Executivo

Domingo, 20 de Outubro de 2019, 11h:34 | Atualizado: 22/10/2019, 15h:55

Cargos em empresas extintas aumentam salários de 8 secretários de Estado - leia

Atualizada em 22/10, às 15h49

Cargos nos conselhos de empresas extintas ou em vias de extinção aumentaram a remuneração de oito secretários de Estado em Mato Grosso em até R$ 9,2 mil entre fevereiro e setembro de 2019. Os valores são variáveis, pagos de acordo com o comparecimento dos conselheiros em reuniões ordinárias e extraordinárias das empresas.

Levantamento feito pelo junto ao Portal Transparência mostra que os secretários vêm recebendo pagamentos por cargos na Central de Abastecimento do Estado de Mato Grosso (Ceasa), na Companhia de Saneamento do Estado de Mato Grosso (Sanemat), na Companhia Mato-grossense de Mineração (Metamat) e na Empresa Mato-grossense de Tecnologia de Informação (MTI). Outras verbas indenizatórias pagas aos secretários, como diárias, foram excluídas do levantamento - veja detalhes no quadro.

Rodinei Crescêncio

Quadro_sec_conselhos

Quanto cada secretário recebeu neste ano, até setembro, para atuar em conselhos de MT. Valores somam apenas os salários e jetons recebidos no período

Em 2000, a Sanemat deixou de operar os serviços de saneamento e esgoto no Estado, repassando a responsabilidade para os municípios. Os conselhos administrativo e fiscal servem para gerir as dívidas deixadas pela empresa extinta, entre outros passivos.

O governador Mauro Mendes (DEM) determinou a extinção da Ceasa em abril deste ano, com prazo para liquidação que se encerra em outubro. Já a Metamat e a MTI estão incluídas no projeto de reforma administrativa de Mauro, aprovado pela Assembleia em janeiro. Se não comprovarem sua viabilidade financeira, também devem ser extintas.

O secretário-chefe do Gabinete de Governo, Alberto Machado, conhecido como Beto Dois a Um (DEM), esteve no conselho da Sanemat entre fevereiro e setembro, e na Ceasa de abril a setembro deste ano. Entre R$ 3 mil e R$ 4,8 mil foram pagos ao secretário mensalmente pelas participações em reuniões da empresa.

Além de Beto, o secretário de Estado de Cultura, Allan Kardec (PDT), o secretário de Estado de Ciência e Tecnologia, Nilton Borgato (PP), o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, César Miranda, o secretário de estado de Fazenda, Rogério Gallo, e o secretário de Estado de Infraestrutura, Marcelo Oliveira, estiveram em cargos das empresas citadas em todo o período pesquisado.

Gallo recebeu o maior pagamento, de R$ 9,2 mil pela função no conselho da MTI em março. Ele esteve nesse cargo nos meses de fevereiro, março, abril, maio, junho e agosto. Além da MTI, Gallo também recebeu pelo conselho da Metamat em 2019, nos meses de março, abril, maio, junho e agosto.

O secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, esteve no da Sanecap nos meses de abril, maio, julho, agosto e setembro. Ele também tem cargo na Metamat, de onde recebeu pagamentos entre março e setembro, com exceção de julho. De R$ 3 mil a R$ 6 mil foram pagos a Gilberto pelo comparecimento nas reuniões de cada uma das empresas.

Rodinei Crescêncio

Alberto Machado, Silvano Amaral,Nilton Borgato, Allan Kardec,C�sar Miranda,Rog�rio Gallo, Marcelo Oliveira e Gilberto Figueiredo

Alberto Machado, Silvano Amaral, Nilton Borgato, Allan Kardec, César Miranda, Rogério Gallo, Marcelo Oliveira e Gilberto Figueiredo atuam em conselhos

Já o ex-deputado Silvano Amaral (MDB), atualmente responsável pela Agricultura Familiar, tem cargo na Metamat. A partir de maio, o Portal Transparência mostra pagamentos entre R$ 1,5 mil e R$ 3,1 mil pela participação dele.

O salário-base dos secretários é de R$ 18,2 mil. A exceção é o responsável pelo Desenvolvimento Econômico, que recebe R$ 6,3 mil mensais. Rogério Gallo é procurador do Estado e optou pela remuneração de R$ 33 mil do cargo pelo qual é concursado. Já Allan Kardec é deputado estadual, eleito em 2018, e abriu mão do salário de secretário para receber R$ 29,4 mil da Assembleia.

Em fevereiro Beto Dois a Um ainda recebia indenizações trabalhistas da Assembleia, tendo recebido R$ 3,3 mil naquele mês, sem salário registrado no Executivo. Depois, passou a receber o salário de secretário.

