Executivo

Terça-Feira, 10 de Setembro de 2019, 14h:38 | Atualizado: 10/09/2019, 15h:54

EM CHAMAS

Depois do Estado, Cuiabá também decreta situação de emergência para conter fogo

Gustavo Eduardo

Inc�ndio no Ecoponto de Cuiab�

Nesta 2ª, incêndio destruiu parte dos materiais depositados em um Ecoponto, no Areão

O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB) anunciou que irá decretar situação de emergência por conta das queimadas que atingem a Capital. A decisão foi tomada após o registro de 16 ocorrências de incêndio somente nessa segunda (09). A medida será oficializada na próxima quinta (12).

Para alinhar as ações de combate as queimadas, Emanuel já se reuniu com a Defesa Civil e com as pastas de Assistência Social, Educação e Mobilidade Urbana. Segundo ele, o objetivo é proteger as pessoas mais expostas ao calor. A lista inclui idosos, crianças, profissionais da educação, agentes de trânsito e garis.

Emanuel já adiantou que irá aumentar o número de brigadas para conter os incêndios. Isso porque somente a  Diretoria de Segurança Contra Incêndio e Pânico, localizada no bairro Porto, está atendendo atualmente.

“Uma das medidas que eu mandei estudar é triplicar o número de brigadas, ou seja, ir para quatro ou cinco se for possível. Quero colocar uma em cada região e uma ficaria no Centro, porque está tendo muita demanda, muita ligação e não estou dando conta de cruzar a cidade, sair do Verdão, por exemplo, pra ir conter uma queimada lá no CPA 4”, declarou Emanuel durante o do programa Hora Estendida na Saúde, na manhã desta terça (10), no bairro Tijucal.

O  governador Mauro Mendes (DEM) já decretou situação de emergência no Estado por 60 dias. Mato Grosso chegou a  registrar 8.030 focos de calor em agosto, 230% a mais se comparado ao mesmo período do ano passado.

A partir deste Decreto 242, assinado ontem (9), o governador pode adotar uma série de medidas emergenciais, como autorizar compra de bens e materiais sem licitação, suspender execução de contratos administrativos e até deixar de atender metas fiscais e limitações de empenhos.

“Nesse período de seca terrível de umidade do ar, realmente está sufocante. Eu quero me unir, quero ajudar o Estado, ajudar a União, e todos nós temos que nos unir para melhorar e zelar a saúde da população cuiabana e mato-grossense”, concluiu.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

EP cita 4 pela força do MDB em Cuiabá

rafael bastos 400 curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro disse neste sábado, no encontro do MDB, que acabou atraindo a presença de representantes de outros 12 partidos, que a agremiação emedebista foi construída e ganhou força e espaço na Capital graças aos filiados históricos Rafael...

Júlio, do DEM, vê boa gestão de EP

julio campos 400 curtinha   Júlio Campos (foto), uma das lideranças históricas do DEM, foi "apertado" nesta sexta, em entrevista a Antero de Barros, na rádio Capital FM, especialmente sobre o fato do ex-governador e ex-senador demonstrar simpatia e apoiar a gestão do prefeito Emanuel, enquanto outros do partido...

Empresário ensaia de novo em ROO

 luizao_curtinha400   Em Rondonópolis, o empresário Luiz Fernando de Carvalho, o Luizão, dono da Agro Ferragens Luizão, ensaia mais uma vez disputar a prefeitura. Como a sua pré-candidatura não é considerada novidade, ele é visto como uma espécie de "cavalo paraguaio", que tem arrancada...

2 governistas prontos para a briga

chico2000_curtinha400   O prefeito Emanuel tem 2 aliados de primeira hora na Câmara que não resistem a uma provocação. Tratam-se de Renivaldo Nascimento (PSDB) e Chico 2000 (foto), do PL. Sabendo do estopim curto, os vereadores de oposição, especialmente Diego e Abílio, não perdem a chance de...

Niuan agora sob rédeas do Podemos

niuan ribeiro curtinha 400   O vice-prefeito Niuan Ribeiro, agora no Podemos, se torna obrigado, conforme exigência estatutária, a contribuir com 5% dos R$ 15 mil que recebe mensalmente . Ou seja, vai ter que repassar R$ 750 para o seu novo partido. Considerado um partido com novas concepções, regras e exigências, o...

Efeito-senado e briga no ninho tucano

carlos-avalone_curtinha400   O deputado estadual Carlos Avalone não tem certeza de que o acordo pré-estabelecido para ele se tornar presidente do PSDB-MT, a partir de fevereiro, ou seja, daqui 5 meses, será cumprido. Pela costura entre a cúpula tucana, Paulo Borges renunciaria à presidência, abrindo assim...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Mauro Mendes?

excelente

bom

regular

ruim

péssimo

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.