Executivo

Domingo, 08 de Dezembro de 2019, 09h:52 | Atualizado: 09/12/2019, 13h:11

Reação

Querem fazer do secretário um office boy de luxo, diz secretário sobre críticas

O secretário de Saúde, Gilberto Figueiredo, avalia que existem conflitos de interesse entre o que é de ordem pública e o que é de ordem técnica. Para ele, a prioridade à frente da pasta é ter resolutividade na parte técnica para conseguir “consertar a saúde” e cumprir a promessa feita pelo governador Mauro Mendes (DEM) ao assumir o Palácio Paiaguás. O secretário aponta ainda que é constantemente abordado para ouvir pedidos que não considera de interesse público. Para ele, é como se tentassem fazer dele um “office boy de luxo” para resolver assuntos que devem ser tratados sem o aspecto da pessoalidade.

Rodinei Crescêncio

Secret�rio de Sa�de Gilberto Figueiredo

Secretário de Saúde Gilberto Figueiredo, em visita à sede do Rdnews e entrevista ao Rdtv

As declarações são uma resposta às críticas feitas pelo deputado Doutor João (MDB), que reclama da falta de acesso à Gilberto e da demora nos repasses de valores conveniados com o SUS. “Doutor João é um dos deputados mais recebidos, já viajei o Estado inteiro com a comissão de Saúde. O que realmente ocorre, é que há um conflito de interesses de ordem política e de ordem técnica. Preciso de resolutividade na parte técnica. Se eu ficar todo o meu período só fazendo reunião para discutir aspectos políticos, eu não conserto a saúde”, dispara.

O deputado disse ao que tem tido dificuldades em se reunir com Gilberto e inclusive de ser atendido por telefone. “Eu gostaria que o dia tivesse 50 horas. Mas, depois do advento do WhatsAppp, são 24h no ar, muitos fazendo do secretário um office boy de luxo, para resolver assuntos que deveriam estar sendo resolvidos pelo sistema de regulação, obedecendo o trajeto formal. Criticar minha performance de atendimento às autoridades é brincadeira se comparado ao que era antes. Antes, não se recebia ninguém na secretaria de Saúde. Eu recebo todos, inclusive aqueles que não marcam audiência. Eu para de fazer o que estou fazendo para fazer isso”, rebate Gilberto.

O secretário disse ainda que o interesse de Doutor João é motivado também pelo fato dele ser um prestador de serviços à saúde, já que tem uma clínica de hemodiálise. “E ele mistura essas duas coisas, que é ação do agente político com a ação do prestador de serviço. Eu trato com isonomia todos os prestadores de serviço. O prestador de serviço do SUS sabe que não vai receber antes de dois meses depois do fato gerador”, explica Gilberto, sobre a reclamação do deputado em relação a demora para receber os valores conveniados junto ao SUS.

Gilberto ressalta que a demora acontece por causa da burocracia. Pontua que o valor só é repassado depois que é confrontado com aquilo que é registrado e aprovado pelo ministério da Saúde, "principalmente esse serviço na área de hemodiálise, que é recurso federal e não do governo do estado”.

Para receber os valores dos serviços contratualizados com o ministério da Saúde, segundo Gilberto, o prestador precisa esperar um longo processo burocrático existente desde o faturamento ao recebimento dos valores. “O que ele (Dr. João) quer é que haja uma antecipação para que se pague esse valor antes que o fluxo aconteça. Estamos estudando uma forma de antecipar esse pagamento, pagar o mínimo antes da transferência, e depois fazer uma glosa, se foi descontado a mais, no mês seguinte. Mas, isso não é algo que está estruturado e normalizado dentro da secretaria. Não é algo que se faz do dia pra noite, tem que ter segurança jurídica, para depois eu não ser processado”.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Filho de Taborelli assume vaga em VG

Willy taborelli _ curtinha400   O pai coronel Taborelli está fora de combate, mas o filho Willy (PSC), suplente de vereador, vai assumir cadeira na Câmara de VG a partir de 2 de março. Vai atuar na vaga do correligionário Miguel Baracat, que se licencia para fazer tratamento de saúde. O filho do polêmico...

Sem acordo para ter apoio de Selma

otaviano pivetta 400 curtinha   O empresário e vice-governador Otaviano Pivetta, pré-candidato ao Senado, disse que, de fato, recebeu convite para se filiar ao Podemos, inclusive do deputado Medeiros, um de seus prováveis adversários nas urnas de abril, mas que segue firme no PDT. Destaca ser um admirador do senador...

Na expectativa para disputar Senado

nelson barbudo 400 curtinha   Se o TRE flexibilizar a data de filiação para quem quer concorrer ao Senado, na eleição suplementar de abril, a inflação de candidatos tende a ser ainda maior. Entrariam no páreo, além dos 10 que já se dizem pré-candidatos, o ex-governador Pedro...

Conflito armado entre Ulysses e Elizeu

ulysses moraes curtinha   Já está dando confusão no PSL/DC o acórdão feito entre os deputados estaduais Ulysses (foto) e Elizeu. O primeiro confidenciou a amigos que não pretende apoiar a possível candidatura de Elizeu ao Senado, na eleição suplementar, marcada para abril. A considerar...

Jornalistas lançam 1º Anuário Jurídico

antonielle_curtinhas   O site Ponto na Curva e o Animus Centro Empresarial lançam em maio o primeiro Anuário Jurídico de Mato Grosso. A publicação, que é inédita no Estado, é conduzida pelas jornalistas e advogadas Antonielle Costa (foto) e Débora Pinho. A ideia é dar destaque a...

Ao Senado e com apoio de Bolsonaro

jose medeiros 400 curtinha   Com o apoio garantido por Bolsonaro, José Medeiros dá um passo largo rumo ao Senado, já nesta fase de pré-campanha. Entusiasmado, ele marcou a convenção do Podemos para 12 de março. De um lado, o ex-senador e hoje federal entra no rol dos mais cotados por causa do peso do...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.