22 de outubro, às 15h49 - Conselhos em estatuto

Em nota encaminhada à reportagem, o Governo esclarece que a Ceasa está em fase de extinção, enquanto a Sanemat em fase de liquidação. O governo informa que o funcionamento dos conselhos dessas empresas está previsto no estatuto de cada uma, e "é de fundamental importância, haja vista que são esses conselhos que tomam decisões acerca das medidas previstas em lei e aprovadas em assembleias"

O Governo também afirma que a participação em conselhos é uma prerrogativa dos secretários, sendo importante, uma vez que os órgãos são responsáveis pelas decisões e gestão de dívidas e passivos das empresas em fase de extinção ou liquidação. Na nota, o Paiaguás lembra que os valores pagos são públicos, constando no Portal Transparência, e defende que não ultrapassam o teto constitucional, uma vez que o salário dos secretários é de R$ 18 mil.

"Caso a soma de subsídios (salário e jetom) seja maior que o determinado no teto, o desconto é feito em folha automaticamente", diz o Governo.

Postar um novo comentário

Comentários (16)

  • Emiliano do Poção | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 23h48
    0
    0

    O Gilberto é o candidato do Mauro a prefeito de Cuiabá!! Começando bem!!!

  • . | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 20h54
    1
    0

    Esse secretário Gallo só porque parece o Christian Bale, pensa que pode ganhar mais que todo mundo. Não quer que humildes servidoras como eu tenham direito a RGA. Quando estiver desfrutando lagostas e champagne nas férias em Barbados, espero que apanhe uma baita disenteria!

  • fabito | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 11h09
    7
    3

    Esse Allan Kardec foi PETISTA ROXOOOOOOOOOOOOOO PETISTA, COMUNISTA! FOI DÁ JEITO EM OUTRA FREGUESIA! ESPERTO ELE

  • Marcos Antonio | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 10h50
    7
    1

    Cadê a polícia?

  • marta | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 10h12
    13
    1

    tão fazendo palhaçada com MT. e o povo com cara de bobão. só estamos de olho.

  • JAIR | Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, 09h44
    17
    1

    COM A PALAVRA O EXCELENTÍSSIMO SENHOR GOVERNADOR MAURO MENDES.

  • Robson José | Domingo, 20 de Outubro de 2019, 23h36
    24
    1

    É muito facil para o Rogério Galo que chega a receber mais de 40 mil por mês dizer que o estado não pode cumprir a Lei de recomposição salarial e a RGA. Está na hora do servidor se unir, para esse Estado, exigir o seu direito.

  • Aldo | Domingo, 20 de Outubro de 2019, 19h32
    23
    1

    Isso é uma vergonha para o governo de Mato Grosso, que fica falando o tempo todo em austeridade. Pelo que se vê, austeridade só com os servidores. Vergonhoso isso!

  • Servidor estadual | Domingo, 20 de Outubro de 2019, 18h40
    19
    2

    Pouca vergonha!! Eles podem Sr Mauro Mendes???? Kd o TCE??? Kd MPE???

  • Gauber | Domingo, 20 de Outubro de 2019, 16h52
    3
    0

    Gauber, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

Calistro, dúvida à reeleição e Sumaia

sumaia leite 400 curtinha   Jânio Calistro, reeleito para o 2º mandato de vereador em 2016 e como o mais votado em Várzea Grande, com 3.658 votos pelo PSD, se mudou para o DEM dos Campos, mas ainda avalia se vai encarar o teste das urnas deste ano. Ele se mostra um tanto baqueado, após ficar preso por três meses. E...

Grupos convergem para Emanuelzinho

emanuelzinho 400   O jovem deputado federal Emanuelzinho (foto) está cada vez mais empolgado com a possibilidade de disputar a Prefeitura de Várzea Grande. Até se mudou da Capital para a cidade vizinha, onde montou apartamento no Edifício Maktub. Uma das revelações políticas do PTB, Emanuelzinho tem...

Câmara de ROO e pasta de Controle

orestes miraglia 400 curtinha   A Câmara de Rondonópolis deu de ombros para uma decisão do Tribunal de Justiça e, em primeira votação, aprovou mensagem do prefeito Zé do Pátio, criando a secretaria de Transparência Pública e Controle Interno (SETRACI) em...

Morre pai do secretário da Casa Civil

Mauro Carvalho pai   Faleceu, aos 97 anos, o pai do secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho. O empresário, que também emprestava o nome ao filho, Mauro Carvalho, foi vítima de um infarto nesta quinta (9). A informação foi confirmada pela deputada estadual Janaina Riva (MDB) que publicou nota de...

Deucimar vence Covid-19 após 20 dias

deucimar silva 400 curtinha   Após 13 dias numa unidade intensiva e mais sete se recuperando no leito de hospital, o empresário e ex-vereador pela Capital, Deucimar Silva (foto), recebeu alta médica nesta terça. Ele está curado da Covid-19. Ex-presidente da Câmara Municipal, Deucimar ficou emocionado, fez...

Estudo sobre 13º a vereadores de VG

jaqueline jacobsen curtinha 400   A conselheira-substituta Jaqueline Jacobsen (foto) estabeleceu prazo de 120 dias, em sessão de julgamento do TCE por videoconferência no último dia 2, para que o presidente da Câmara de Várzea Grande, Fábio Tardin, realize estudo prévio de impacto...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.