Executivo

Sábado, 27 de Fevereiro de 2021, 14h:22 | Atualizado: 28/02/2021, 16h:01

CORONAVÍRUS

Cuiabá adere a grupo para comprar mais vacinas e Emanuel rechaça lockdown

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), participou na manhã deste sábado (27), de reunião com a Frente Nacional dos Prefeitos (FNP) e aderiu à instalação de um consórcio entre os municípios para aquisição de vacinas da Covid-19. Em vídeo publicado nas redes sociais, o emedebista ainda negou a possibilidade de que a Capital entre em lockdown pelo avanço da doença. 

Reprodução

Emanuel Pinheiro, consórcio de vacinas

O prefeito Emanuel Pinheiro negou possibilidade de fazer lockdown em Cuiabá pela Covid

“Nós decidimos criar o consórcio nacional para adquirir as vacinas, medicamentos e insumos para o combate da Covid-19. E com isso vamos ajudar o Governo Federal a agilizar a vacinação da nossa população, que é nossa prioridade, principalmente de Cuiabá. Reassumo o compromisso de vacinar toda população cuiabana e trabalhar muito para concluir esse objetivo”, disse o prefeito.

 A reunião, por videoconferência, contou com os dez prefeitos que integram a diretoria da FNP. Os dez municípios signatários iniciais são Petrolina (PE), Salvador (BA), Curitiba (PR), Aracajú (SE), Manaus (AM), Belém (PA), Ribeirão Preto (SP), Porto Alegre (RS), Rio de Janeiro (RJ) e Cuiabá (MT). 

O prefeito Emanuel Pinheiro também ressaltou que o momento é de união da população na luta contra o vírus da Covid-19. Com apoio de todos os participantes, a entidade vai pactuar, com governantes das médias e grandes cidades, o início e cronograma da construção do consórcio, nesta segunda-feira, 1º de março. 

“Em vez de lockdown, em vez de prejudicar a nossa economia, de causar um desiquilíbrio no desemprego, de atingir o setor produtivo, que já foi muito sacrificado e principalmente trazer a desesperança e o desemprego para a população. Agora é hora de união para buscar as vacinas e imunizar toda a população cuiabana".

Participaram da reunião  os prefeitos de Cuiabá, Emanuel Pinheiro; Salvador/BA, Bruno Reis; Manaus/AM, David Almeida; Porto Alegre/RS, Sebastião Melo; Ribeirão Preto/SP, Duarte Nogueira; Petrolina/PE, Miguel Coelho; e o secretário de Planejamento, Finanças e Orçamento de Curitiba/PR, Vitor Puppi, representando o prefeito Rafael Greca.

Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • Elias Pereira da Silva | Segunda-Feira, 01 de Março de 2021, 15h46
    0
    0

    Elias Pereira da Silva, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Junior | Segunda-Feira, 01 de Março de 2021, 09h10
    2
    1

    Medidas restritivas quem esta fazendo nunca nem vi, todo lugar que se anda tem pessoas sem máscaras, sem distanciamento, ai vem um bando de bobo cheira cheira dizendo isso e aquilo, queria que estas pessoas que não estão nem ai para o Vírus passasse uma Noite em uma UTI super lotada com casos de COVID, uns inconsequentes quem esta do lado de fora só jogara pedra e critica, mas se observar estes críticos de Plantão são os que saem para bares, restaurantes e aglomeram, e realmente observando em comentários anteriores ano passado que não tinha casos graves e bem antes da ELEIÇÃO o tal do Emanuel dizia a População Cuiabana em primeiro lugar dizendo fica em casa se cuidem, agora nem Tchum pode morrer estou Eleito, essa e a velha Política Brasileira.

  • Felipe Matos | Domingo, 28 de Fevereiro de 2021, 21h47
    6
    2

    Votamos no Emanuel e elegemos o Abílio? Com poucos hospitalizados ano passado, Emanuel tomou medidas restritivas, e agora com recorde de mortes e contaminados ele deixa tudo aberto? Emanuel porque você mudou? De defensor da vida agora virou defensor da morte? De prefeito que queria evitar que o vírus se espalhasse rapidamente , agora esta pouco se lixando? Não há vacinas nem para os idosos, imagina para o povão! Ou fecha ou faltará cova pra sepultamento.

  • Julio Cesar | Domingo, 28 de Fevereiro de 2021, 14h53
    4
    8

    Obrigado prefeito por não impor lockdown . Quem realmente precisa trabalhar para o seu sustento, não aguenta mais ficar parado. Cada um faz sua parte contra o vírus chines . Somente uma frase para quem é a favor do fecha tudo ! Com 36.106 mortes causadas pela Covid-19 na Argentina, e a quarentena mais rígida e longa do mundo, país se tornou o 4º com mais óbitos por milhão em decorrência da doença

  • Patricia | Domingo, 28 de Fevereiro de 2021, 09h48
    5
    10

    Isso aí nosso prefeito Emanuel Pinheiro, o senhor pensa no povo cuiabano e não no próprio umbigo... que o senhor se reeleita a governador, pq nois precisamos de um governador do seu pontual...

