Executivo

Terça-Feira, 24 de Setembro de 2019, 12h:45 | Atualizado: 24/09/2019, 18h:35

CÚPULA DO CLIMA

Mauro contabiliza 1 mi de toneladas em crédito de carbono e quer compensação

O governador Mauro Mendes (DEM) voltou a defender na Cúpula do Clima, em Nova York, que países desenvolvidos paguem compensações financeiras a Mato Grosso pela manutenção da floresta em pé. O democrata calcula que o Estado tenha 1 milhão de toneladas em crédito de carbono para ser comercializado com o mundo.

Mauro tem citado um estudo da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) de 2017, feito com base no Cadastro Ambiental Rural (CAR), que afirma que o Estado tinha até aquele período 64,77% de vegetação preservada e protegida.

A fala do governador foi feita na sede da Rainforest Alliance, organização não governamental que certifica negócios com responsabilidade ambiental.

“É importante saber o papel que as florestas têm e agirmos de maneira mais objetiva para fazer a sua proteção. Nos últimos 10 anos, aquilo que nós recebemos pelos ativos ambientais que nós temos é muito aquém do esforço que nós estamos fazendo, e acima de tudo, muito aquém do que ainda podemos fazer recuperando muitas áreas que no passado foram devastadas”, disse Mauro em publicação nas redes sociais.

Ele defendeu que o restante do mundo precisa “agir de forma mais objetiva na proteção das floretas tropicais, como é o caso da região amazônica” e cobrou “comprometimento” com as compensações financeiras em razão da manutenção dos ativos ambientais do Estado.

“Mas, para isso, é necessário que sejam criados mecanismos de compensação, porque no discurso existem muitas pessoas falando sobre isso no mundo. O que queremos fazer, como cidadãos de um país, cidadãos do mundo, é que esse esforço de Mato Grosso, do Brasil, seja compartilhado. Estaremos em Mato Grosso fazendo aquilo que muitos estão cobrando e muitas regiões do planeta não estão fazendo”, escreveu o democrata.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

Sem elo com a servidora denunciante

abilio 400 curtinha   Sob investigação da Comissão de Ética da Câmara de Cuiabá por causa de reincidentes casos de quebra de decoro, Abílio Brunini (foto), em nota, contesta o colega Juca do Guaraná, que divulgou imagens e afirmou que o vereador do PSC esteve no Hospital São Benedito e...

Goleada na cassação no TRE e no TSE

edson fachin 400 curtinha   No TRE-MT, em abril, a juíza aposentada e senadora Selma Arruda, que trocou o PSL pelo Podemos, teve o mandato cassado por unanimidade. No julgamento do recurso da parlamentar no TSE, nesta terça, o placar também foi "elástico": 6 a 1. Somente o ministro Edson Fachin (foto) votou acatando o...

PP não quer se desgrudar do prefeito

vanderlucio 400 curtinha   O PP de Cuiabá está mergulhado na gestão Emanuel Pinheiro, inclusive, comandando três secretarias com Vanderlúcio Rodrigues (foto), de Obras Públicas e que preside a legenda na Capital, Francisco Vuolo (Cultura, Esporte e Turismo) e Débora Marques (Agricultura, Trabalho e...

1º projeto beneficia a Grande Cáceres

leonardo 400 curtinha   O deputado Leonardo (foto) conseguiu aprovação de um projeto na Câmara Federal que amplia prazo sobre registro de imóveis na fronteira, beneficiando a região Oeste, especialmente Cáceres, que faz fronteira com a Bolívia. A matéria agora segue para o Senado. A...

Denúncia, psiquiatria e agora atestado

elizabeth 400 curtinha   Lotada como técnico-administrativo do RH do Hospital Metropolitano da Capital, Elizabete Maria de Almeida (foto), recorreu a um psiquiatra uma semana depois de registrar um BO e, sem apresentar provas, acusar o prefeito Emanuel de negociata, inclusive com dinheiro vivo para vereadores, com vistas a...

Título de Cidadã para senadora goiana

janaina riva 400 curtinha   A Assembleia fará sessão solene nestes últimos dias de 2019 para prestar homenagem a várias personalidades de diferentes segmentos e profissões. Uma das que serão condecoradas com o Título de Cidadã Mato-Grossense é a goiana Kátia Regina de Abreu,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.