Executivo

Quinta-Feira, 13 de Janeiro de 2011, 08h:10 | Atualizado: 13/01/2011, 11h:19

Palácio Alencastro

Chico 2000 quer integrar a base e critica postura de Emanuel

Chico 2000 quer integrar a base de Galindo e critica Emanuel

Chico 2000   Ao abrir espaço em seu staff para siglas de oposição, o prefeito Chico Galindo (PTB) se tornou motivo de brigas internas no PR. Enquanto o presidente municipal da sigla Elny de Paula e o vereador por Cuiabá Chico 2000 se articulam para conseguir o comando de alguma secretaria, de olho em 2012, membros do diretório estadual estariam mais interessados em afastar a imagem da legenda da atual gestão.

   Entre os que são contra a aproximação, está o suplente de deputado estadual Emanuel Pinheiro, que assumirá a vaga de Teté Bezerra em 1º de fevereiro, hoje secretária estadual de Turismo. Sem papas na língua, Chico 2000 não poupou críticas ao colega de partido. Lembrou, inclusive, que Pinheiro foi secretário municipal de Trânsito e Transporte Urbano durante a gestão do tucano Wilson Santos. "Isso não impediu que ele (Pinheiro) fosse deputado hoje. Não sei porque tenta impedir que o mesmo ocorra agora", afirmou o vereador.

   O parlamentar alega ainda que não é o momento para que o processo eleitoral de 2012  comece a ser discutido e que o fato do PR fazer parte da base governista, não significa que a sigla dará apoio eleitoral a Galindo, numa possível candidatura a reeleição. "Não temos que cuidar da vaidade de alguns deputados. Não é o momento de discutir o processo eleitoral em Cuiabá", ressaltou o vereador. Entre os nome sondados pela sigla para as eleições municipais está o do apresentador e deputado Sérgio Ricardo, do secretário-chefe da Casa Civil, Éder Moraes e da ex-primeira-dama de Mato Grosso, Terezinha Maggi.

   A articulação entre o PR e Galindo vem se desenrolando desde dezembro de 2010, quando, numa viagem à Brasília, o prefeito entrou em contato com o deputado federal e presidente estadual do PR, Wellington Fagundes, para conseguir emendas para a Capital. Na ocasião, o republicano ponderou que a parceria entre as siglas deveria ser discutida institucionalmente. Assim, na última quinta (6),  Elny presidiu uma reunião, que contou com a presença de outros membros da executiva municipal. Na oportunidade, decidiram compor a base governista da gestão petebista.

   De acordo com Chico 2000, ainda não foi debatida a possibilidade de assumir uma secretaria, mas, que se isso ocorrer, será possível que mais um suplente assuma o cargo de vereador. "Precisamos de uma reoxigenação", argumentou o republicano, que seria indicado para compor o staff.

   Logo em seguida, ele lembrou que Misael Galvão estreiou no Legislativo justamente após a saída de Francisco Vuolo, que assumiu a secretaria estadual Extraordinária de Acompanhamento da Logística Intermodal de Transportes. Assim, como o segundo suplente do PR, Oscemário Daltro, hoje é secretário-adjunto da secretária estadual de Cultura, sob João Malheiros, a ideia é que o terceiro da fila, José Antônio da Silva, o Zé do Posto, pudesse ingressar na Câmara. "Ele foi uma pessoa muito importante durante a corrida eleitoral de 2008", pontuou Chico 2000.

Postar um novo comentário

Comentários (23)

  • luiz atos_fatos | Sexta-Feira, 14 de Janeiro de 2011, 16h25
    0
    0

    E "WELTON" (gosta até de velhinhos). os velhinhos de Cuiaba tem muitas nessecidades e esperam do poder publico faça algo, trabalhem juntos independente de interesses politicos e sim o interesses pelo que é melhor pra gente. Ajudem o prefeito, o PR tem muita força, la na frente voces decidem se vao compor ou nao na eleição.

  • Alexsandra V. da silva | Sexta-Feira, 14 de Janeiro de 2011, 13h18
    0
    0

    Muito bem Sergio Ricardo, você quer ser tudo. É deputado estadual, quer ser Primeiro Secretário da Assembléia, quer ir pro tribunal de contas e quer ser prefeito. Não espere ser prefeito para ajudar Cuiabá, comece agora, faça como o PMDB, PP e outros “P” da vida, se não todos vão apanhar do Mauro Mendes.

  • Ricardo Lobo | Sexta-Feira, 14 de Janeiro de 2011, 13h04
    0
    0

    Sou ex presidente do bairro Grande Terceiro e confesso que fico muito triste ao ver que alguns deputados tentam afastar a possibilidade de estarem governando junto com o prefeito, se o problema é a eleição de 2012, ela ainda esta muito longe de acontecer e enquanto isso nada acontece se depender só da prefeitura. Todas as grandes benfeitorias que aconteceram no grande terceiro e região foram através da união de esforços independente de sigla partidária e o PR sempre esteve presente por isso foram campeões de votos na região. Lembre-se que os lideres comunitários tem mais acesso ao povo que os deputados. Prestem atenção, preocupem mais com Cuabá.

  • Romeu | Sexta-Feira, 14 de Janeiro de 2011, 12h50
    0
    0

    E “ WELTON” (GOSTA ATÉ DE VELHINHOS) PRESIDENTE DO PR REGIONAL, NÓS VAI FICA TRISTE COM OÇE. Os velhinhos da capital querem o PR junto para solucionar os diversos problemas que atravessa a nossa cidade, falta entendimento, falta consciência, que pena, falta tudo.

