Executivo

Segunda-Feira, 25 de Janeiro de 2021, 15h:10 | Atualizado: 26/01/2021, 07h:29

CONFISCO DAS APOSENTADORIAS

Derrubar o veto é desgaste desnecessário, diz Mauro Carvalho sobre a base aliada

Rodinei Crescêncio

Mauro Carvalho e Eduardo Botelho

Mauro Carvalho, ao lado do presidente da AL Eduardo Botelho, aposta no diálogo com  base

Enquanto o governador Mauro Mendes (DEM) se diz tranquilo sobre a possível derrubada, pela Assembleia, do veto ao fim do confisco de 14% a aposentados e pensionistas que recebem até R$ 6,1 mil, o chefe da Casa Civil Mauro Carvalho já se movimenta nos bastidores convencer os deputados estaduais da base aliada a manter a decisão do Executivo.

A Lei Complementar 362020 foi aprovada por unanimidade pela Assembleia. No entanto, Mauro vetou e já avisou que pretende ingressar com ação no Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) e até mesmo no Supremo Tribunal Federal (STF) caso o veto seja derrubado pelos 22 deputado que votaram favoráveis, sendo a maioria da base aliada.   

“Com certeza, vamos conversar com todos os deputados da base para manter esse veto em função da inconstitucionalidade da lei. A lei tem vício de iniciativa, tem  recomendação do Ministério Público para o veto, tem recomendação da Procuradoria Geral do Estado  para o veto. Então, derrubar esse veto, é um desgaste desnecessário que nós sabemos que vai acabar sendo judicializado”, disse Mauro Carvalho ao .

Então, derrubar esse veto, é um desgaste desnecessário que nós sabemos que vai acabar sendo judicializado

Secretário  Civil Mauro Carvalho

Mauro Carvalho também afirmou que o Executivo busca uma “solução política” para o impasse. Segundo ele, o governo enviou à Assembleia duas propostas para aliviar a situação financeira dos inativos  que não forma aceitas pelos deputados, mas continua pronto para dialogar.

 “Nós temos que encontrar  junto com a Assembleia  uma maneira de solucionar o problema. É uma discussão que temos que fazer. Mandamos duas propostas que traziam efeito no bolso dos aposentados e pensionistas e não foram aceitas. Precisamos avançar no diálogo”, completou.

A Assembleia retorna do recesso em 1º de fevereiro. Nesta data, acontece a posse da nova Mesa Diretora que continuará sob a presidência de Eduardo Botelho (DEM). A partir do dia 02, serão retomadas as sessões, quando o veto poderá entrar em pauta.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Carlos | Terça-Feira, 26 de Janeiro de 2021, 07h20
    1
    0

    Senhor Jesus dai-nos força para poder seguir em frente e sê tu a nossa justiça!

  • Zeca | Segunda-Feira, 25 de Janeiro de 2021, 18h55
    9
    0

    Derrubar o veto é justiça pura e simples com os aposentados. porque não cobram o calote dos grandes devedores da previdência e do Agronegócio que esta acabando até com o nosso Pantanal.

  • Silas | Segunda-Feira, 25 de Janeiro de 2021, 18h31
    7
    0

    Continue assim MM. 2022 vem aí e não tenha dúvida, funcionalismo público do executivo decide eleições no Estado! Você tá indo pelo mesmo caminho do Pedrinho Malvadeza. Viu o que aconteceu nas eleições pra senado? Então aguarde, a nossa vingança será nas URNAS!!!!!!

  • maria | Segunda-Feira, 25 de Janeiro de 2021, 16h06
    8
    0

    tem que derrubar mesmo, e descontar do agro negocio.... ganham bilhoes por anos e o governo não tem outra alternativa? ta bom...

Beco do Candeeiro só abrirá em abril

Carlina 400   A secretária municipal de Cultura, Esporte e Lazer, Carlina Jacob (foto), em visita ao Grupo Rdnews, revelou que a revitalização do Beco do  Candeeiro, que foi concluída em janeiro, será entregue à população em abril, nas comemorações dos 302 anos de...

Águas, expansão e investimentos

william figueiredo 400 aguas cuiaba curtinha   O diretor-geral da Águas Cuiabá, executivo William Figuereido (foto), disse, em visita à sede do Rdnews, quando aproveitou para conceder entrevista à tv web Rdtv, que a concessionária já distribui água para toda Cuiabá e que, em quase quatro anos...

Creci combate empresas irregulares

benedito odario 400 curtinha   O presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado, Benedito Odário (foto), aproveitou a operação desenvolvida na quinta, com apoio da Polícia Civil e da Decon, para enfatizar que não dará trégua àquelas empresas que, irregularmente,...

Cuiabá paga fevereiro aos servidores

emanuel pinheiro 400   A Prefeitura de Cuiabá quitou nesta sexta (26), último dia útil do mês, a folha de fevereiro. Desde quando assumiu o Palácio Alencastro, em janeiro de 2017, o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) tem conseguido pagar o funcionalismo dentro do mês trabalhado. Aliás, essa prioridade,...

3 deputados sob certa cordialidade

janaina riva 400 curtinha   Max Russi, Eduardo Botelho e Janaina Riva (foto), que mandam na Assembleia, demonstram entre eles um certo clima de cordialidade, mas chegaram a entrar em queda-de-braço até fechar um novo acordo político sobre a Mesa Diretora. Com a decisão do Supremo de veto a Botelho no comando do...

Expediente na AL só a partir do dia 8

max russi 400   Por causa do aumento da taxa de incidência de Covid-19 entre servidores e parlamentares, as atividades presenciais da Assembleia foram suspensas na quinta (25). O expediente só retoma em 8 de março. Neste período, estão sendo mantidas somente as atividades estritamente essenciais para o...