Executivo

Quinta-Feira, 27 de Fevereiro de 2020, 12h:49 | Atualizado: 27/02/2020, 16h:20

DESTAQUE NACIONAL

Cuiabá retoma nota B no índice que mede sua capacidade de pagamento - veja vídeo

Rodinei Crescêncio

Emanuel Pinheiro

O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) em entrevista na sede do Rdnews; emedebista comemorou boa avaliação do município pelo Tesouro Nacional

Cuiabá retomou sua boa avaliação no índice de Capacidade de Pagamento (Capag). Conforme divulgado nesta quinta (27), em vídeo, pelo prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), o Tesouro Nacional voltou a classificar a Capital com nota B. Tal avaliação foi informada ontem (26).

A análise da capacidade de pagamento é feita para apurar a situação fiscal dos municípios e Estados que querem contrair novos empréstimos com garantia da União. 

Dos três indicadores (endividamento, poupança e liquidez) medidos pelo Tesouro para definir a Capag, de acordo com o emedebista, Cuiabá apresenta boa avaliação em todos.

Em relação a poupança, que analisa o equilíbrio entre receita e despesa, a Capital atingiu nota B. Já em relação a liquidez (representa o dinheiro em caixa para poder pagar as suas obrigações financeiras a curto prazo), Cuiabá conseguiu avaliação máxima, A. Mesma nota que obteve no indicador endividamento, que está em 35,5% da Receita Corrente Líquida - índice considerado baixo.

“Pela metodologia do Governo Federal, Cuiabá pode ter endividamento de até 120%, nós fechamos em 35,5%. O que mostra o nosso zelo em contrair empréstimos importantes para o investimento na melhoria da qualidade de vida das pessoas, sem comprometer o caixa do município. Estabelecemos esse teto, pois dá margem para que os próximos prefeitos possam contrair empréstimos de forma responsável, sem comprometer a gestão fiscal do município”, disse Emanuel, em vídeo publicado nas suas redes sociais.

Segundo os dados, o superávit orçamentário foi de R$ 9 milhões. Nesse período R$ 157 milhões foram investidos em obras de infraestrutura, montante equivalente a 7,5% da receita corrente liquida. Ao mesmo tempo, o gasto com pessoal ficou em 50,10%, abaixo do limite prudencial de 51,30%, estabelecido pela LRF.

Outro destaque positivo é que, conforme a Constituição Federal, os municípios devem destinar ao menos 25% da receita para a área da Educação e, em 2019, Cuiabá aplicou 27,37%. Já para da Saúde, foram dedicados 22,55%, ficando bem acima do exigido, que é de 15%. Nesse mesmo contexto, o resultado primário da Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO) foi de R$ 35,7 milhões, ultrapassando a meta estabelecida na LDO/2019 que era de R$ 8,5 milhões.

No exercício de 2019, o Município amortizou R$ 57,7 milhões de dívida contraída em gestões anteriores, sendo que, de 2017 a 2019, foram pagos R$ 41,2 milhões somente de empréstimos resultante do extinto programa Novos Caminhos.

Ataque

Emanuel avalia que o resultado é uma resposta a população, que tem demonstrado confiança em sua gestão. Fez questão, no entanto, de afirmar que a avaliação do Tesouro Nacional comprova que seus opositores mentem ao afirmar que a prefeitura está “quebrada”, afundada em dívidas.

Fui muito atacado por opositores, que entendo ser mais opositores de Cuiabá do que da Gestão Emanuel

Emanuel Pinheiro

“Fui muito atacado por opositores, que entendo ser mais opositores de Cuiabá do que da Gestão Emanuel. Alegando que por Cuiabá ser um verdadeiro canteiro de obras, eu estaria quebrando o município, que Cuiabá está endividada. Está aí, pessoal, a mentira tem perna curta. Não sou eu que estou falando isso, são os técnicos do Tesouro Nacional”, declarou Emanuel, garantindo que a meta de sua equipe é alcançar a nota A na Capag.

A avaliação também é uma vitória ao Palácio Alencastro, já que anteriormente, o Tesouro Nacional havia rebaixado a nota da Capital para C, conforme estudo divulgado em outubro do ano passado. Na época, Emanuel avaliou que a aprovação de empréstimos para obras de infraestrutura em Cuiabá, em 2019, reduziu a margem para novos endividamentos da Prefeitura.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Pedro | Quinta-Feira, 27 de Fevereiro de 2020, 14h26
    11
    2

    Eu já sou contra Mauro Mendes e o Emanuel Pinheiro está fazendo eu ter gosto dele como prefeito e desgosto de ter Mauro Mendes como governador... vergonha

  • joaoderondonopolis | Quinta-Feira, 27 de Fevereiro de 2020, 13h03
    16
    1

    Os torcedores contra EP e contra Cuiabá estão de cabeça baixa. Uns ligam para outros e irritados xingam e dizem que contra EP ninguém pode. EP está protegido primeiro por Deus e segundo pela população de Cuiabá. Nestas alturas não adiantam, EP reesponde com inaugurações de obras, isto para os torcedores contra é uma morte.

Senadora, ataques e defesa de Galvan

selma arruda 400 curtinha   Selma Arruda, senadora cassada por crimes eleitorais, um deles caixa 2, escreveu artigo entitulado "MP x Aprosoja. Afinal, quem tem razão", especialmente para defender o aliado político Antonio Galvan, presidente da Aprosoja. Ao concordar com plantio de soja dentro de período proibido pela...

Deputado, carona e ainda se gabando

paulo araujo 400 curtinha   Considerado de baixo clero na Assembleia, o deputado Paulo Araújo (foto) agiu de carona e num oportunismo condenável acerca do decreto do governador Mauro Mendes da última quinta, quando resolveu relaxar as medidas restritivas em meio à pandemia do coronavírus e liberou o funcionamento...

Políticos querem suspender eleição

Cresce o movimento entre políticos para adiar as eleições municipais de outubro. O argumento utilizado é o impacto que o coronavírus terá na economia, saúde e vida das pessoas. Isso porque, neste ano, uma vacina não deve ficar disponível ao mercado e os prejuízos causados pela Covid-19 ainda estão só começando. Entre os políticos de MT que defendem adiar o pleito para 2022, quando a...

Ex-vereador, demagogia e contradição

everton pop 400   O ex-vereador por Cuiabá e apresentador de um programa popular de TV que leva o seu nome, Everton Pop (foto), gravou um vídeo em que critica o fato da Mesa Diretora da Câmara da Capital pagar os servidores todo dia 20, antecipando o salário em 10 dias do fechamento do mês. Pop só não...

Jayme é contra decreto do governador

jayme campos 400 curtinha   O senador Jayme Campos (foto), que já foi governador e prefeito, engrossa a lista dos que defendem isolamento social mais rigoroso neste momento. A postura vai na contramão do correligionário Mauro Mendes. O governador editou decreto que prevê a abertura de shoppings e comércio, desde...

EP e 2 medidas junto à Águas Cuiabá

emanuel pinheiro 400 curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro (foto) impôs duas medidas à concessionária Águas de Cuiabá. A empresa está proibida de cortar a água de inadimplentes e não terá direito a um aumento de 6%, aprovado pela Arsec. As medidas, segundo o prefeito, são...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.