  • Davilson Ginter | Sexta-Feira, 14 de Janeiro de 2011, 12h38
    0
    0

    Acho muita prepotência de algumas autoridades menosprezar uma aproximação partidária com o município que com certeza quem ganhará é a capital. Ficam discutindo interesses pessoais de alguns que preferem ver o barco afundando para ter discurso político amanha. Quem perde com isso é Cuiabá! Desçam do salto deputados do PR todos tiveram votos em Cuiabá.

  • ROSA | Quinta-Feira, 13 de Janeiro de 2011, 17h51
    0
    0

    parabens ao vereador chico 2000, ele é homem de conduta, trabalhador, honesto e sempre olha pelo interesses do povo dentro das suas possibilidades, e se ele nao faz mais é porque não deixam fazer , não dão oportunidade , mas sabe porque porque eles tem medo, sabe que o chico trabalha duro, não tem hora e nem final de semana, ele tambem não é homem de ficar babando e puxando o saco desses do poder, ele quer ser reconhecido com o seu trabalho e ele só quer oportunidade, deixa o homem trabalhar gente, dêem oportunidade pra ele ai voces vão vê. valeu chico 2000 continue atras dos seus objetivos.

  • José Batista Azevedo | Quinta-Feira, 13 de Janeiro de 2011, 17h49
    0
    0

    Parabens Vereaor Chico 2000, a base partidária precisa ser prestigiada. O senhor foi o melhor que passou pela infra estrutura do Município de Cuiabá, foi quando esta secretaria funcionou. Não deu ouvido aos "Pinheiros" da vida.

  • ROSANGELA | Quinta-Feira, 13 de Janeiro de 2011, 17h45
    0
    0

    A EXECUTIVA DO PR TEM QUE OLHAR MAIS PARA O NOBRE VEREADOR CHICO 2000, HOMEM TRABALHADOR, LUTA PELOS NOSSOS BAIRROS E POR MUITAS OUTRAS CAUSAS, NAO É COMO UNS E OUTROS QUE SÓ PENSA EM SEU PROPRIO INTERESSE, ESPERO VEREADOR QUE ALGUEM TOME A INICIATIVA E COLOQUE VOCE ONDE VOCE MERECE, PARABENS.

  • Eronides Dias da Luz | Quinta-Feira, 13 de Janeiro de 2011, 17h44
    0
    0

    Com inteira razão o Vereador Chico 2000. Afinal de contas, os suplentes de Vereador também foram importante no processo eleitoral, ajudando compor a legenda. Entendo que a discussão no ambito Municipal deve ficar na alçada dos Vereadores, que são aqueles que estão diretamente ligados aos problemas locais. O Diretorio Regional está mais por fora do que português no samba.

  • GLEBER | Quinta-Feira, 13 de Janeiro de 2011, 17h38
    0
    0

    A EXECUTIVA DO PR PRECISA OLHAR MAIS E PRESTIGIAR SEUS ALIADOS, ISSO MESMO CHICO 2000 PARABENS E SUCESSO.

Pátio, vice, o MDB e ex-secretário

adonias fernandes 400 curtinha   Em Rondonópolis, o prefeito Zé do Pátio não desistiu de vez do seu antigo partido, o MDB, no qual militou por mais de duas décadas. Embora em rota de colisão com alguns líderes emedebistas, Pátio ainda tem bom contato com o ex-padrinho político, o...

Prefeito de Sapezal e aditivo com 15%

valdecir casagrande 400 curtinha sapezal prefeito   O prefeito de Sapezal, Valcir Casagrande (foto), autorizou o quarto aditivo de um contrato sem licitação, firmado em 2019 entre o município e a Casa de Saúde Santa Marcelina. Chamam atenção o valor e o aumento. A continuidade do atendimento aos...

Partidos acirram disputa a vice de Léo

leonardo 400 curtinha   Em Primavera do Leste, o prefeito emedebista Léo Bortolin (foto), um dos mais bem avaliados gestores mato-grossenses, convive com uma disputa acirrada de pretendentes ao cargo de vice-prefeito de sua chapa. A corrida por novo mandato está tão confortável que Léo praticamente não tem...

MDB e PRB devem se juntar em ROO

luizao 400 curtinha   Ao menos dois blocos de oposição em Rondonópolis estão levando a sério a observação do ex-governador e ex-senador Blairo Maggi, para quem Zé do Pátio ganharia a reeleição numa boa se o município tiver várias candidaturas. Ou seja, quanto...

Parlamentares numa disputa cômoda

thiago silva 400 curtinha   Parlamentares que estão se aventurando na disputa a prefeito nada têm a perder. Não precisam nem se afastar dos mandatos para concorrer ao pleito. Em caso de derrota nas urnas de novembro, continuam com suas cadeiras garantidas até 2022 (situação de estadual e federal) e...

Sob recall e apoiamento de Bolsonaro

roberto franca 400 curtinha   Mesmo isolado e sem grupo político da época em que foi prefeito por duas vezes, Roberto França (foto), filiado ao nanico Patriota, não desiste da pré-candidatura em Cuiabá. E há um motivo forte que o deixa empolgado. Seu nome vem se consolidando como o segundo nas...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.