Executivo

Segunda-Feira, 04 de Fevereiro de 2019, 16h:41 | Atualizado: 04/02/2019, 20h:43

Mauro não vai na AL nem a Brasília para preparar o parcelamento da folha salarial

Rodinei Crescêncio

Mauro Mendes, Rog�rio Gallo e Otaviano Pivetta

Mauro Mendes, com secretário Rogério Gallo e vice Otaviano Pivetta, trata da folha salarial

O governador Mauro Mendes (DEM) não compareceu na abertura do ano legislativo da Assembleia nem viajou a Brasília para participar da reunião com o ministro da Justiça Sérgio Moro onde foi apresentada a Lei Anticrime, nesta segunda (4), para tratar folha de janeiros dos servidores públicos estaduais.   Por isso, passou a manhã reunido com o secretário estadual da Fazenda, Rogério Gallo, e com os demais integrantes da equipe econômica. À tarde, iniciou a elaboração do calendário de pagamento, que deve ser concluído nos próximos dias.  

Coube ao chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, ler a mensagem ao Legislativo prometendo manter os repasses aos municípios em dia para evitar pedaladas fiscais. Em Brasília,  Mauro foi representado pelo secretário estadual de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, que avalia que a Lei Anticrime de Moro atende as necessidades de Mato Grosso. 

A expectativa é que neste mês os salários sejam parcelados,   ou seja, todos serão contemplados já na primeira parcela, respeitando um teto estabelecido de acordo com o caixa do Palácio Paiaguás. Por exemplo, um servidor que recebe R$ 4 mil por mês, se o teto determinado for este para cada servidor, ficará com o salário quitado e os demais que ganham mais do que isso vão receber somente este valor e o restante em outras parcelas.

“Os mais de 100 mil vão receber um valor que o caixa permitir. O que a arrecadação permitir no dia 10. À medida que tivermos a disponibilidade financeira, vamos complementando esses valores”, declarou Mauro, durante reunião com membros do Fórum Sindical,  logo nos primeiros dias de gestão.

Conforme o democrata, tal forma de escalonamento só não foi feito já na folha de dezembro, paga em janeiro,  por questões técnicas. No mês passado, o pagamento foi feito de acordo com o nível salarial, sendo concluído somente dia 30.

A mesma formula para quitar a folha salarial é utilizado  no Rio Grande do Sul. Foi adotada em 2014, na administração do ex-governador José Ivo Sartori (MDB), que chegou a pagar os salários em até 4 vezes. No ano passado, o emedebista perdeu a tentativa de reeleição no segundo turno e o sucessor Eduardo Leite (PSDB), apesar das promessas de campanha dizendo o contrário, manteve o escalonamento neste início de gestão.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Armindo de Figueiredo Filho | Segunda-Feira, 04 de Fevereiro de 2019, 23h22
    0
    0

    Complementando.....Corr....>>>LRF e não LED......Fim de papo...

  • Eleitor | Segunda-Feira, 04 de Fevereiro de 2019, 20h11
    1
    0

    É UM ABSURDO ESTE GOVERNADOR QUE FOI ELEITO FALANDO QUE O FALTAVA NO ESTADO ERA GESTÃO DO PEDRO TAQUES ,,,MAS O PEDRO TAQUES PELO PAGAVA NO DIA 10 E ALGUMAS VEZES PAGOU DIA 21..AGORA O TODO COMPETENTE MAURO MENDES NAO CONSEGUE PAGAR OS SALÁRIOS E FICA COM ESTA ESTORIA DE PARCELAMENTO.. EU PERGUNTO O SALARIO DO GOVERNADOR E SEUS SECRETÁRIOS ESTÃO PARCELADOS? E SE ESTIVER É SO PARA FAZER MARKETING PORQUE ELES TEM CARRO OFICIAL PARA RODAR A VONTADE E OS SERVIDORES TEM QUE IR TRABALHAR POR SUAS CONTAS... ESTE GOVERNO EM POUCO DIAS JÁ MOSTROU QUE É PIOR DO QUE PEDRO TAQUES...

