Executivo

Quinta-Feira, 31 de Janeiro de 2019, 12h:00 | Atualizado: 31/01/2019, 18h:04

Arapongagem

Sema e Abin cooperam para combater o desmatamento e venda ilegal de madeira

Gcom

Abin Sema Mauren Lazaretti

Fábio de Oliveira, da Abin e secretária Mauren Lazzaretti assinaram o acordo nesta semana

A Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema) e a Agência Brasileira de Inteligência (Abin) firmaram Termo de Cooperação Técnica (TCT) para fortalecimento das ações de inteligência. O acordo prevê colaboração mútua entre as instituições por meio de intercâmbio de dados e informações, capacitação técnica e acesso a banco de dados.

A Abin foi criada nos anos 1990, durante o Governo Fernando Henrique Cardoso (PSDB), em substituição ao extinto Serviço Nacional de Informação (SNI). Seus agentes, apelidados de  arapongas, abasteciam a ditadura militar com informações, inclusive sobre as chamadas atividades subversivas que eram duramente reprimidadas e outros temas de interesse nacional.

Para o superintendente estadual da Abin, Fábio de Oliveira, não se faz ações de inteligência sem cooperação e o termo firmado com a Sema possibilitará capilaridade das ações da agência no Estado. “Já viemos de uma parceria com a Sema para capacitação dos servidores com os cursos que oferecemos e agora a integração do banco de dados é um dos nossos objetivos principais, fortalecendo as ações de investigação”, destacou durante a assinatura do TCT no início desta semana.

A secretária estadual de Meio Ambiente, Mauren Lazzaretti, concorda com a importância da integração do banco de dados. “É importante usarmos melhor nossos ativos e por meio de cooperações técnicas como esta poderemos obter melhores resultados com menor esforço”. A gestora destaca que as ações terão um olhar especial para o Cadastro Ambiental Rural (CAR) e melhor controle do transporte florestal e da cadeia de custódia da comercialização de madeira.

Pelo acordo, enquanto a Abin se dispôs a realizar a capacitação técnica dos servidores, a Sema irá via Webservice, acesso aos dados que compõe os bancos de dados dos sistemas mato-grossenses de gestão florestal (Sisflora), de licenciamento ambiental (Simlam) e Cadastro Ambiental (Simcar). As instituições se comprometeram com a confidencialidade de informações e em utilizar as informações somente em processos formais instituídos. (Com Assessoria)

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

Lúdio e incógnita sobre quem apoiar

ludio cabral 400 curtinha   Em 2010, com PT rachado, o hoje deputado estadual Lúdio Cabral (foto) não apoiou Carlos Abicalil, do seu partido, para o Senado. Preferiu virar cabo eleitoral de Pedro Taques, que se elegeu. Agora, para este pleito suplementar ao Senado marcado para 26 de abril, para preencher a vacância devido...

Cotado à cadeira de desembargador

francisco faiad 400 curtinha   É forte o movimento nos bastidores entre os juristas, dentro e fora da OAB/MT, pela indicação do nome de Francisco Faiad (foto) pela classe Quinto Constitucional à cadeira de desembargador. Bem articulado e com bom conceito no meio jurídico, Faiad foi presidente da OAB/MT por dois...

Pivetta promete permanecer no PDT

allan kardec 400 curtinha   O empresário Otaviano Pivetta, que se tornou o mais badalado nesta fase de pré-campanha ao Senado por causa da grande logística em torno do seu nome, se encontra numa saia-justa. Para líderes do Podemos com os quais passou a ter afinidade política, como os senadores Álvaro Dias e...

Ao Senado, 2 partidos e apoio para EP

elizeu nascimento 400 curtinha   Elizeu Nascimento (foto), terceiro-sargento PM licenciado, não é nada bobo. Ex-vereador pela Capital e no mandato de deputado estadual, Elizeu hoje controla o DC-MT e ainda levou aliados de confiança para o PSL-MT, partido que ainda está ligado ao presidente Bolsonaro e que só de...

Digital de Selma no apoio para Pivetta

olga lustosa curtinha 400   Mesmo com laços antigos de amizade com Otaviano Pivetta, Olga Lustosa, que está se desligando do cargo de assessora do gabinete da senadora cassada Selma Arruda em Brasília, causou aquele climão dentro do Podemos quando apareceu no encontro do PDT, neste sábado. O ato marcou o...

Fritado ao Senado, Galvan deixará PDT

antonio galvan 400 curtinha   Como já esperado, o presidente da Aprosoja, Antonio Galvan (foto), foi mesmo patrolado dentro do PDT estadual na tentativa de concorrer ao Senado na suplementar de abril. Com a decisão oficial do partido de lançar o vice-governador Otaviano Pivetta à disputa, Galvan agora pensa em sair da...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.