Executivo

Quarta-Feira, 13 de Novembro de 2019, 12h:14 | Atualizado: 13/11/2019, 12h:29

Reforma da Previdência

Conselho pede vista e analisa proposta; Previdência complementar pode ser criada

Todos os membros do Conselho do MT Prev, sob justificativa de que precisam estudar melhor a proposta da Reforma da Previdência de Mato Grosso, pediram vistas do projeto apresentado pelo Executivo, que segue as mesmas normas aprovadas pelo Congresso Nacional na reforma feita pelo Governo Federal. Eles terão cinco dias úteis para analisar, sendo que, no decorrer deste prazo, haverão várias reuniões com técnicos do governo. O Palácio Paiaguas se diz aberto ao diálogo, mas tem pressa porque há expectativa de que o rombo previdenciário seja de R$ 31,1 bilhões até 2029.

O apurou que, nos bastidores, uma das preocupações dos membros é com o teto pago aos pensionistas. Ciente da situação, o Executivo planeja encaminhar, junto com a reforma estadual, uma previdência complementar. Ela poderá ou não ser aderida pelos servidores dos Poderes Judiciário, Executivo e Legislativo, além de órgãos do Tribunal de Contas e Ministério Público.

Christiano Antonucci

Mauro previd�ncia

Governador Mauro Mendes conduz reunião e apresenta dados sobre o rombo da previdência. Desembargador Perri e José Antônio 

Na reunião do conselho, que durou três horas nesta quarta (13), o presidente do MT Prev Elliton Souza expôs que mais de 50% dos aposentados têm entre 40 a 55 anos, enquanto somente 7,28% têm mais de 65 anos. Segundo levantamento do governo a reforma vai gerar uma economia de até R$ 6,1 bilhões até 2029. Mesmo com o projeto, a previdência ainda vai fechar as contas no vermelho no final dos próximos dez anos.

Estamos dispostos a construir a melhor situação para o Estado de Mato Grosso e sociedade

Mauro Carvalho

O secretário-chefe da Casa Civil Mauro Carvalho reconhece que as medidas não vão zerar o rombo da Previdência. “Ele vai ser mitigado”, disse a jornalistas depois da reunião com os membros do MT Prev. E acrescenta: “logicamente, que existe um início de recuperação de receita, mas depois o deficit continua e muito menor que a situação que estamos hoje”.

Cita que, atualmente, o Estado tira R$ 115 milhões de outras fontes para pagar os aposentados. “Esse ano vai faltar 1,3 bilhão. O que significa isso para a sociedade? Significa menos investimento na saúde, infraestrutura, segurança, educação. Todo mundo tá pagando essa conta”, ressalta.

Mauro avalia que, para continuar a previdência da forma que está, só aumentando impostos. “A sociedade está disposta a dobrar o valor da energia elétrica? A sociedade está disposta a criar um novo Fethab? Ninguém está disposto a isso. Nessa reforma, que está sendo proposta hoje, não interfere na vida do cidadão”.

Após o prazo para análise e discussões, os membros do conselho do MT Prev voltarão a se reunir e discutir o projeto da reforma da previdência estadual. “Estamos dispostos a construir a melhor situação para o Estado de Mato Grosso e sociedade. Tudo aquilo que vier, como sugestão, para melhorar ainda mais esse projeto do Governo Federal, estamos aberto a discussão”, disse Mauro. Em seguida, a discussão ocorrerá na Assembleia Legislativa.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Alberto | Quinta-Feira, 14 de Novembro de 2019, 07h47
    1
    0

    E quais são os servidores que se aposentam cedo no Estado? Só pode ser policial militar, que ironicamente estão fora da reforma da União. Então, vão continuar se aposentando cedo e encarecendo a conta, ou seja, será uma reforma podre.

  • Robertinho Kanashiro | Quarta-Feira, 13 de Novembro de 2019, 23h10
    0
    0

    Na moral!!! Nesse país, quem trabalha honestamente só tnc!!! Q país é esse???

Matéria(s) relacionada(s):

Denúncia, psiquiatria e agora atestado

elizabeth 400 curtinha   Lotada como técnico-administrativo do RH do Hospital Metropolitano da Capital, Elizabete Maria de Almeida (foto), recorreu a um psiquiatra uma semana depois de registrar um BO e, sem apresentar provas, acusar o prefeito Emanuel de negociata, inclusive com dinheiro vivo para vereadores, com vistas a...

Título de Cidadã para senadora goiana

janaina riva 400 curtinha   A Assembleia fará sessão solene nestes últimos dias de 2019 para prestar homenagem a várias personalidades de diferentes segmentos e profissões. Uma das que serão condecoradas com o Título de Cidadã Mato-Grossense é a goiana Kátia Regina de Abreu,...

Francis sem os vereadores do partido

cesare 400 curtinha vereador caceres   A administração Francis Maris em Cáceres se tornou tão emblemática que perdeu apoio dos dois únicos vereadores do seu partido, o PSDB, na Câmara Municipal. Os tucanos Valdeniria Dutra e Claudio Henrique integram hoje o bloco de oposição ao prefeito,...

Gilberto prestigia sobrinho na Câmara

marcelo oliveira 400 curtinha   Depois de 11 meses sem pisar os pés na Câmara Municipal de Cuiabá, o vereador licenciado Gilberto Figueiredo, secretário estadual de Saúde e um dos pré-candidatos a prefeito do grupo do governador Mauro, apareceu neste sábado na sede do Legislativo, no ato que marcou a...

Suplente que terá 2 anos de mandato

adilton da levante 400 curtinha   Derrotado à reeleição em 2016, Adilson da Levante (foto) reassumiu cadeira de vereador pela Capital desde janeiro deste ano e deve prosseguir no cargo até o final do mandato, em dezembro de 2020. É que o titular Gilberto Figueiredo, que se elegeu pelo PSB e vai migrar para o DEM,...

PSDB veta Taques e vai priorizar Leitão

paulo borges 400 curtinha   O comando regional do PSDB não vai dar chance para Pedro Taques, caso este ensaie concorrer ao Senado com a provável suplementar, já no início de 2020 com a iminente cassação do mandato de Selma. Embora tenha dito que hoje se dedica à advocacia e à vida de professor...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.