Executivo

Quarta-Feira, 08 de Janeiro de 2014, 10h:57 | Atualizado: 08/01/2014, 11h:11

SEFAZ

Cursi responsabiliza antecessores de Silval por problemas na gestão

Dívida deixada por outros governos seria de R$ 1,7 bilhão

Os problemas enfrentados na gestão do governador Silval Barbosa (PMDB) em 2013 foram por culpa de dívida de R$ 1,7 bilhão - 2% do PIB de Mato Grosso – deixada pelos antecessores. A afirmação é do secretário de Fazenda Marcel de Cursi, em entrevista ao grupo RDNews. Ele, contudo, não quis citar nome dos responsáveis pelo rombo.

Sefaz readequa o sistema para barrar as fraudes na Conta Única

O curioso é que o ex-governador, hoje senador Blairo Maggi (PR), garante que não deixou o Estado endividado. Pelo contrário, segundo o republicano, ele deixou R$ 1 bilhão em caixa e ainda aponta que, quando iniciou o governo, em 2003, pegou Mato Grosso com uma dívida de R$ 5,5 bilhões, maior que o orçamento.

Conforme Cursi, para driblar o déficit de R$ 1,7 bilhão, foi necessário reformar os sistemas da secretaria para detectar quais despesas poderiam ser cortadas, por meio do Fiplan 2. Ao todo, R$ 4 milhões em gastos foram evitados por dia, resultando na economia de R$ 1,2 bilhão no fim do ano. “Eliminamos quase 80% do déficit, mediante a um ajuste fiscal muito forte”, explica.

Em uma avaliação geral, o secretário afirma que um esforço intenso foi feito nas áreas de fiscalização e controle e isso fez com que as receitas próprias crescessem em torno de 18%, o que representa cerca de R$ 800 milhões. O montante ajudou o governo a “desafogar”.

Dessa forma, se não houvesse o déficit bilionário, de acordo com Cursi, o Estado teria resultado superavitário no fim de 2013. “Só não deu porque o Governo Federal deixou de transferir para o Estado algo em torno de R$ 540 milhões”.

Folha cresce mais que receita; déficit chega a R$ 1 bi em 2015

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Luiz Guedes | Quarta-Feira, 08 de Janeiro de 2014, 08h54
    2
    0

    Ah é isso então? Só que no gov. Maggi você já era uma dos chefões aí da SEFAZ né Seo Marcel? Não se pode levar a sério o que esse "mágico dos números" fala... ele inventa teorias absurdas a partir de dados brutos- só engana os fanáticos por ele lá na SEFAZ.

  • Paulo Dionísio Siqueira | Terça-Feira, 07 de Janeiro de 2014, 17h44
    3
    0

    Cara de pau este secretário! Quebraram o Estado e agora querem transferir a culpa!

Matéria(s) relacionada(s):

Câmara cassará 3º eleito em 11 anos

ricardo saad 400   O emblemático e inconsequente Abílio Júnior (PSC) caminha para entrar para os anais da Câmara de Cuiabá como o terceiro vereador a ter o mandato cassado nos últimos 11 anos. Parecer da Comissão de Ética, sob relatoria de Ricardo Saad (foto), é pela perda da cadeira...

Apto, ex-prefeito vai disputar Chapada

gilberto mello 400 curtinha   O ex-prefeito de Chapada dos Guimarães, Gilberto de Mello (foto), contesta registro no Curtinhas, citando que ele estaria inelegível por responder a alguns processos e ter amargado condenações pela Justiça - saiba mais aqui. Filiado ao PL e disposto a ir à...

PT-Cuiabá sugere disputa ao Senado

bob pt 400 curtinha   Em resolução do diretório de Cuiabá, aprovada nesta quinta após discussões ampliadas, o PT municipal, presidido por Bob Almeida (foto), decidiu recomendar à Executiva Estadual o projeto de candidatura própria ao Senado. O documento dispara críticas tanto ao Governo...

Prefeituras agora pagam 27% de TIP

neurilan fraga 400 curtinha   A reforma tributária do governo estadual, aprovada pelos deputados, incluiu 27% de taxa de iluminação pública. Antes eram isentos. Com a cobrança do tributo, a conta de energia das prefeituras vai às alturas. A fatura de Cuiabá vencida em 28 de dezembro, por exemplo, foi...

Vereadores, Tapurah, reajuste e férias

odair tapurah vereador curtinha 400   Em Tapurah, no Nortão, com menos de 15 mil habitantes, seus nove vereadores iniciam o 2020 com salário reajustado em 4,48%, seguindo a tabela do INPC. Mesmo ainda em férias, eles vão receber já na folha de janeiro R$ 5,8 mil cada. No caso do presidente Odair César Nunes...

Vereador, reunião e apoio a músicos

diego guimaraes curtinha 400   Músicos e representantes da Prefeitura de Cuiabá sentaram à mesa nesta quinta, na Câmara Municipal, para tentar resolver impasse sobre horário de funcionamento e volume do som nos estabelecimentos e também estudar ajustes na lei do Disk-Silêncio. O presidente da...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O governador Mauro Mendes acaba de encerrar o 1º dos quatro anos de mandato. Na sua opinião, como está indo a administração?

ótima

boa

regular

ruim

péssima

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.