Executivo

Sábado, 15 de Fevereiro de 2014, 11h:50 | Atualizado: 15/02/2014, 11h:55

Desafio deste ano é tirar projetos do papel, afirma secretário de Governo

Rodinei Crescêncio

fábio garcia

Secretário de Governo Fábio

Ao avaliar o 1º ano da Gestão Mauro Mendes (PSB) e falar sobre as metas para 2014, o secretário de Governo Fábio Garcia afirmou que “o maior desafio deste ano da prefeitura é tirar os projetos do papel”. Ele argumenta que 2013 foi o ano de arrumar a casa, quitar mais de R$ 70 milhões de restos a pagar deixados pela gestão Chico Galindo (PTB), fazer planejamento e estabelecer metas, reduzir os gastos e aumentar a arrecadação sem onerar a carga tributária.

 Uma das saídas encontradas para aumentar os recursos, sem atingir o bolso do contribuinte, foi melhorar a eficiência da máquina de arrecadação buscando negociar com os inadimplentes por meio dos mutirões fiscais. Outra alternativa foi  buscar convênios com o governo federal. Para isso, foi criado o setor de convênios e criado o escritório de projetos que solicitou R$ 370 milhões junto à União. Destes, R$ 89 milhões foram aprovados em 2013, recursos destinados a várias áreas.

Ele conta que neste ano a administração também conseguiu a aprovação de R$ 150 milhões por meio de financiamento para pavimentação. A meta do programa Novos Caminhos é asfaltar até o fim da gestão Mauro mais de 250 km de ruas e recuperar mais 300 km de pavimentação deteriorada. Em 2013, 80 km foram reconstituídos e 20 km construídos. 

Com dinheiro em conta, a meta da prefeitura para este ano é avançar no programa de pavimentação, construir mais três UPAS e inaugurar uma creche por mês nos próximos dois anos. 

Manifestações  

Diante da polêmica manifestações de moradores pedindo asfalto em bairros precários na região do Coxipó, o secretário de governo explica que o critério de escolha dos bairros que serão beneficiados primeiro com asfalto são os projetos. 

O secretário Fábio Garcia explica que, para não perder o recurso do governo federal, a equipe protocolou nos programas federais os projetos que já estavam em andamento na secretaria e arquivados. Estes últimos foram reformulados. 

 O prefeito Mauro manifestou vontade de beneficiar primeiros os bairros que pagaram o IPTU, mas o secretário garante que a escolha passa por critérios técnicos.  Além dos projetos mais adiantados são priorizados as vias com maior trafegabilidade e região mais populosa visando beneficiar o maior número de pessoas. “Não há critérios políticos como priorizar os bairros onde o prefeito teve mais votos”, garante.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • joao tertulio | Domingo, 16 de Fevereiro de 2014, 08h13
    0
    0

    "Casa arrumada, hora da virada!!!".. Alguem se lembra desse slogan do finado Dante de Oliveira ha 20 anos atras. Agora o mesmo discurso. Politica é sempre mais do mesmo!!! Esse prefeito-decepção, no qual eu votei iludido pelo discurso de "bom administrador", e até agora NÃO FEZ NADA DO QUE PROMETEU!!!! Mais um pouco da mesma farinha dentro do mesmo saco!!!

  • pedro | Sábado, 15 de Fevereiro de 2014, 19h33
    0
    0

    sro. secretario, voces tem que rever a ouvidoria do municipio a pagina da prefeitura , ao entrar no formulario, ta muito vazio, e mesmo colocando a solicitação esta dando erro, até para verificar o andamento da solicitação.

  • domicio | Sábado, 15 de Fevereiro de 2014, 16h17
    0
    0

    arrumou em que? ah sim, aumentou mais comissionados para colocar os que apoiaram na campanha. moro no cpa , esta cheio de buracos, ou vai dizer poruqe e desvio para mobilidade urbana.

  • PAULA | Sábado, 15 de Fevereiro de 2014, 15h10
    0
    0

    PAULA, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Zé Poxoréo | Sábado, 15 de Fevereiro de 2014, 13h57
    1
    0

    Nosso ilustre secretário apaixonado pela iniciativa privada, mas doidinho para pegar uma "beira" na vida pública, deveria saber que existem milhares de medidas que a prefeitura deveria ter feito desde o inicio da gestão - QUE NEM PRECISAVA DE PROJETOS MIRABOLANTES - mas que até agora não fez. Já está mais do que claro que na realidade é esse nosso prefeito - que de bobo não tem nada - está pegando carona na balburdia instalada pela inacabáveis obras da copa e fingindo de morto para tirar proveito lá na frente como salvador da pátria. Mas cuidado, o tiro pode sair pela culatra, a população cuiabana várias vezes já provou que não é tola!

Matéria(s) relacionada(s):

Câmara cassará 3º eleito em 11 anos

ricardo saad 400   O emblemático e inconsequente Abílio Júnior (PSC) caminha para entrar para os anais da Câmara de Cuiabá como o terceiro vereador a ter o mandato cassado nos últimos 11 anos. Parecer da Comissão de Ética, sob relatoria de Ricardo Saad (foto), é pela perda da cadeira...

Apto, ex-prefeito vai disputar Chapada

gilberto mello 400 curtinha   O ex-prefeito de Chapada dos Guimarães, Gilberto de Mello (foto), contesta registro no Curtinhas, citando que ele estaria inelegível por responder a alguns processos e ter amargado condenações pela Justiça - saiba mais aqui. Filiado ao PL e disposto a ir à...

PT-Cuiabá sugere disputa ao Senado

bob pt 400 curtinha   Em resolução do diretório de Cuiabá, aprovada nesta quinta após discussões ampliadas, o PT municipal, presidido por Bob Almeida (foto), decidiu recomendar à Executiva Estadual o projeto de candidatura própria ao Senado. O documento dispara críticas tanto ao Governo...

Prefeituras agora pagam 27% de TIP

neurilan fraga 400 curtinha   A reforma tributária do governo estadual, aprovada pelos deputados, incluiu 27% de taxa de iluminação pública. Antes eram isentos. Com a cobrança do tributo, a conta de energia das prefeituras vai às alturas. A fatura de Cuiabá vencida em 28 de dezembro, por exemplo, foi...

Vereadores, Tapurah, reajuste e férias

odair tapurah vereador curtinha 400   Em Tapurah, no Nortão, com menos de 15 mil habitantes, seus nove vereadores iniciam o 2020 com salário reajustado em 4,48%, seguindo a tabela do INPC. Mesmo ainda em férias, eles vão receber já na folha de janeiro R$ 5,8 mil cada. No caso do presidente Odair César Nunes...

Vereador, reunião e apoio a músicos

diego guimaraes curtinha 400   Músicos e representantes da Prefeitura de Cuiabá sentaram à mesa nesta quinta, na Câmara Municipal, para tentar resolver impasse sobre horário de funcionamento e volume do som nos estabelecimentos e também estudar ajustes na lei do Disk-Silêncio. O presidente da...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O governador Mauro Mendes acaba de encerrar o 1º dos quatro anos de mandato. Na sua opinião, como está indo a administração?

ótima

boa

regular

ruim

péssima

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.