Executivo

Quarta-Feira, 30 de Setembro de 2020, 15h:32 | Atualizado: 30/09/2020, 20h:28

SUPOSTA PROPINA

Secretário diz que prisão de ex-adjunto não traz mácula e aguarda investigações

A prisão em flagrante do ex-secretário-adjunto da Casa Civil, Wanderson de Jesus Nogueira, não macula a imagem do governo, segundo o secretário-chefe da pasta, Mauro Carvalho, de quem o suspeito de corrupção era braço direito. Durante 23 anos, Wanderson foi funcionário na empresa do titular da Casa Civil e a relação o levou para dentro do Palácio Paiaguás, onde acabou preso por denúncia de que teria recebido R$ 20 mil de proprina para beneficiar a TMF Construções e Serviços Eireli, responsável pela obra no Gabinete do governador Mauro Mendes (DEM).

Michel Alvim

Mauro Mendes, Mauro Carvalho e Marioneide

O governador Mauro Mendes ao lado dos secretários Mauro Carvalho e Marioneide Kliemaschewsk, durante inauguração da nova sede da Seduc

“Não temos direito de destruir pessoas simplesmente por um indício, por uma denúncia anônima. Para isso, os órgãos de investigação estão fazendo todas as investigações e a CGE fará sua auditoria”, disse à imprensa pela primeira vez que se manifestou sobre o caso nesta quarta (30), uma semana após a prisão. O governador também se manifestou sobre o assunto e considerou ser impossível ter 70 mil servidores honestos.

Wanderson teria trabalhado na Distribuidora Colorado (nome fantasia Discol), de propriedade de Mauro Carvalho, de 1989 a 2011. Foi preso na quinta (24), a partir de investigação sob coordenação do Ministério Público, com apoio das policias Civil e Militar. A exoneração do cargo ocorreu no mesmo dia. Carvalho reforçou que não se trata de corrupção e sim de indícios. “Não vamos condenar antes do inquérito e ele vai ter a sua defesa”.

“Em 25 anos, fui auditado, no mínimo, 50 vezes e nessas auditorias internas na minha empresa nunca teve nenhum ato cometido pelo Wanderson. Trabalhou na minha revenda de 1989 até 2011 e, nesses anos todos, não teve nenhum ato de desvio de conduta dele, chamei para a Casa Civil por ter esse elo de confiança”.

Quanto à empresa, que possui outros contratos com o estado, está suspenso somente o pagamento da obra no Gabinete do governador. Sobre as demais, o secretário afirma que optou por esperar as investigações e não vai cancelar os contratos antes disso. “Primeiro nós temos que ter a prova do ato, não podemos condenar ninguém, acho que é imoral, é injusto porque estamos tratando de vidas, de seres humanos, temos que ter muito cuidado em relação a isso”.

A suspensão dos pagamentos para o contrato com a TMF Construções e Serviços Eireli, oriunda do pregão eletrônico nº 001/2020/Governadoria, ocorreu ontem (29).

Questionado se ele teria algum envolvimento com o caso, o secretário se indignou. “Não tem nem cabimento uma pergunta dessa”. Contudo, até agora não foi chamado para prestar esclarecimentos e disse estar à disposição.

Agimos rápido

Segundo o secretário, a exoneração foi imediata ao tomar conhecimento sobre o caso. “A demissão foi independente da blitz e do ato da prisão. A decisão foi na mesma hora que chegou ao meu conhecimento e fizemos o ato de exoneração. Se tivesse a prisão ou não, ele já estava exonerado”.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Marco Antônio | Quinta-Feira, 01 de Outubro de 2020, 07h58
    0
    0

    Marco Antônio, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • elias | Quarta-Feira, 30 de Setembro de 2020, 16h58
    0
    0

    elias, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

Esposa de deputado na 2ª suplência

maria avalone 400   Não foi só o deputado estadual Wilson Santos que frustrou-se na tentativa de eleger membro da família à cadeira de vereador. O também parlamentar Carlos Avalone, presidente regional do PSDB, apostou todas as fichas na esposa Maria Avalone. Mas ela só chegou à...

Neurilan e apoio de Botelho à AMM

eduardo botelho 400 curtinha   Em busca de apoio de lideranças políticas para permanecer no comando da AMM por mais três anos, Neurilan Fraga foi pedir socorro para o presidente da Assembleia, deputado Eduardo Botelho (foto). Quer que o parlamentar seja o presidente de honra de sua chapa. Neurilan tem se articulado como pode e,...

Candidato irritado chama EP de traste

abilio junior 400 curtinha   Abílio Júnior (foto), candidato do Podemos ao Palácio Alencastro, tem se mostrado mais irritado depois do debate promovido pela Fecomércio, na quarta à noite, quando, em vários momentos, se viu questionado e desqualificado pelo prefeito e candidato à...

Prefeito reeleito sob investigações

ze do patio 400 curtinha   A situação jurídica do prefeito populista e desgastado Zé do Pátio (foto), que acaba de ser reeleito para o terceiro mandato em Rondonópolis, sendo o segundo consecutivo, não é das melhores. Contra sua gestão tem pipocado denúncias sobre...

Prefeitos revoltados com Neurilan

neurilan fraga 400 curtinha   Vários prefeitos, especialmente os recém-eleitos, se mostram revoltados com novas manobras promovidas no estatuto da AMM pelo seu "eterno" presidente Neurilan Fraga (foto), que tenta, de todas as formas, se auto-beneficiar na eleição que deveria ocorrer em janeiro, mas que foi antecipada...

Candidato a reitor e 2 apoios fortes

dimorvan rui 400   O candidato de oposição a reitor do IFMT, Deiver Teixeira, recebeu dois apoios importantes. As manifestações de adesão à candidatura vieram dos professores Ruy Oliveira e Dimorvan Brescancim. Ruy foi candidato a reitor nos últimos dois pleitos e é um pesquisador...