  • Teka Almeida | Domingo, 28 de Fevereiro de 2021, 09h01
    12
    0

    É tem que ser fazer mesmo alguma ação. Mas e quanto aos ônibus que são uma vergonha???!!!! Os empresários querendo ganhar em cima dos usuários e os usuários (trabalhadores) querendo o seu sustento. E ai como fica???!!!! Não adianta ameaçar o comercio se o maior culpado está na locomoção. Quem precisa trabalhar depende do ônibus, então tem que se conseguir balizar a lotação. Parecem que os governos estão fechando os olhos para os amiguinhos empresários dos transportes.

  • Eleitor | Domingo, 28 de Fevereiro de 2021, 03h53
    7
    0

    GENTE A NOTICIA EM SÍ É OTIMA MAIS INFELIZMENTE EU VEJO MUITO BARULHO E MIDIA E POUCA AÇÃO, ACHO QUE O MOMENTO EXIGI MAIS AÇÃO É MENOS DIVULGAÇÃO...DE PRATICO MESMO NAO TEM NADA NESSA UNIÃO DOS PREFEITOS, TUDOÉ PARA O FUTURO E O VIRUS NAO ESPERA E VIDA ESTÃO SENDO PERDIDAS AOS MONTES TODOS OS DIAS. EU PEÇO AJAM COM MAIS CELERIDADE E DE MENOS ENTREVISTAS OU MELHOR DIVULGUEM QUANDO AS COISAS JÁ ESTIVEREM PRONTAS PARA ATENDER A POPULAÇÃO OU MELHOR QUANDO AS VACINAS JÁ ESTIVEREM ENTREGUES A CADA PREFEITURA.

  • Ana Clara COXIPO | Sábado, 27 de Fevereiro de 2021, 16h12
    8
    28

    Concordo. Também sou contra mais parcelas de auxílio. Tá todo mundo na rua. Meu imposto não é capim para sustentar desocupados em casa assistindo NETFLIX e tomando vinho do Porto com desculpa do coronavirus. E professores sanguessugas têm que voltar. Se pode festa, shopping, bar, têm que ter aula. Quem não voltar deve ser exonerado.

  • Marcelo Cuiabano | Sábado, 27 de Fevereiro de 2021, 16h10
    16
    10

    Parabéns prefeito Emanoel pela parceria com outros prefeitos e a parceria com o Governo federal na compra das vacinas grande passo para a imunização de Cuiaba, fechar tudo não é a solução as pessoas precisam trabalhar.

Scheila assume APDM e cita projetos

scheila pedroso 400   Esposa do prefeito sinopense Roberto Dorner, Scheila Pedroso (foto), primeira-dama e secretária municipal de Assistência Social, passa a tocar, pelos próximos dois anos, a Associação para o Desenvolvimento Social dos Municípios de MT (APDM/MT). Ela promete juntar força com os...

Prefeito de Araputanga negocia praça

enilson rios prefeito 400 araputanga   O prefeito de Araputanga, Enilson Rios (foto), que ganhou as eleições do ano passado por uma diferença de apenas 56 votos sobre Joel Martins, com placar de 3.492 a 3.436, está no centro de uma polêmica. Ele aceitou uma proposta do Sicredi para utilização de um...

Barra recebe R$ 1,9 mi pra bancar UTIs

adison gon�alves 400   Em Barra do Garças, com 61 mil habitantes e 5.929 casos confirmados de Covid-19, inclusive com 207 mortes, incluindo 26 óbitos de indígenas em consequência da doença, o prefeito Adilson Gonçalves (foto) abriu crédito suplementar no orçamento de R$ 1,9...

De MT para USP; governo comemora

gabriel usp ribeiraozinho 400   O governador Mauro Mendes comemorou o fato do estudante Gabriel Rodrigues Ribeiro (foto), de 18 anos, morador de Ribeirãozinho, município mato-grossense com menos de três mil habitantes, ter conseguido ingresso no curso de medicina da USP, considerada a melhor universidade do país. Aos 18...

ICMS e R$ 150 mi a mais a municípios

rogerio gallo 400 curtinha   O secretário Rogério Gallo (foto), da Fazenda, assegura que o governo estadual já enviou para os municípios, no primeiro trimestre deste ano, R$ 150 milhões somente em ICMS arrecadado a mais do que estava previso na lei orçamentária. O valor é 8 vezes...

Fúrio, última ação no MPE e morte

celio furio 400   Célio Joubert Fúrio (foto), que morreu nesta sexta, aos 56 anos, vítima da Covid-19, foi um incansável combatente de atos de improbidade administrativa em MT e na defesa do patrimônio público. Integrava aos quadros do Ministério Público Estadual havia 29 anos. Ele atuou...

MAIS LIDAS