Executivo

Quarta-Feira, 30 de Janeiro de 2019, 11h:05 | Atualizado: 30/01/2019, 11h:09

comjuve

Emanuel sanciona criação de conselho para participação da juventude na gestão

Davi Valle

Comjuve

Emanuel Pinheiro (MDB) e membros do Comjuve durante assinatura da criação do conselho

O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) sancionou nesta segunda (28) legislação que trata da criação e organização estrutural do Conselho Municipal de Juventude (Comjuve). O Conselho, aprovado pela Câmara de Cuiabá, está vinculado a secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo e tem como principal objetivo participar da elaboração e execução de políticas públicas voltadas para a juventude cuiabana.

De acordo com a lei, o órgão será formado por 20 membros titulares - e respectivos suplentes -, divididos entre componentes de diferentes esferas do poder público e da sociedade civil organizada. Irão entregar do corpo do Comjuve representantes dos grupos de juventude da mulher, étnico-racial, LGBTQI+, religioso, trabalhador, estudantil universitário, estudantil secundarista e cultura urbana.

“Temos alguns passos importantes para dar ao longo da nossa gestão e a criação do Comjuve é um deles. Por meio dessa lei, estamos chamando efetivamente a juventude para dentro da administração e criando uma ferramenta que garante a participação concreta na criação de políticas voltadas para melhorar nossa cidade. Os jovens são todos cheios de desejos de lutar por igualdade de direito e coube a nós, como poder público, encontra uma forma de assegurar esse espaço a eles”, comentou  Emanuel.

A lei estabelece ainda que o órgão contribua na fiscalização e cumprimento de legislação que assegure os direitos dos jovens; acompanhar, analisar e apresentar sugestões em relação à implantação de ações governamentais na esfera municipal; desenvolver estudos e pesquisas, objetivando subsidiar o planejamento das políticas públicas; propiciar a inclusão, visando à cidadania plena; e realizar a cada dois anos a Conferência Municipal de Juventude, aberta a toda população.

“Ao longo do tempo, toda juventude tem sua luta, seu objetivo e sabe aonde quer chegar. O que eu vejo nesse Conselho não é diferente. Todos esses jovens tem uma história, uma vertente distinta, mas juntos querem chegar a um grande objetivo. Fui eleito o deputado federal mais jovem da história de Mato Grosso, mas quando encerrar meu mandato quero ser reconhecido como o parlamentar que mais trabalhou e ajudou a melhorar a vida das pessoas. Esse também é o meu desejo para aqueles que irão compor o Comjuve”, destacou o deputado federal diplomado Emanuelzinho (PTB).

Para o presidente da Associação Mato-grossense de Estudantes Secundaristas (AME), Juarez França, é importante ressaltar que a o Conselho traz consigo toda pluralidade e diversidade da juventude de Cuiabá. “Esse não será um órgão que irá representar apenas o anseio de um determinado grupo, mas sim de todos os jovens da baixada cuiabana. Nosso objetivo é ser referência, com um trabalho efetivo e as condições necessárias para lutar por todos. Essa lei nos dá uma maior liberdade para contribuir com o poder públicos na formulação e implementação de ações voltadas aos jovens”, disse o presidente.

A presidente do Conselho Estadual de Juventude, Thaís Brasil, destacou que quando a sociedade civil trabalha em harmonia com o poder público os ganhos para a juventude se tornam ainda maiores. “A criação desse Conselho é um exemplo de vitória. Sabemos que a Capital representa muito para a juventude de todo nosso Estado, por isso parabenizamos as pessoas que lutaram pela construção desse projeto. Temos a certeza de que esse grupo trabalhará lado a lado com o Conselho estadual”, pontuou Thaís.

Também participaram do ato o secretário municipal de Cultura, Esporte e Turismo, Francisco Vuolo, o vice-reitor da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Prof. Evandro Aparecido, e o diretor-geral do campus Cel. Octayde Jorge da Silva, do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT), Cristovam Albano da Silva Júnior.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Murilo | Quinta-Feira, 31 de Janeiro de 2019, 08h35
    0
    0

    Populismo barato! Quando é que o povo vai aprender...

  • xico | Quarta-Feira, 30 de Janeiro de 2019, 14h36
    0
    2

    ESPANANDO PARA TODO LADO, POBRE PREFEITURA DE CUIABA.

Matéria(s) relacionada(s):

Prefeitos e dinheiro público com shows

marquinhos do dede curtinha   Algumas prefeitos estão aproveitando datas comemorativas, como o aniversário de seus municípios, para promover farra artística com dinheiro público. Em Paranatinga, por exemplo, o prefeito Marquinhos do Dedé (foto) autorizou gastar R$ 115 mil em dois shows dentro da...

Possível duelo entre Pátio e Sachetti

adilton sachetti curtinha   Em 2008, Adilton Sachetti (foto) era prefeito de Rondonópolis e, com a máquina a seu favor, tentou a reeleição e, mesmo assim, foi derrotado por Zé do Pátio. No próximo ano, 12 anos depois, os dois devem se enfrentar de novo nas urnas. Agora em posições...

Situação de emergência na MT-100

As péssimas condições de trafegabilidade da MT-100, agravadas por ingerências e irresponsabilidade de empreiteiras que fizeram obras pela metade, levaram o governo estadual a decretar situação de emergência no trecho entre Torixoréu e Pontal do Araguaia e sob interferência da Defesa Civil. Com isso, está sendo possível executar obras paliativas sem licitação, uma forma de amenizar o transtorno,...

Após governador, prefeito vai à Bolívia

francis maris curtinha   Duas semanas depois do governador Mauro e dois secretários terem ido à Bolívia tratar da comercialização do gás e do fornecimento de ureia para MT, o prefeito de Cáceres Francis Maris (foto) e sua vice Eliene Liberato vão fazer igual. Ambos ficarão 10 dias em...

Articulação rumo ao Palácio Alencastro

cidinho curtinha   Continua repercutindo nos meios sociais, políticos e empresariais a festa do ano realizada em Cuiabá, na última quarta, pelo ex-senador Cidinho (foto). Para comemorar o cinquentenário e Bodas de Prata com a esposa Marli Becker, ele recebeu mil convidados, desde grandes empresários do PIB...

Câmara, Misael, corte de VI e pepino

misael galvao curtinha   Sobrou para o presidente da Câmara de Cuiabá, Misael Galvão (foto), o pepino de providenciar o corte de uma fatia generosa da VI dos vereadores por Cuiabá. Isso porque, o Supremo decidiu que os parlamentares poderão receber, a título de reembolso, até 60%  dos...

ENQUETE

Tramita na Câmara Federal o projeto 832/2019, do deputado José Medeiros, requentando uma proposta de 2007 do então deputado Jair Bolsonaro, propondo extinguir o Exame da Ordem como exigência para inscrição na OAB e, assim, poder exercer a profissão. O que você acha disso?

Concordo - esse Exame tem de acabar

Discordo - bacharel precisa, sim, se submeter ao Exame

Sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.