MT com coronavírus

luiz binotti 400 curtinha   Pelo menos quatro prefeitos em Mato Grosso já foram diagnosticados com Covid-19. O caso mais recente envolve Luiz Binotti (foto), de Lucas do Rio Verde. Ele aguarda resultado de exames, mas já se encontra em isolamento domiciliar. Com sintomas do novo coronavírus, Binotti decidiu ficar em casa. De um...

Forçando cuiabanos a ficar em casa

emanuel pinheiro 400 curtinha   Acuado por causa do avanço dos casos de Covid-19, o que tem provocado colapso na rede pública de saúde, principalmente em Cuiabá, o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) decidiu adotar medidas mais restritivas para conter circulação e aglomerações de pessoas,...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.