  • joaoderondonopolis | Segunda-Feira, 04 de Fevereiro de 2019, 19h16
    4
    0

    Governador disse que vai cumprir os repasses dos poderes em dia. Isto é uma vergonha, enquanto os servidores estão sendo perseguidos pelo governador. Greve geral, com certeza a justiça que está em dia com os salários, inclusive com a RGA e aumento do repasse, deve decidir contra a greve. É uma vergonha como diz Boris Casoy.

  • SERVIDOR CARREIRA SEM RGA | Segunda-Feira, 04 de Fevereiro de 2019, 18h33
    1
    0

    Ja saiu nos corredores do Palacia paiaguas que sera uma parcela de 2.000,00 e o restante em 4 vezes sem juros ao longo de 40 dias. PREPAREM O LOMBO BUGRADA

  • Alcides neto | Segunda-Feira, 04 de Fevereiro de 2019, 18h16
    3
    0

    É bom q isso aconteça assim vamos trabalhar parcelados tbem, mesmo porque esse é mais um que vai ter a resposta nas urnas, vai pelo mesmo caminho do Pedro mentiroso, vai se danar

  • Armindo de Figueiredo Filho | Segunda-Feira, 04 de Fevereiro de 2019, 17h22
    20
    0

    Explicações de outros Estados...não interessam aos servidores de MT....ORA BOLAS!!! Cada um , com os seus problemas . Isso, e problema de gestão...Há muito...vem desrespeitando a LED! ISSO É BRINCADEIRA!! Fim de papo...

Matéria(s) relacionada(s):

Manobra e esperteza de uma senadora

Selma Arruda ganhou o noticiário nacional por causa de uma iniciativa marcada pela esperteza. Apresentou na segunda uma emenda ao projeto dos partidos que abria brecha para beneficiá-la num processo eleitoral que pode resultar na cassação do seu mandato. O texto do projeto, segundo informa o Estadão, foi posto em discussão no Senado nesta terça, mas foi derrubado. Assim que foi questionada sobre a alteração que propunha, a senadora...

Análises animadoras sobre gestão EP

emanuel pinheiro 400 curtinha   A equipe estratégica do prefeito Emanuel Pinheiro (foto), que vem analisando erros e acertos da administração em Cuiabá, ficou entusiasmada com resultado de pesquisas qualitativas internas que não só trazem o prefeito com boa avaliação e com chances reais de...

Dodge confunde MT com Maranhão

Raquel Dodge_curtinha   Em seus últimos dias à frente da PGR, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, deixou passar uma gafe no parecer que deu contra a ação que visa revogar limitação da RGA dos servidores públicos de MT. Ao citar que a ação trata da...

Wenceslau Jr age com oportunismo

wenceslau curtinha   O presidente da Fecomércio-MT, Wenceslau Júnior (foto), cotado para disputar a Prefeitura de Cuiabá pelo PSL em 2020, agiu com oportunismo ao se aliar aos vereadores da oposição para trazer o prefeito de Colatina (ES) Sérgio Menghelli para palestrar com objetivo de “queimar”...

Deputados devem "matar" as sessões

A tendência é das quatro sessões ordinárias da semana não ocorrerem na prática. Em princípio, os deputados estavam mobilizados para uma audiência pública nesta terça com vistas a discutir a LDO-2020, mas foi transferida para o próximo dia 30. Como na semana passada, os parlamentares participaram do que chamam de mutirão convocado pela Mesa Diretora, sob pena de terem salário cortado, e votaram 53 projetos...

Filiação no Senado e ato em Cuiabá

selma arruda 400 curtinha   Selma Arruda (foto), com mandato de senadora cassado desde abril pelo TRE e no cargo por força de recursos no TSE, se filia oficialmente ao Podemos nesta quarta, às 14h, no Salão Azul, do Senado, logo após participar de um almoço com as principais lideranças do seu novo partido....

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Mauro Mendes?

excelente

bom

regular

ruim

péssimo

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.