Executivo

Terça-Feira, 24 de Setembro de 2019, 12h:45 | Atualizado: 24/09/2019, 18h:35

CÚPULA DO CLIMA

Mauro contabiliza 1 mi de toneladas em crédito de carbono e quer compensação

O governador Mauro Mendes (DEM) voltou a defender na Cúpula do Clima, em Nova York, que países desenvolvidos paguem compensações financeiras a Mato Grosso pela manutenção da floresta em pé. O democrata calcula que o Estado tenha 1 milhão de toneladas em crédito de carbono para ser comercializado com o mundo.

Mauro tem citado um estudo da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) de 2017, feito com base no Cadastro Ambiental Rural (CAR), que afirma que o Estado tinha até aquele período 64,77% de vegetação preservada e protegida.

A fala do governador foi feita na sede da Rainforest Alliance, organização não governamental que certifica negócios com responsabilidade ambiental.

“É importante saber o papel que as florestas têm e agirmos de maneira mais objetiva para fazer a sua proteção. Nos últimos 10 anos, aquilo que nós recebemos pelos ativos ambientais que nós temos é muito aquém do esforço que nós estamos fazendo, e acima de tudo, muito aquém do que ainda podemos fazer recuperando muitas áreas que no passado foram devastadas”, disse Mauro em publicação nas redes sociais.

Ele defendeu que o restante do mundo precisa “agir de forma mais objetiva na proteção das floretas tropicais, como é o caso da região amazônica” e cobrou “comprometimento” com as compensações financeiras em razão da manutenção dos ativos ambientais do Estado.

“Mas, para isso, é necessário que sejam criados mecanismos de compensação, porque no discurso existem muitas pessoas falando sobre isso no mundo. O que queremos fazer, como cidadãos de um país, cidadãos do mundo, é que esse esforço de Mato Grosso, do Brasil, seja compartilhado. Estaremos em Mato Grosso fazendo aquilo que muitos estão cobrando e muitas regiões do planeta não estão fazendo”, escreveu o democrata.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Licença da PRF para disputar eleição

Arthur Nogueira_400_curtinha   As eleições municipais e ao Senado continuam inflacionando o número de pré-candidatos. O ex-superintendente da PRF, Arthur Nogueira (foto), anunciou que se afastou das atividades policiais para colocar o seu nome à disposição da Rede para concorrer a vaga da senadora...

Possível recuo de Fábio pra prefeito

fabio garcia 400 curtinha   O ex-deputado federal, primeiro-suplente do senador Jayme e presidente estadual do DEM, Fábio Garcia (foto), faz mistério sobre encarar ou não a corrida pela Prefeitura de Cuiabá. Empurrou a decisão para a próxima semana, sem precisar data e horário. O dirigente do...

Fórum aponta traição de 3 deputados

joao batista 400 curtinha   Fórum Sindical está na bronca com os deputados que aprovaram a reforma da Previdência, mas voltam seus canhões com mais força contra 3 deles: João Batista (ex-presidente do Sindispen), Delegado Claudinei e Faissal Calil. Em nota, o Fórum dispara que se elegeram com os votos...

Vereadora cacerense vira opção à vice

valdeniria 400 curtinha caceres   Em Cáceres, a vereadora de cinco mandatos Valdeniria Dutra Ferreira (foto), do PSC, está sendo cortejada pelos principais pré-candidatos a prefeito. Todos querem-na de vice da chapa. Até Paulo Donizete, que entrou na disputa majoritária apoiado pelo prefeito Francis Maris, passou...

Selma deve mesmo deixar o Podemos

selma arruda 400 curtinha   Para evitar um novo pedido de expulsão do Podemos, Selma Arruda dá sinais de que deixará o partido nos próximos dias. A ex-senadora, que preside o Podemos de Cuiabá, foi "convidada" a deixar a sigla após demonstrar resistência em apoiar a pré-candidatura do deputado...

Arco de alianças define vice de Eliene

eliene liberato 400 curtinha   A professora e vice-prefeita de Cáceres, Eliene Liberato (foto), pré-candidata do PSB à sucessão municipal, disse que a definição do nome para vice de sua chapa só sairá na pré-convenção. Até lá, o amplo arco de alianças...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.